Início » Gadgets » Dell XPS 13 (2018): quando o ótimo se torna excelente

Dell XPS 13 (2018): quando o ótimo se torna excelente

Notebook premium da Dell tem sua maior atualização em três anos e custa a partir de R$ 7.999

Jean Prado Por
Nota Final 9.4

A linha XPS 13 da Dell recebeu sua maior atualização dos últimos três anos: antes, o notebook que eu defini como o "MacBook" que roda Windows só era atualizado uma vez ou outra no processador.

Dessa vez, o design melhorou em diversos pontos, as bordas mínimas ficaram ainda menores, o notebook ficou mais fino e leve e a Dell acertou mais nas versões que optou trazer para o Brasil. Antes, o XPS 13 custava em torno de R$ 10 mil e agora tem preço sugerido de R$ 7.999. Veja se vale a pena:

Em vídeo

Design e acabamento

O acabamento do XPS 13 acerta em tantos pontos que prefiro começar falando onde a Dell errou. Como usuário de MacBook, senti falta da base do notebook se manter na mesa quando você levanta a tampa. Pode parecer bobo, mas para quem abre e fecha o notebook várias vezes por dia essa comodidade faz diferença.

Em segundo lugar, algo que eu já tinha reclamado no review da geração anterior, é a posição da webcam. Por mais que eu ame esse design de bordas mínimas, ter a webcam embaixo da tela é pior do que colocar um notch. Sério.

Qualquer reunião ou conferência por vídeo que você participar precisará ser na mesa e com o notebook mais alto do que o comum, do contrário as pessoas do outro lado vão ver mais o seu peito ou queixo do que o seu rosto. Ou suas mãos, se você digitar alguma coisa no teclado.

Em uma reunião aqui do Tecnoblog, comentei com o time que dava pra ver mais a minha papada do que o rosto em si. Reuni os melhores comentários da equipe:

"O Jean fica parecendo o Kléber Bambam com essa câmera", disse Paulo Higa, editor-executivo do Tecnoblog, porque o ângulo deixava o meu tronco desproporcionalmente maior do que a minha cabeça.

"Com a câmera nessa posição o Windows Hello desbloqueia pela papada", disse Paulo Barba, videomaker do TB.

"Parece aqueles tarados na internet", disse Thiago Mobilon, editor-chefe do TB, quando viu a minha mão posicionada na frente da câmera.

Não fosse por esses dois pontos, a nota do XPS 13 em design seria dez. É notório que a Dell toma um cuidado especial ao projetar esse notebook: o acabamento em alumínio na tampa e na parte de baixo é muito bem feito e não esquenta com facilidade.

O notebook pode ser comprado na cor prata ou em rose gold. Esse tom de ouro rosê, de certos ângulos, parece até o prata e deu um toque suave ao design do XPS 13 — ficou muito bom. No apoio para as mãos o notebook tem um revestimento de fibra de vidro trançada que, tanto branco quanto preto, é outro trunfo da fabricante.

Todas três portas do XPS 13 são em USB-C, o que já virou um padrão da indústria para os notebooks mais finos. Para ter um computador de 13 polegadas que é tão compacto como um de 11", é uma concessão que estou disposto a fazer, infelizmente. Também há uma entrada para fones de ouvido e outra para cartão microSD (fiquei chateado quando não consegui colocar o meu SD comum).

Esse negócio preto é um hub USB-C da Dell, que tem entrada VGA, HDM, DisplayPort, USB-C, USB-A e Ethernet e custa R$ 339. O adaptador branco está incluso na caixa.

Tela e hardware

No review da geração anterior, falei que a Dell tinha sido injusta nas versões do notebook que ela trouxe para o Brasil. Reclamei que nem todo mundo queria tela com touch e que o preço da versão sem tela sensível ao toque poderia ser mais atrativo.

Dessa vez, estou mais contente com os modelos oferecidos por aqui. Todos têm 8 GB de RAM, 256 GB de SSD e processador Intel Core i7-8550U de 8ª geração. A diferença fica na cor (o ouro rosê é um pouco mais caro), presença do leitor de impressões digitais (só na cor ouro rosê) e resolução da tela: 1080p ou 4K.

A tela do XPS 13 também tem HDR, a tecnologia de grande alcance dinâmico. Na prática, isso significa que imagens ou vídeos com essa tecnologia aparecem mais brilhantes e suportam uma gama maior de cores.

Comparei um vídeo com HDR e outro vídeo sem; a diferença é bem perceptível (para melhor). No entanto, ainda que com o alcance dinâmico comum, não tenho nada a reclamar da tela do XPS 13. Ela já é bem brilhante, tem ótimo ângulo de visão e degradê suave entre as cores.

Outras peças de hardware do notebook não decepcionam, mas tive alguns problemas com o teclado. Ele tem um problema no reconhecimento de teclas duplicadas, então se você digita "que eu" muito rápido, por exemplo, ele só escreve "que u". A Dell já sabe desse problema e, segundo um técnico da empresa no fórum de suporte, a correção estará disponível na versão 1.3.1 da BIOS.

Apesar de ter gostado do acabamento branco, em alguns momentos achei que a retroiluminação (também branca) nas teclas acabava atrapalhando a visão em vez de ajudar. O touchpad do notebook é espaçoso (mesmo não sendo tão grande), só tem o clique um pouco duro demais para o meu gosto, o que não foi um problema porque também dá pra clicar apenas com o toque. E o alto-falante tem som alto e nítido, o esperado para essa faixa de preço.

Minha experiência com o Windows Hello no XPS 13 também foi boa. Apesar da câmera não ficar em uma posição muito favorecida, ela reconheceu bem o meu rosto (ou papada?) e fez eu usar muito pouco o leitor de impressões digitais — que fica no botão liga/desliga.

Desempenho e bateria

Por dentro, o XPS 13 tem um processador Intel Core i7-8550U com quatro núcleos a 1,8 GHz (e pode chegar até 4 GHz com o Turbo Boost) e todas as versões vêm com 256 GB de armazenamento e 8 GB de RAM (sem opção de aumentar).

Ainda que o notebook não tenha 16 GB de RAM, não tive nenhum problema em relação ao desempenho, mesmo rodando os apps do Spotify, Slack e Trello para desktop (que consomem mais poder de processamento do que deveriam), mais de dez abas no Chrome e reprodução de vídeo em alguns momentos.

Se você gosta de benchmarks, o XPS 13 marcou 4802 no Geekbench 4 single-core e 14839 no multi-core, desempenho que você só encontra em um MacBook Pro customizado com processador i7 (e por um preço bem mais alto que o XPS 13).

Minha única ressalva aqui talvez seja a bateria, que aguenta entre 5 a 7 horas até desligar. É uma ótima autonomia para um display 4K, mas ainda pode não ser o suficiente para quem quer passar o dia inteiro trabalhando longe de uma tomada. A versão com resolução 1080p deve ter autonomia superior a dez horas, então é preferível se você não quiser se preocupar em andar com o carregador.

Conclusão

Enquanto no review anterior eu fiquei frustrado com as versões do XPS 13 que a Dell trouxe para o Brasil, hoje eu gosto muito das mudanças que a empresa fez. Tanto no modelo menos caro quanto no mais caro ainda você leva um i7 de 8ª geração, 256 GB de armazenamento e 8 GB de RAM.

Com isso em mente, dá para dizer que o notebook entrega mais, custando menos, que a geração anterior. Antes, você não encontrava o notebook com as mesmas configurações por menos de R$ 10 mil. Hoje, não é difícil achar a versão básica por cerca de R$ 7,5 mil.

Essa seria a minha escolha, aliás: a tela de 1080p já tem tecnologia HDR, a resolução é suficiente para um notebook de 13 polegadas, a cor prateada também é bonita, o Windows Hello funciona bem somente com o reconhecimento facial e a bateria vai durar mais em relação às versões mais caras.

Sem dúvidas, o XPS 13 é a melhor opção em sua faixa de preço. Claro, a webcam fica em uma posição super desfavorecida e ainda falta uma certa atenção a alguns detalhes, mas, se você preferir Windows, o notebook que antes era o "MacBook" que roda Windows pode ser até melhor que MacBooks mais caros.

Dell XPS 13 (2018)

PRÓS

  • Acabamento de primeira
  • Tela com tecnologia HDR é uma das melhores que eu já vi
  • Desempenho não deixa a desejar em nenhum momento
  • Boa duração de bateria (melhor ainda na versão 1080p)
  • Versão básica tem excelente custo-benefício

CONTRAS

  • Dell, coloca essa webcam no lugar certo, pelo amor!
  • Prepare-se para colecionar adaptadores USB-C
Nota Final 9.4
Design
9
Tela
10
Teclado
10
Touchpad
10
Desempenho
10
Bateria
9
Software
8

Especificações técnicas

  • Armazenamento: 256 GB SSD;
  • Bateria: 4 células (52 Wh);
  • Conectividade: Killer Wireless 1435 802.11ac 2x2 e Bluetooth 4.1;
  • Dimensões: 199 x 302 x 7,8 mm;
  • Memória RAM: 8 GB DDR3 1.866 MHz;
  • Peso: 1,21 kg;
  • Placa de vídeo: Intel Graphics 620;
  • Teclado: padrão americano com retroiluminação branca;
  • Tela: IPS de 13,3 polegadas com tecnologia HDR;
  • Resolução: 1080p ou 4K;
  • Sistema: Windows 10 Home Single Language (64-bits);
  • Webcam: widescreen 720p com quatro microfones e suporte ao Windows Hello;
  • (» Mais informações)

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Zinomis Dennys
É um equipamento muio bom, mas não recomendo a compra.Eu comprei um XPS 13" (9343) e quando terminou a garantia do produto percebi que algumas teclas estavam começando a falhar.Procurando sobre o assunto li em alguns sites dos EUA que isso acontecia devido ao estufamento (deformação) da bateria.Retirei a bateria do XPS para não estragar o teclado e só consigo utiliza-lo ligado na tomada. Resumindo tenho mantido contato com o suporte da Dell e já faz um bom tempo que não tem bateria para reposição.No final do ano (dezembro 2018) consegui fazer a compra por telefone com o suporte técnico da Dell e no momento do pedido informaram que não seria uma bateria igual, mas seria uma compatível com o meu modelo. Aceitei, fiz o pagamento e agora querem estornar o pagamento pois alegam que não tem a peça para esse equipamento.Dell é Dell, mas por essas e outras é bom pensar muito bem antes de investir uma quantia alta.Talvez vale a pena comprar um equipamento de valor menor e quando começar a dar problema, joga-se fora e compra um novo modelo.
Maicon Santos
"Desempenho não deixa a desenhar em nenhum momento" Muito bom kkkkkkkk
Gabriel P B
e ainda não corrigiram
Samuel Dragmire
Porque vc acha o MACOS tão ruim?Pergunto porque fiquei curioso, já que geral só falta ter orgasmo com o SO...eu tenho vontade de testar o IOS e o MACOS para ver se é isso tudo mesmo.
Je Suis Harambe
o Rog é um i7 Quad, gtx 970m 3GB, 16GB de RAMo Mac era um Retina de 15, i7 Quad, 8GB de RAM e chip integrado iris 5200
Eduardo
Quanto mais fino, mais desempenho capado, mais fragilidade e mais caro. Minha opinião é que não compensa.
Eduardo
Ou que sigam a tendência e coloquem o Notch :D (zoeira)
Eduardo
Infelizmente a Dell anda pecando na durabilidade, até mesmo do XPS, um cliente meu em 1 ano teve que trocar 4 placas-mãe, na quinta vez a garantia encerrou. Já mais dois Clientes que possuem 1 Ispir
Eliézer José Lonczynski
que
DDR31600Mhz
Quem da o nome do trabalho é a empresa
Eliézer José Lonczynski
Eu tenho um e me sinto muito mais livre pra levar ele comigo em pequenas viagens, além de usar muito no colo e na cama. Um note de 15 já dificulta muito.
Eliézer José Lonczynski
99% não tem essa grana pra gastar em um computador e os 1% devem precisar de um notebook pra usar em casa e no trabalho.
Eliézer José Lonczynski
Domínio, bitlocker, windows update for business, área de trabalho remota e active directory. Tem muitos outros, estes são os mais basicões pra uso do Windows no trabalho.
Anayran Pinheiro
Qual a configuração do seu antigo macbook e a do seu rog atual?
Robert Venicius
Exatamente meu DELL tem 16GB e não custou tudo isso kkkkkkk
Glauco Bueno Martins
Acho que tem um erro nessa linha: "Desempenho não deixa a desenhar em nenhum momento." Não seria "desejar" ?
_oeneo_ jw
Sinceramente? A industria da "beleza" chegou a niveis estratosféricos até mesmo em eletrônicos...Pessoal prefere pagar um caminhão de dinheiro só pq o notebook é slim!Parei de ler em "8 GB de RAM sem possibilidade de expansão"....Meu amigo, por um preço desses, isso ai deveria ter no mínimo 16 GB....
_oeneo_ jw
TODAS !! Coloca um s.o de kernel linux e desfrute de todos os recursos de forma ilimitada! e ainda economiza (ja que nao vai ter essa desgraça de venda casada, to tipo: pc + s.o)
Robert Venicius
Passo continuo com o meu Dell Inspiron 5548.
Diovani Lencina
Placa de vídeo Intel? Passo
Luís Henrique Brock
@jeanprado:disqus ótimo review. Gostei que você o comparou com o modelo anterior em vários quesitos. Completo porém sucinto! E mesmo não tendo nenhum interesse no notebook, deu vontade de tê-lo, (mesmo não tendo mais de R$17,00 reais para o próximo notebook. hehehe)
David
Show de bola. Agora a pergunta que, no meu caso, não quer calar. Será que ele aguenta trabalhar diariamente por uns 7 anos, rodando ferramentas de desenvolvimento de software o dia inteiro, igual meu XPS atual que comprei em 2011? Hoje em dia, ainda mais que antigamente, parece que os equipamentos são feitos para quebrar rápido. Eu não gosto desse tal de ultrafino, não me passa segurança. Investir R$ 8k pra ter uma bomba na mão, só se a bomba demorar bastante p explodir 🤣
Flávio Augusto
É questão de gosto e costume, antigamente não me via com um notebook de 13 pelo tamanho da tela ser muito pequena, hoje em dia tenho um MacBook Pro 13 por causa da portabilidade (também por ser mais barato), e não tenho o que reclamar, não afetou em nada a produtividade, até aumentou (pra resolução ser maior, cabe mais coisa na tela), então acho que não afeta tanto depois que se acostuma
Flávio Augusto
Ia comentar o mesmo que o grande_dino_2, mas ele já falou tudo, notebooks diferentes com finalidades e públicos diferentes.Agora sobre comparar com o MacBook, ele é o melhor notebook em termos de design e isso é quase que incontestável, a Apple sempre fez um excelente trabalho no design e no corpo do mesmo, por isso da comparação, tanto que todas as concorrentes que fazem notebooks excelentes em construção hoje em dia tiveram um q de inspiração no macbook, mas do jeito que as coisas estão indo, logo talvez o MacBook seja só mais um nesse aspecto, ou talvez a comparação seja feita ao XPS 13 ou outro de outra marca
grande_dino_2
O chamariz do XPS é o seu corpo pequeno e peso reduzido com uma autonomia considerável.Um laptop de 13'' no corpo de 11'', pesando só 1,21kg e com autonomia de até 10 horas (pro modelo com tela sem 4k, que eu acho meio inútil em telas de 13'') é o que você está levando.Um laptop com "GPU dedicada, i7HQ, 8GB de ram expansível, 1 TB HD e 256Gb SSD. Tela FHD também, 120hz, teclado retroiluminado, sistema de som maneirinho, e umas outras frecurinhas." provavelmente vai pesar bem mais do que 1,21kg, ainda mais se você for querer uma bateria que faça essa máquina durar 10 horas.Mas são laptops para finalidades diferentes, para públicos diferentes.
DDR31600Mhz
Nenhuma para 99% dos usuários
Rodolpho Camargo
Qual a desvantagem? Perguntando real mesmo.
Digi Realista
Corrigindo a descriçãoÉ DDR4
evefavretto
Mas aí é o contraste ruim mesmo entre branco e prata(em que as letras são ruins pra ler até SEM o backlight dependendo do caso). Teclado preto com letras brancas funciona muito melhor pra isso.
Maikon Jordan ✔️
O Samsung S51 parece melhor
Bruno Amorim
Gosto é gosto hehehe
Ricardo Teixeira
O notebook que eu considero o Macbook com Windows e que é o mais lindo que já vi é o HP x360 Spectre. Até o logo novo da HP ficou sensacional.
José Eduardo Pascoal Rosa
Bom, primeiro que é pataquada ficar com essa coisinha de usar macbook como referência. É bom? É. Mas isso é clubismo. Fanboyzisse.Segundo que com essa grana da pra comprar um note com specs BEM superiores, diga-se GPU dedicada, i7HQ, 8GB de ram expansível, 1 TB HD e 256Gb SSD. Tela FHD também, 120hz, teclado retroiluminado, sistema de som maneirinho, e umas outras frecurinhas. Detalhe, da própria Dell.
Higo
256 GB sem possibilidade de expansão e principalmente, a impossibilidade de aumentar a memória, para mim, mataram o aparelho.
Je Suis Harambe
Eu tive que vender meu Mac recentemente, tô usando um trambolho Gamer da Asus da linha Rogincrível como o Windows é ruim, eu me senti usando o Windows 98 depois de ter trocadoo Hardware potente da Apple custa muito caro, mas é bem melhor pra usar por causa do sistema jamais pagaria tão caro num notebook mais refinado da Dell, rola muito mais importar um MacBook e usar o resto pra comprar um pc pra renderizar coisas
Marcus Araújo
"achei que a retroiluminação (também branca) nas teclas acabava atrapalhando a visão em vez de ajudar"Sempre acho isso em todo notebook com teclado retroiluminado que mexo, eu sempre desativou.No mais, conjunto bacana, preço alto. Eu também não sou fã do macOS e ainda prefiro o Windows 10, mesmo com todas as suas controvérsias e implementações questionáveis, mas possivelmente optaria pelo MacBook se fosse comprar algum dos dois hoje, tendo em vista que o MacBook usado ainda é mais valorizado caso queira ou precise vender (produtos Apple em geral, né? O hype pela marca ajuda bem nessas horas, por mais que eu pessoalmente opte sempre pelo produto novo de loja, mesmo que seja de uma geração passada).Senti falta no review de citar a qualidade de componentes internos tipo o WLAN, visto que especialmente na Dell já observei que em alguns modelos integram umas placas de rede wireless bem vagabundas, que mesmo com drivers atualizados apresentam inconstâncias nas conexões sem fio. Felizmente é algo facilmente solucionado com um adaptador wireless USB, mas infelizmente sacrificamos uma USB só para isso.
Diogo Mendes
Vale a pena investir em um produto de mais qualidade. Meu XPS 15 de 2012 já foi derrubado 2x pelo meu irmão e irmã, e ainda funcionando perfeitamente, so tem um quebrado na lateral, porem não afetou em nada.Meus Inspiron 5547 que utilizo para uso pessoal, para programação antes mesmo de completar 3 anos, sem derrubar nenhuma vez a dobradiça dele já era. O investimento e válido pela qualidade do material.
Eliézer José Lonczynski
Windows 10 HOME em um notebook deste porte, sem comentários...
Fábio Moser
Já não basta ter que usar essa desgraça no trabalho. Em casa tbm? Tá loco!
Fábio Moser
Prefiro pagar 15.000 num PC premium da HP/Lenovo/Dell a pagar 10.000 no melhor MacBook e ter que conviver com aquela aberração do macOS.
ochateador
3:2 é o padrão da tela so surface.
Igor Costa
Não demora até as fabricantes de notebooks tentarem aproveitar o máximo de espaço para a tela, provavelmente indo para o formato dos Surfaces (não lembro a proporção agora, mas é algo mais pro quadrado) e colocando um notch na tela do notebook para acoplar a webcam na parte central superior. 😆
Douglas Ullmann
O interessante é que eu tenho um ultrabook com teclado prata e backlight, e também percebi que muitas vezes a retroiluminação atrapalha, principalmente em ambientes bem iluminados.
ecarvm
Olha, por esse preço nem da pra reclamar do que cobram pelo MacBook
Ramon
Fora a leveza, qual a vantagem de um notebook de 13"? Não vejo produtividade com uma tela pequena, até pro uso pessoal filmes e etc.
Molinex
O que eu posso dizer... Já disse varias vezes que notebook é Dell, e esse seria uma maravilha de ter...Mas pra ter um "macbook com windows", prefiro ter um macbook com OSX mesmo...
Everton
Por 8 mil reais, a resolução bem que poderia ser de pelo menos 2k e apenas 8gb sem possibilidade de expandir também pesam bastante.
Felipe
Aparelho quase perfeito, mas esse posicionamento da webcam é horroroso. Empresas, não façam essa monstruosidade, por favor!!!
grande_dino_2
Fato.Eu não entendo essa decisão de colocar a borda superior e laterais finas e deixar a borda inferior grossa.Se for fazer borda fina, faça todas as bordas finas (como a Huawei fez com o Matebook Pro X, que parece ser uma máquina supimpa demais e eu queria muito comprar pra mim). Caso contrário, divide as bordas no meio e coloca a câmera na parte superior e pronto! :P
X-Tudãoᴳᴼᵀ
Que posição medonha da câmera.
Bruno Amorim
E nunca parei pra constatar que abro o MacBook Pro com uma única mão, só agora ao ler na matéria me toquei.
Bruno Amorim
Entre pagar 7-10K em um NoteBook Premium, eu nunca abandonaria o Macbook Pro.Muito melhor
Gertrudes, a Lhama
Isso é ruim. Não por ter que se acostumar com o padrão em si, e sim porque qualquer outro teclado que se vai usar vai ter o padrão ABNT; aí precisa ter a "muscle-memory" dos 2 padrões e deve ser fácil se confundir.
Jean Prado
Não, é padrão americano.
Gertrudes, a Lhama
Interessante, pena que ultrafinos são tão caros. Tenho um Dell Vostro 5480, que embora tenha sua leva de problemas (dobradiça quebra só de olhar pra ela, e a tela do meu é simplesmente horrível com relação aos ângulos de visão), é bem fino e tem hardware bem bacana (i7, 8gb, Geforce 830m) e paguei só R$2k por ele.Esse XPS tem teclado padrão ABNT nos vendidos no Brasil? Notei que o das fotos não tem.