O Rio de Janeiro ficará ainda mais lindo, ao menos nos televisores: a partir das 23h59 desta quarta-feira (22), as transmissões de TV analógica serão efetivamente desligadas na capital fluminense e em 18 municípios no entorno. A medida segue o processo de transição para o sinal digital, que traz melhor qualidade de imagem e som para os espectadores.

Para que o desligamento aconteça, é preciso que um município atinja a meta de 90% dos municípios com sinal digital. Um levantamento feito pelo Ibope encomendado pelo Gired (Grupo de Implantação da TV Digital) concluiu que 96% dos domicílios da região continuariam com TV. A pesquisa foi realizada entre os dias 9 e 20 de novembro, com 1.134 entrevistas na capital e 1.799 nos municípios do entorno.

TV antiga (Imagem por stevestein1982)

Além da capital fluminense, as seguintes cidades serão atingidas: Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Petrópolis, Queimados, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica e Tanguá. Além do Rio, se encerra o prazo para desligamento de Belo Horizonte. A capital mineira ficou 0,7% abaixo da meta, e o processo está sendo feito de forma gradativa desde o dia 8 de novembro em 38 cidades.

Para que o telespectador não fique sem TV em casa, é necessária uma antena UHF e televisão com receptor digital embutido — todos os modelos produzidos no país a partir de 2010 já estão aptos. Quem possui uma TV mais antiga e não pretende trocá-la pode utilizar um conversor, que é facilmente encontrado por menos de R$ 100. Inscritos em programas sociais do governo, como o Bolsa Família, têm direito a um kit gratuito com antena e conversor.

O desligamento da TV analógica também permitirá que as operadoras de telefonia móvel ampliem a rede 4G, uma vez que será liberada uma faixa de espectro na frequência de 700 MHz. Por se tratar de uma frequência baixa, os 700 MHz proporcionam maior penetração de sinal em relação aos tradicionais 1.800 MHz e 2.600 MHz, tendo extrema importância na ampliação do serviço para mais municípios e também melhora a cobertura em locais fechados.

Próxima parada: interior de São Paulo

O cronograma de desligamento da TV analógica prevê que Campinas, Franca, Ribeirão Preto, Santos e Vale do Paraíba e seus respectivos municípios vizinhos sejam digitalizadas a partir da próxima semana, no dia 29 de novembro. Resta saber se as metas serão atingidas, e uma reunião do Gired já está marcada para o dia 28 de novembro. Depois, as próximas cidades a serem digitalizadas são as capitais da região Sul (Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre).

Além de antecipar o desligamento em algumas cidades da região Norte, o Gired também aprovou medida similar para Campo Grande (MS), Cuiabá (MT) e outros seis municípios. O fim do sinal analógico, que iria ocorrer apenas em novembro de 2018, será feito no dia 14 de agosto.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alexandre Roberto
instale um kodi ou outro programa de iptv e assista livremente o canal q bem entender
Anti anarcocapitalista
Dá uma pesquisada no passado e veja quem por um tempo pagou o TB. p:p
Anti anarcocapitalista
Compre um note. Se sentir falta de uma TV, compre uma de tubo + conversor. Ou uma usada pré-digital e também bota um conversor.
zoiuduu .
fica mostrando cena de sexo, e falam muitos palavrões, se uma pessoa quer ver sexo ela pode se entreter na internet. Canais abertos deviam ser seguro pra crianças.
zoiuduu .
Pra quem mora no RJ capital, a beleza da city compensa a violência e corrupção?
Alexandre Roberto

No momento que foi proibido veicular propaganda infantil na tv aberta, os desenhos sumiram da mesma...só o sbt que insiste e a tv cultura e a rede brasil q são canais publicos
Realmente veio de regulamentação estatal o sumiço dos desenhos

Alexandre Marchetti
No momento que foi proibido veicular propaganda infantil na tv aberta, os desenhos sumiram da mesma...só o sbt que insiste e a tv cultura e a rede brasil q são canais publicos Realmente veio de regulamentação estatal o sumiço dos desenhos
X-Tudãoᴳᴼᵀ

Foi a proibição da publicidade voltada as crianças, la em casa a tv a cabo chegou quando eu tinha 6 anos e mesmo tendo Cartoon Network e Fox Kids não deixei de assistir a TV aberta.

Tom
Foi a proibição da publicidade voltada as crianças, la em casa a tv a cabo chegou quando eu tinha 6 anos e mesmo tendo Cartoon Network e Fox Kids não deixei de assistir a TV aberta.
Alexandre Roberto

Como tem criança em casa, a tv e sempre ligada. E..acredite, os canais abertos não estão devendo muito pros canais fechados.
A cultura passa desenho manhã, tarde e noite, só é interrompida pelo telejornal do almoco
O SBT passa desenhos de manhã ) a maior parte e da grade da disney)....e final da tarde a rede Brasil passa vários desenhos antigos, + cavaleiros do zodiaco e dragon ball...além de séries beeeem antigas tambem.
Não pago mais tv por assinatura tem uns 2 anos e não tá fazendo falta alguma

Alexandre Marchetti
Como tem criança em casa, a tv e sempre ligada. E..acredite, os canais abertos não estão devendo muito pros canais fechados. A cultura passa desenho manhã, tarde e noite, só é interrompida pelo telejornal do almoco O SBT passa desenhos de manhã ) a maior parte e da grade da disney)....e final da tarde a rede Brasil passa vários desenhos antigos, + cavaleiros do zodiaco e dragon ball...além de séries beeeem antigas tambem. Não pago mais tv por assinatura tem uns 2 anos e não tá fazendo falta alguma
Yago G. Oliveira
Calma..rs Mas realmente, por exemplo a globo tirou toda a programação infantil por causa daquela tal de gloob, que é horrível por sinal.
Yago G. Oliveira
Eu passava o dia inteiro na TV Brasil e TV Cultura. Que saudade!
Highlander

hahahahahahaha

Marcus Fenix
hahahahahahaha
Exibir mais comentários