Início » Antivírus e Segurança » Teclado para Android expõe dados de 31 milhões de usuários

Teclado para Android expõe dados de 31 milhões de usuários

AI.type tem servidor invadido e informações como e-mail, localização, IMEI e lista de apps instalados são vazadas

Jean Prado Por

Se você usa ou já baixou o teclado AI.type, é bom tomar cuidado: seus dados pessoais podem ter sido expostos por conta de um vazamento da base de dados do aplicativo, que era armazenada em um servidor sem senha alguma (!).

O teclado virtual foi baixado mais de 40 milhões de vezes e estima-se que os dados de 31 milhões de usuários foram expostos. Ele oferece temas personalizados, suporte a vários idiomas, swipe, calculadora e sugestão de emojis.

Apesar de ter versões para Android e iOS, apenas as informações dos usuários de Android foram expostas. São mais de 577 GB de dados, que incluem pelo menos as seguintes informações:

  • nome completo
  • endereço de e-mail
  • localização, incluindo cidade e país
  • há quantos dias o aplicativo estava instalado
  • resolução da tela
  • mensagens enviadas por dia, por sessão, e idade dos usuários

A política de privacidade do AI.type gratuito, que coleta mais dados do que a versão paga, ainda expressa que o aplicativo tem permissão de armazenar o endereço de IP, junto com sua localização obtida pela rede, lista de contatos, mensagens de texto, IMEI, lista de aplicativos instalados e outros “dados comportamentais”.

O ZDNet teve acesso a uma parte da base de dados e confirmou o registro dessas informações mais sensíveis, em alguns casos. O site ainda descobriu que outras informações também foram expostas, como o número de telefone, nome da operadora e da provedora de internet no Wi-Fi. Alguns registros também mostram informações detalhadas do perfil público no Google, como data de nascimento, gênero e fotos de perfil.

É bem preocupante que os dados armazenados por um teclado sejam expostos porque, bem, ele sabe tudo o que você digita. Apesar do AI.type mostrar em seu site que qualquer caractere digitado é criptografado, o ZDNet descobriu uma tabela com 8,6 milhões de registros de texto que foram digitados pelo teclado, incluindo números de telefone, termos de pesquisa, endereços de e-mail e suas senhas correspondentes (!!).

O caso é um alerta para o uso de teclados de terceiros no Android, que têm acesso a absolutamente tudo o que você digitar. No iPhone, continuo usando o SwiftKey, comprado pela Microsoft, mas o teclado padrão da Apple sempre aparece quando é necessário digitar alguma senha. Agora, vejo que é uma medida necessária.

Com informações: Kromtech Security Center.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

paulo yan

Crie um atalho com "e" pra e mesmo e "eh" pra é.

Samael Vinícius
Acreditar que tem algum teclado "seguro" e que não armazena nenhum dado crítico do usuário é de uma ingenuidade tremenda. Dentre os piores o Al.type é fichinha.
Renan Alves
uma coisa que me deixa puto com o android é quando estou ouvindo musica e do nada o volume abaixa, e quando vou ver o motivo aparece que foi a droga do android que abaixou sozinho porque o som alto faz mal. pqp.. alguem sabe dizer se no iphone tambem acontece isso??
Josiel Hen
Se você estiver minimamente habituado com o da Google, nem tente trocar, você vai perceber no uso cotidiano certos atrasos e lags no Swiftkey que te deixaram frustrado. Sempre fui de dar chance vez ou outra ao SK por ele ser mais descolado e inteligente, mas o da Google é rápido, fluido e no fim, o que todo teclado deveria ser, simples.
7csP9tkb

Também uso o SwiftKey, espero que seja seguro.

Cidopina
Também uso o SwiftKey, espero que seja seguro.
Matheus Souza
Eu tive esse problema por meses, mas depois de um tempo ele vai aprendendo como tu escreve e vai acertando mais. Mas no inicio é horrível ficar corrigindo isso...
antônio
Verdade. Até hoje...
Lucas Alves
Que delícia, cara
Matheus Alexandre
https://uploads.disquscdn.com/images/f4f1d88b8531aada217ca22e435f19da0833e10c13237677d07c3464def5597e.png
José Luís
Lembra como chegou nessa opção? Procurei e não vi nada que lembrasse isso... :(
Shrueak

Infelizmente não é o único teclado que faz isso. Acho que é alguma dificuldade de fazer melhor com a nossa língua mesmo.

Arthur Estevam
Infelizmente não é o único teclado que faz isso. Acho que é alguma dificuldade de fazer melhor com a nossa língua mesmo.
Wendell Rocha
Creio que vá variar de acordo com o estilo de digitação/dicionário da pessoa. Quando quero digitar "é" eu pressiono a tecla "e" e escolho o "é".
Anayran Pinheiro
Exclui as sugestões e usa no braço por enquanto. Só resolvi esse problema dessa forma.
Exibir mais comentários