Tecnoblog

Google confirma dongle com Android TV, mas é só para desenvolvedores

ADT-2. Esse é o nome daquele dongle do Google com Android TV que surgiu como rumor no mês passado. Se você acha o nome estranho, saiba que a companhia não está nem um pouco preocupada com isso: o dispositivo foi criado para desenvolvedores, razão pela qual não tem nome comercial e não vai substituir o Chromecast.

Só agora, durante a edição 2018 do Google I/O, é que o dongle foi confirmado. Mas não havia dúvidas sobre a sua legitimidade: o dispositivo apareceu depois que um usuário descobriu e divulgou no Reddit os documentos dele enviados à FCC (Comissão Federal de Comunicações), uma espécie de Anatel dos Estados Unidos.

Parecia que o dongle iria ser o sucessor do Chromecast, afinal, os recursos dele são interessantes. Começa com o processador, um Amlogic S905X com quatro núcleos Cortex-A53 de 2 GHz, o mesmo que equipa o Fire TV de 4K, da Amazon. A GPU é uma Mali-450 de 750 MHz. Completam as especificações 2 GB de RAM, 8 GB de espaço interno para dados, além de porta HDMI.

Com esse conjunto, o ADT-2 é capaz de reproduzir vídeos em 4K, 60 frames por segundo e HDR, além de trazer compatibilidade com funções do Google Assistente — o controle remoto do dispositivo vem até com um botão para acesso ao assistente.

Aparentemente, é um dispositivo que não custaria muito. Porém, o ADT-2 foi criado apenas para que desenvolvedores possam testar mais facilmente aplicações para Android TV. Os interessados devem preencher um formulário para ter acesso ao dongle (participantes do Google I/O também receberão o dispositivo).

Talvez o Google mude de ideia e lance o ADT-2 como um produto comercial nos próximos meses, mas é pouco provável. Como explica o Android Police, a equipe do Android TV não é focada na criação de hardware para consumidores. Ainda podemos esperar novidades em 2018, mas na forma de outro dispositivo, possivelmente.

Vale destacar que o ADT-2 não é o primeiro aparelho para desenvolvedores que o Google cria. Em 2014, por exemplo, a companhia apresentou o ADT-1 como parte do primeiro kit de desenvolvimento para Android TV.