Início » Gadgets » Amazon Fire TV Stick: a boa alternativa ao Chromecast

Amazon Fire TV Stick: a boa alternativa ao Chromecast

Gadget da Amazon tem controle remoto e não exige celular para fazer streaming da Netflix, YouTube, Spotify e outros serviços

Por
23/11/2017 às 09h35

Depois do Kindle, a Amazon inaugura mais uma grande linha de produtos no mercado brasileiro: Fire TV. O primeiro modelo a desembarcar no país é o Fire TV Stick, um dispositivo compacto que se conecta a uma TV para fazer streaming de conteúdos do Prime Video, Netflix, YouTube e outros serviços.

Custando R$ 289, ele concorre em preço com o Chromecast e possui um formato que lembra o gadget do Google, mas tem diferenças importantes: é totalmente independente do smartphone, acompanha um controle remoto e apresenta uma interface completa, bem parecida com a que encontramos em Smart TVs.

Vale a pena? Eu passei os últimos dias com o Fire TV Stick e conto tudo nos próximos minutos.

Em vídeo

O que é isso?

O Fire TV Stick (na verdade, Fire TV Stick Basic Edition) lançado no país é o mais simples da família. Nos Estados Unidos, a Amazon também comercializa uma variante com a assistente pessoal Alexa, além de um modelo mais completo, chamado simplesmente de Fire TV, que é capaz de reproduzir conteúdos em 4K e tem hardware mais potente.

A grande diferença entre o Chromecast e o Fire TV Stick é que, enquanto o primeiro funciona como um retransmissor, recebendo comandos do smartphone e fazendo streaming da internet, o dispositivo da Amazon é totalmente independente, com uma proposta mais parecida com a da Apple TV (só que mais simples e custando um quarto do preço).

A instalação é simples: basta conectar o Fire TV Stick a uma entrada HDMI (há um cabo extensor incluso, se você não tiver muito espaço na traseira do televisor) e um cabo de alimentação na porta Micro USB. A Amazon manda um adaptador de tomada de 9 watts, mas a entrada USB da minha TV foi suficiente para energizar o dispositivo. Depois de fazer login na sua conta da Amazon, ele está pronto para ser utilizado.

Todos os comandos são feitos pelo controle remoto, que funciona com duas pilhas AAA. A interface é dividida em três abas: Tela inicial, que mostra aplicativos, jogos, filmes e séries; Categorias, com recomendações de conteúdos sobre esportes, música, viagem e outras seções; e Configurações, onde é possível se conectar à rede Wi-Fi e acessar recursos bacanas que comentarei adiante.

O que é legal?

O Fire TV Stick é prático. Ele não exige um smartphone para nada, por isso, nenhum membro da família precisa instalar um aplicativo ou aprender a se conectar ao dispositivo. O aplicativo para Android e iOS é basicamente uma versão virtual do controle remoto físico. A vantagem em instalá-lo é poder digitar com o teclado do smartphone (em vez de cansar os dedos apertando teclas direcionais).

Isso também significa que um dos problemas mais irritantes do Chromecast deixa de existir: meu smartphone frequentemente perde a conexão com o set-top box do Google, o que dificulta pausar ou avançar um vídeo, por exemplo. Além disso, é possível navegar no catálogo da Netflix ou nas suas inscrições do YouTube diretamente na TV, o que é mais confortável do que na tela pequena do celular.

Outro fator bacana é que o Fire TV Stick é bem “hackeável”. Por rodar Fire OS, o Android modificado da Amazon, ele é compatível com vários aplicativos da plataforma do Google. Há quem instale softwares como o media center Kodi ou emuladores de games, aproveitando o fato de que é possível conectar um gamepad por Bluetooth. Mas, na prática, não é preciso fazer nenhuma gambiarra para ter uma boa experiência.

Falando em games, há uma grande seleção para o Fire TV Stick, incluindo Asphalt 8: Airborne, Pac-Man 256, Lego Mighty Micro e Flappy Birds, que podem ser boas opções para passar o tempo (ou quando a internet estiver ruim para ver Netflix). O catálogo também conta com títulos como Sonic The Hedgehog, CarmageddonGrand Theft Auto: Vice City, mas eles são pagos e exigem um joystick conectado.

O que não é legal?

É verdade que o Fire TV Stick ainda está apenas nascendo no Brasil, mas eu não tive como notar a ausência de serviços importantes por aqui, como HBO GO, Telecine Play e Globo Play — eles se tornaram comuns em Smart TVs ou até ganharam suporte ao Chromecast. A situação pode melhorar à medida que a Amazon fechar parcerias com as empresas de mídia, mas a experiência ainda é limitada.

Igualmente limitada é a loja de aplicativos: o Fire TV Stick tem uma excelente versão do Spotify, mas eu não encontrei nada para ouvir podcasts, por exemplo. Dá para instalar um APK de fora da loja? Sim, mas além de o processo não ser trivial, poucos são adaptados para funcionar no Fire OS e com o controle remoto da Amazon. O Globo Play, que citei acima, não funciona nem quando instalado manualmente.

Também senti falta de um navegador web, que poderia contornar a ausência de serviços de mídia enquanto um aplicativo oficial não é lançado para o Fire TV Stick. Pode não ser a solução ideal, mas já é alguma coisa — basta lembrar do Kindle, que não tem o melhor desempenho do mundo, mas traz um browser “experimental” que pode ser utilizado para acessar um verbete da Wikipédia, por exemplo.

O desempenho do Fire TV Stick é bom na maior parte do tempo; você não terá problema para ver suas séries na Netflix ou vídeos em Full HD no YouTube. Mas ainda estamos falando de um hardware de smartphone de entrada, com processador quad-core da MediaTek e 1 GB de RAM. Eu notei alguns engasgos na interface, e jogos como Asphalt 8: Airborne visivelmente rodam no limite, com travadinhas ocasionais.

Travadinhas também são percebidas ao espelhar a tela do smartphone na TV. Ele não suporta Google Cast, mas traz o protocolo Miracast, que é padrão de mercado e acompanha boa parte dos aparelhos com Android. Vários “cortes” durante a transmissão tornam o espelhamento inútil para exibir vídeo — no máximo, serve para mostrar uma apresentação em PowerPoint ou as fotos da festa que ficaram ótimas.

Por fim, fica claro que o objetivo do Fire TV Stick é ser uma vitrine para o Prime Video. A tela inicial é recheada de recomendações de séries e filmes exclusivas do serviço de streaming da Amazon, mesmo se você não for assinante, como é o meu caso. Não há o mesmo nível de integração com os aplicativos da Netflix, YouTube ou Spotify, o que se torna frustrante para quem não quer gastar mais dinheiro em uma assinatura.

Vale a pena?

Sim, se você souber das limitações dele. Eu gostei do Fire TV Stick no que ele se propõe a fazer de melhor: transmitir conteúdo por streaming do Prime Video, Netflix, YouTube, Spotify e outros serviços. Na verdade, para essa tarefa, ele é melhor que o Chromecast, já que não exige um smartphone, não perde sincronia e tem um controle remoto que funciona muito bem.

Mas ele não é melhor em tudo. O espelhamento de tela por Miracast tem atrasos e travamentos; o desempenho certamente não é o mais fluido do mundo; e a disponibilidade de aplicativos e serviços de mídia ainda é mais limitada do que eu gostaria. O Chromecast tem um ecossistema muito mais forte, até pelo fato de ser integrado com dois softwares que muitos de nós utilizamos — Android e Chrome.

Na prática, o Fire TV Stick é uma Smart TV que você pode levar para qualquer lugar. Depois de configurado, basta ter um televisor com entrada HDMI e uma conexão Wi-Fi para aproveitá-lo. Ele quase não tem serventia para quem já possui uma Smart TV com sistema operacional decente (caso dos modelos mais novos com Tizen e webOS), mas pode ser um companheiro em viagens ou para fazer um belo upgrade na TV antiga.

  • Kodos Otros

    Eu nunca tive problema (ou se tive foi tão raro que nem me lembro) de desconexão do cel com o Chromecast.
    Sinceramente, acho bem mais prático o chromecast. Eu chego em casa ouvindo Spotify, na hora ele detecta o Chromecast e o Google Home e pergunta se quero continuar lá (não sei se tem isso no fire, se tiver, ótimo!).
    Outra coisa pra quem recebe amigos em casa com frequência e que acho sensacional no chromecast é cada um poder usar seu próprio cel (android ou iphone, tanto faz), sua própria conta do Youtube por exemplo e jogar em fila pra tv, funciona perfeitamente bem.

    • Stefano Sandes

      Perder conexão com o Chromecast é a história da minha vida. Principalmente usando netflix e youtube. Em alguns momentos ele perde a conexão e não volta de jeito nenhum, tendo que reiniciar, matar o aplicativo e qualquer mandinga que resolva.

      • Kodos Otros

        Que bizarro isso.
        Bom, quase que 100% da minha experiência com chromecast é com Youtube e Spotify, talvez eles funcionem melhor.
        Tenta resetar o chromecast, configurar do zero, pode ser que resolva.

      • Isso é problema de rede mesmo.

      • Jorge Luis

        tente verificar seu roteador. nunca tive problema.

      • 💀GHOC💀

        Tenta ir pelo home, comigo é raro, mas resolve

    • Emanuel Schott

      Não sei como é no Fire Stick, mas na Smart TV também há integração com o celular. Os aplicativos detectam que ela está ligada na mesma rede e aparece um ícone pra reproduzir nela em vários aplicativos.

    • Isso não é funcionalidade do Chromecast, mas do YouTube. Dá pra fazer isso com o app pra webOS da LG, por exemplo. Eu acho ótimo que os vídeos que minha irmã faz cast não aparecem no meu histórico.

      • Kodos Otros

        Ah então, essa era minha dúvida. É algo muito bom!

  • Jonas S. Marques

    Higa, só uma dúvida.
    A Amazon diz que o voice View “Recurso de acessibilidade da Fire TV” está disponível apenas nas versões com a Alexa, entretanto a página de ajuda é datada de 2016. Por aí tu consegue ativar ela, ou nada ainda?

    Parabéns por mais um ótimo review, BTW.

    • Não, tem VoiceView no Fire TV Stick brasileiro também, mas esqueceram de colocar voz em português. Ele lê, mas tudo com “sotaque” americano.

      • Jonas S. Marques

        Imagino que tenha que instalar algum TTS.

        Bah, já e´uma baita coisa. Brigadão <3

  • Weuller Faria

    Ontem à noite, abrir essa dúvida no Tecnogrupo pelo falecimento do WiFi da porcaria de TV que tenho. Fiquei entre esse o Chromecast. Agora sabendo que é possível usar “recursos brasileiros de baixa tecnologia” nele, ficou mais interessante.

  • Rafa Cabrera

    “Isso também significa que um dos problemas mais irritantes do Chromecast deixa de existir: meu smartphone frequentemente perde a conexão com o set-top box do Google”

    amigo isso é um problema seu, não do Chromecast…. uso a anos e nunca tive tal problema. muitos usuários da minha família e amigos usam e também não tem tal problema … seu smartphone deve estar matando o processo de execução

    • Iury

      Acontece isso no meu Galaxy S7 e no iPhone 7 da minha namorada, em Chromecasts diferentes.

    • palatoqueimado

      Acontece no meu Chromecast 1st gen de perder a conexão com a rede wifi de casa frequentemente, necessitando reconfigurá-lo quase toda vez que vou usá-lo.

      • Kodos Otros

        Rapaz, teve muita atualização nesse Chromecast, tenta resetar e fazer do zero.
        Eu tive que fazer isso uma vez, há muito tempo e nunca tive problema desse tipo.

    • Marcelo

      Não necessariamente… Acontecia comigo as vezes quando tinha, com moto G, Galaxy A5 e Xiaomi…

      Não era frequente, mas acontecia..inclusive com outros 2 CC dos meus irmãos

    • Acontece comigo desde o meu antepenultimo smartphone. E acredito que o problema também não seja a internet ou de rede, já que eu troquei de operadora e roteador esse ano.

    • Flavio Toledo

      tenho impressao pode ser rede wifi tambem motivo perder conexao.

  • Daniel Teixeira

    “Isso também significa que um dos problemas mais irritantes do Chromecast deixa de existir: meu smartphone frequentemente perde a conexão com o set-top box do Google, o que dificulta pausar ou avançar um vídeo, por exemplo.”

    Acho que depende do smartphone e da versão do Android, mas de fato me irrita bastante. Dá pra controlar o player do Chromecast usando o controle da TV se ela tiver suporte a HDMI-CEC/Anynet+. Inclusive eu prefiro deixar o Chromecast ligado direto na tomada, assim ele liga a TV usando o HDMI-CEC quando eu tento fazer o cast de algum vídeo.

    Pra mim a grande vantagem do Fire Stick é ter suporte a jogo e controle bluetooth.

    • Kodos Otros

      Eu também deixo direto na tomada. Falo pro Google Home tocar qualquer coisa no youtube e ele liga a TV e executa o yotube/spotify etc, ou mando desligar a TV e ele também o faz através do chromecast.

  • João Deiró

    @paulohiga:disqus Então o Prime Video está integrado com a home dele? Não é um app específico que roda?

    Pergunto pois ele é integrado nos meus dois Fire TV americanos, mas não consigo usar por serem importados. Tinha a esperança de ter um APK para instalar e resolver.

    • Integrado na home e tem o app também.

      • Dan Morais

        Tem como desativar essa integração?

        • Luiz Henrique Alves

          Não

  • palatoqueimado

    “Mas o set-top-box chinês tem o triplo de hardware pela metade do preço … comprei do Ali parcelado em 12x de US$0.79 no Nubank”

  • Ou seja, Chromecast ainda é melhor. Stremio tem suporte, assim como uma grande variedade de apps.
    Instalando o Web Vídeo Caster no celular ou Cast Buddy no Chrome do PC, VC pode transmitir QUALQUER vídeo de qualquer site para o Chromecast. Resumindo, o Chromecast te dá muito mais possibilidades, tirando os jogos.
    Sem contar que o espelhamento tanto do smartphone quanto do PC não tem travamentos no Chromecast.
    E eu prefiro digitar no celular do que catar teclas com o controle do Fire.
    No início do artigo, até cogitei trocar, mas ao saber de tudo preferi permanecer com o meu Chromecast mesmo rs

  • Trovalds

    Minha próxima aquisição vai ser um. Tentei o Chromecast mas essa de ter que manter o celular linkado não me agrada. Tenho uma AppleTV de 3a. geração que praticamente só serve pra Netflix e estava procurando uma substituta. Até me interessei pela Xiaomi Mi Box mas como não roda Amazon Prime Video sem ter que fazer gambiarra (e torcer pra funcionar) acabou que eu me inclinei pro FireTV. E com a chegada oficial ao BR ficou melhor ainda.

    • Jorge Luis

      no meu Chromecast se eu desligar o celular depois de mandar uma lista de vídeos do Youtube ele não para. Se eu colocar no episódio de uma série da netflix e for embora a série continua passando e avançando os episódios. É isso que vc não consegue fazer?

      • Dan Morais

        Mas se eu precisar pausar, voltar, trocar de série ou App dependo do telefone. É a proposta dele, mas não funciona pra todos. Aqui em casa quem mais assiste TV é minha mãe, pra ela a proposta do Chromecast é inviável, por exemplo.

        • Jorge Luis

          Já pra minha mãe é muito bom. Ela gosta muito da possibilidade de poder escolher um vídeo no youtube no celular e dali já jogar na tv, fazer playlist e tudo.

  • Só tenho medo da Google tirar o suporte ao Youtube. De resto, me parece melhor que o Chromecast – principalmente se vier com alguma promoção pesada de Black Friday…

  • Wellington Gabriel de Borba

    Quero um que toque os mp3 e avi salvos em um HD. Eu sei que é contra as regras de distribuição, mas esse nicho existe.

    • É só baixar o Kodi/Plex e usar.

      • Tom

        Mas ele não tem entrada USB.

        • Mas ele consegue pegar se tiver salvo em alguma rede.

          Pretendo fazer isso com um roteador, e usar via kodi/plex na tv

      • Eduardo Costa

        Pois é, dúvida minha é essa, será que funciona o plex? Fiquei dependente, hoje em dia, até pra decidir por uma SmartTV, eu olho se tem suporte ao plex (acho que atualmente só samsung e lg)
        (Editado): Já vi aqui que funciona =)
        https://www.plex.tv/apps/streaming-devices/amazon-fire-tv/

  • rjlgarcia

    @paulohiga Uma vez que ele tem suporte ao Miracast ao invés do GoogleCast, seria possível espelhar um notebook windows ou um celular Windows Phone como o Adaptador Wireless Microsoft Display Adapter Preto P3q-00019?

    • Marcelo

      Acredito que sim… minha tv tem suporte ao protocolo miracast, e já testei espelhar meu note e funciona…

      São produtos diferentes, mas o principio do Miracast é o mesmo…espelhamento…

  • Kelvin Pasqualini

    Certo, me pareceu um forte concorrente para o Chromecast, que utilizo diariamente um de segunda geração e nunca tive fortes problemas.

    Porém, o bom do Chromecast é ele ser um produto que envelhece devagar (a 1º geração ainda esta aí, funcionando muito bem obrigado), acredito que justamente por não ter um SO (de fato) e divulgação de especificações de hardware (posso estar errado, me corrijam por favor) sendo como o Higa disse, um retransmissor, algo “menos complexo” creio eu. Para mim e ao meu conhecimento desde que trabalhei 5 anos no varejo de Smartphone (inclusive para marcas especificas), tudo o que tem um hardware divulgado e definido, envelhece. Começou com smartphones, mas as smatTv’s também ficam BEM lentas com o tempo e até perdem suporte a um app ou outro com as atualizações que recebem. E engraçado, elas passaram a tratar um pouco mais de hardware e sistema…

    Ai tenho uma questão: será que com o Fire TV Stick será assim? Tenho medo desse hardware dele “já não tão potente”, ficar lento demais, perder suporte… Pois querendo ou não, ele roda um Android modificado, necessita de drivers para processador e etc! Seria ele um produto que vamos trocar mais cedo que um Chromecast, ou ter uma experiencia pior, mais cedo?!

    • Acredito que a obsolência sim, mas não é algo tão rápido como num smartphone.
      O que eu acho genial no Chromecast é sua simplicidade absurda. Fico impressionado como conseguiram simplificar ao máximo a experiência de uma smartv usando simplesmente um navegador embarcado. Dá pra entender isso levando em conta que o objetivo do Google é ganhar dinheiro com o ecossistema inteiro, não incentivando a troca chromecasts todo ano. Aliás, outra coisa que faz muito bem o pouco que se propõe e dura muitos anos é da Amazon: o Kindle.

      • Kelvin Pasqualini

        Sim, a proposta do Chromecast é genial por isso! Pega algo que temos na mão sempre, que não precisa ficar procurando, pegando outro item para controlar, em termo foi pra matar o controle remoto mesmo, afinal, o celular não sai da mão.

        De fato não acredito que seja igual um smartphone, até pelo histórico que você citou com o Kindle. Porém tirando o Fire, eles usam um sistema próprio, que traz de novo a simplicidade que encontramos no Chromecast. E pouco se fala de potencia dele, ele é ótimo pra e-book e pronto!

        Portanto, tenho esse receio, ainda mais se o dispositivo não for atualizado, perder suporte aos jogos, apps de streaming, seja por quesito segurança ou qualquer outro item, e ele depende do Android para funcionar! Não me esqueço até hoje quando o Galaxy Nexus deixou de receber atualizações oficiais pois a Texas Instruments informou que não forneceria mais os drivers para o processador que ele utilizava. Matou o aparelho “oficialmente”. Claro que por fora conseguia atualizar, mas a experiencia e facilidade se perderam.

  • O que não é legal?
    FullHD 30fps.

    • Nicolas

      Para ver filme você não precisa mais do que isso. A experiência em 24fps, por exemplo, é mais imersiva e quem sofre com problemas de cintilação, como eu, não tem dor de cabeça.

      • Pois é, mas como também dá pra ver assistir vídeos do Youtube e hoje em dia muita gente sobe em 60 fps…

        Enfim, continua não sendo legal.

  • Henrique Jordão

    O app da Globo play nao exibe mais o “AO VIVO” na minha apple tv 4 ja no Android mostra.

  • Carlos Gomes

    Parece uma opção interessante com exceção do preço, acho que no máximo R$ 199 estaria condizente com o produto, que sabe na black Friday apareça um desconto, estou precisando de um equipamento assim e quem sabe com bom desconto escolho ele.

  • 💀GHOC💀

    Refugo! Mandou pra cá porque lá ninguém compra

  • Flavio Toledo

    Produto precisa melhorar suporte mas traz 2 coisas boas primeiro aceita joystick para jogos e controle remoto propio dispensando uso celular/notebook na hora selecionar filmes/series apos configurar senha ate hoje tenho apple tv 3 por conseguir usar direto controle remoto da TV.

  • Eliézer José Lonczynski

    Ainda uso cabo HDMI pra transmitir do meu notebook pra TV, ainda não tenho tanta pressa, porém, esse é o primeiro que me despertou interesse e na segunda versão esses pequenos defeitos devem estar corrigidos.

  • MiBox + Kodi + Lista de canais pirata.

  • Lucrécio de Souza

    Tenho pessoas de idade na família, que obviamente não acompanham as tecnologias. Por isso um aparelho com controle é melhor do que tentar ensinar espelhamento na tela pelo smartphone. Primeiro ainda tentar ensinar a usar o smartphone. hehe

    Gostaria muito de saber se o controle do Fire TV Stick permite utilizar todas as funções do app da Netflix. Se quiser mudar o idioma de um filme, por exemplo. Dá pra fazer facilmente pelo controle? Ou teria que recorrer ao smartphone?

    • Tarcisio Moura

      Dá para fazer todas essas funções, o meu Fire chegou hoje, já fiz vários testes, é excelente.

      • Lucrécio de Souza

        Ei, obrigado por avisar! Acho que vou acabar comprando, então. Ele não baixou na Black Friday, então vou esperar fechar a fatura rs

      • Fabricio Ferreira

        Como fica Netflix nele? Tinha uma TV.box que a imagem ficava super escura, cenas noturnas era impossível de ver e não adiantava aumentar o brilho na TV. Tá jogado no fundo do roupeiro hj em dia kkk. Se puder dar um feedback agradeço muito.

        • Tarcisio Moura

          Fabricio, eu posso dizer com segurança que as funcionalidades da Netflix rodam melhor no Fire Stick do que no Chromecast, o controle remoto permite alterar todas as configurações, a imagem fica muito melhor que no Chromecast, superou todas as minhas expectativas.

  • Mvga5

    “… ou as fotos da festa que ficaram ótimas.”

    hahahuahuha

  • Kelvin Pasqualini

    @paulohiga:disqus, qual tema da loja da Samsung você está usando, que deixou sua central de notificações nessa combinação de cores?

  • felipe |-/

    Alguem sabe me responder se esse aparelho precisa de uma smart tv?

    • Dan Morais

      Não, a TV só precisa ter entrada HDMI. O objetivo dele é transformar tevês não smart em smart TVs

    • Tarcisio Moura

      Claro que não, ele transforma qualquer tv em smart.

  • Davi

    Eu acho estranho comparar chromecast com o fire stick. Eu meio q considero grupos diferentes. O fire stick estaria mais pro lado daqueles android tv box chineses que tem aos montes e bate de frente com o Mi box da xiaomi. O chromecaste seria mais um mira cast como os chromecast chineses são ou algo do tipo.

  • Artfla

    Prefico mil vezes a Mi box 3 da Xiaomi… com comando de voz no controle e com chromecast da própria google embutido. Bem melhor e o mesmo preço!!

    Análise: https://www.youtube.com/watch?v=m_aG2ku2ZjQ

  • Carlos Okada

    Estou adorando o meu comprado na última Black Friday nos EUA por US$25, usando apenas para ver vídeos do Youtube e Netflix tem se mostrado bem melhor que Chromecast, detalhe o modelo que comprei já vem o Alexa que reconhece comandos de voz. Outro diferencial é poder rodar o Spotify na TV.

    • Jonathas Lacerda

      Comprei o meu nos EUA também (com Alexa) e estou adorando. O problema é que não funciona com minha conta da Amazon Prime Video assinada no Brasil 🙁

  • Ótimo vídeo, Tecnoblog é o melhor site de tecnologia do brasil, tratam o assunto a sério e com detalhes.

  • Anayran Pinheiro

    Tem como parear um teclado e Moisés bluetooth e instalar um navegador web qualquer nesse fire TV stick?

  • Marcos Guilherme

    Qual o jogo que está na tela?

  • Tem alguma loja de aluguel / compra de Filmes disponível no Brasil? Onde posso ver os apps disponíveis?

    Quero comprar um pros meus pais, mas acredito que ainda falte:
    – loja de aluguel de filmes;
    – Globosat Play;
    – Globoplay.

    • Luiz Henrique Alves

      No proprio site da Amazon é possível ver os apps disponíveis. Eu acredito que em aproximadamente 6 meses apps como HBO GO, Globosat Play e GloboPlay estejam disponíveis. A Amazon está investindo muito no Brasil, e ela vai fazer de tudo para tentar popularizar esses seus aparelhos, então é bem possível que muito em breve ela consiga parcerias.

  • Juliano Zaban

    Alguém sabe informar se ele aceita qualquer controle bluetooth ou tem que ser o controle da Amazon? Esse último ainda não está a venda no Brasil…

  • Francisco Jose Santos Santos

    Com a entrada da HBO GO streaming no Brasil ,fiz a minha assinatura que funciona somente em smartphones e tabletes, tenho uma duvida quanto a TV.
    Comprando um Chromecast consigo assistir HBO GO na minha smartTV da Samsung!pois ainda não há aplicativo e nem previsão da HBO?