Dell e Samsung anunciam ajuda a atingidos por enchentes no RS

Lista de empresas de tecnologia que vão colaborar com o Rio Grande do Sul também inclui Apple, Starlink, Google, Amazon e Microsoft

Giovanni Santa Rosa
Por
• Atualizado há 1 semana
Imagem aérea de enchente em Canoas/RS
Porto Alegre foi uma das cidades mais afetadas pelas enchentes no RS (Imagem: Ricardo Stuckert / Presidência da República)

Dell e Samsung são mais empresas de tecnologia a se somar aos esforços para ajudar as pessoas atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. As instalações da Dell em Eldorado do Sul (RS) estão sediando o Gabinete de Incidentes da cidade, enquanto a Samsung oferecerá geladeiras, carregadores e serviços de lavagem e secagem de roupas nos abrigos que recebem pessoas desalojadas.

Outras empresas do setor também estão contribuindo para diminuir os danos da tragédia. Elon Musk prometeu doar 1 mil terminais da Starlink e liberou o acesso para quem está no RS. Tim Cook, CEO da Apple, anunciou uma doação para os esforços de resgate no local.

Ponte Guaíba interditada por causa de enchente
Ponte do Guaíba, entre Eldorado do Sul e Porto Alegre, interditada pela enchente (Imagem: Ricardo Stuckert / Presidência da República)

Dell fornece infraestrutura e laptops

Michael Dell, CEO e fundador da empresa que leva seu nome, anunciou na semana passada que as equipes da companhia iriam oferecer ajuda técnica e financeira.

Em nota, a Dell informa que, desde 13 de maio, suas instalações em Eldorado do Sul (RS) passaram a sediar provisoriamente o Gabinete de Sistema de Comando de Incidentes da cidade, fornecendo o espaço físico e a infraestrutura.

O gabinete reúne diversos órgãos públicos — como Brigada Militar, Forças Armadas, Defesa Civil e Prefeitura, entre outros — e ficará responsável pela reconstrução da cidade, uma das mais atingidas pelas enchentes.

A Dell também doou laptops para atendimento às vítimas, itens emergenciais, alimentação e combustível para as equipes de resgate. A companhia fará ainda uma campanha global de arrecadação entre seus funcionários, dobrando o valor doado.

“Presente na cidade de Eldorado do Sul desde 1999, a Dell tem relação profunda com a cidade e com o Rio Grande do Sul e reforça que se solidariza com as vítimas dessa terrível tragédia que atinge o estado e está totalmente empenhada em contribuir com a Defesa Civil para atender a população, o que continua sendo uma prioridade neste momento.”

Assessoria de imprensa da Dell Brasil

Samsung doará geladeiras e serviços de limpeza

Em uma publicação no LinkedIn, HS Jo, presidente e CEO da Samsung na América Latina, detalhou as iniciativas da empresa para ajudar o Rio Grande do Sul.

A companhia doou R$ 1 milhão às ONGs que trabalham nas necessidades básicas das pessoas desalojadas, além de produtos de higiene e alimentos não-perecíveis. Além disso, a empresa vai oferecer geladeiras e carregadores de celulares para os abrigos, além de serviços gratuitos de lavagem e secagem de roupas.

Posteriormente, as lojas da Samsung vão oferecer gratuitamente serviços de inspeção e limpeza para TVs e eletrodomésticos impactados nas enchentes.

“Como uma empresa presente há 37 anos no Brasil, continuaremos a monitorar a situação e a oferecer apoio à população de todas as maneiras possíveis.”

HS Jo, presidente e CEO da Samsung na América Latina

Amazon, Google e Microsoft também colaboram

Além de Dell, Samsung, Apple e Starlink, outras gigantes da tecnologia estão participando de iniciativas para ajudar as pessoas afetadas pelas enchentes.

  • A Amazon trabalha para levar alimentos, cobertores e kits de higiene às pessoas desalojadas. A empresa trabalha com a Help.NGO para capturar imagens de alta resolução dos locais atingidos e ajudar os trabalhos de resgate.
  • O Google doou cerca de R$ 1,2 milhão para ONGs que trabalham na ajuda da população atingida. A empresa também atualizou a Busca e o Google Maps para oferecer informações sobre desastres vindas Defesa Civil e de outros órgãos.
  • IBM, Intel e Lenovo/Motorola criaram campanhas globais de arrecadação entre seus funcionários e dobrarão os valores doados.
  • A Meta fez doações financeiras para as operações de socorro e resgate. A companhia também disponibilizou créditos para o governo do RS para anúncios no Facebook e Instagram.
  • A Microsoft está mobilizando apoio para restaurar serviços públicos essenciais, além de prestar assistência técnica e humanitária às pessoas afetadas pelo desastre.
  • O TikTok doou R$ 5 milhões para os esforços de socorro e fará uma campanha de arrecadação entre funcionários, dobrando o valor levantado.

Com informações: Estadão

Receba mais sobre Dell na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados