O Android Go foi anunciado há pouco mais de um ano e, agora, está chegando oficialmente ao Brasil. Nesta quinta-feira (7), o Google anunciou uma parceria com as marcas Alcatel, Multilaser e Positivo para lançar por aqui os primeiros cinco smartphones baseados na iniciativa.

Para quem está por fora do assunto, aqui vai uma rápida explicação: o Android Go é uma versão simplificada do sistema operacional voltada para dispositivos que têm entre 512 MB e 1 GB de RAM. Talvez você tenha pesadelos só de pensar em um Android com tão pouca memória, mas a versão Go é otimizada para lidar com hardware básico.

Positivo Twist Metal S531

Positivo Twist Metal S531

A proposta do Android Go é melhorar a experiência do elevado número de pessoas que usam aparelhos básicos ou antigos por razões socioeconômicas ou que, pelos mesmos motivos, não têm celular ou outro meio de acesso à internet.

É por isso que, além de experiência de uso simplificada, aparelhos com Android Go devem ter preço acessível, tanto quanto possível. O primeiro deles é o Positivo Twist Metal S531, que chegará já neste mês e custará R$ 699.

A configuração básica do aparelho da Positivo é a seguinte: tela LCD de 5,2 polegadas com resolução de 854×480 pixels, chip quad-core MediaTek MT6580 de 1,3 GHz, 1 GB de RAM, 32 GB de armazenamento interno (expansíveis com microSD de até 128 GB), câmeras traseira e frontal com 8 megapixels e bateria de 2.200 mAh.

Nos próximos meses serão lançados os modelos Alcatel 1, Multilaser MS50G e Multilaser MS50X, todos com preços ainda a serem revelados. O Positivo Twist Mini S431 é outro lançamento futuro: o modelo terá tela de 4 polegadas, 512 MB de RAM, 8 GB de armazenamento interno e preço de R$ 399.

Apps - Android Go

Atualmente, o Android Go é baseado no Android Oreo e, de acordo com o Google, consegue iniciar aplicativos até 15% mais rapidamente. Além disso, a plataforma conta com versões otimizadas de apps como Gmail, Maps e YouTube. Todos ocupam menos espaço e consomem menos RAM. Há até uma versão Go do Google Assistente.

A Play Store também foi otimizada para o Android Go. O serviço continua dando acesso a qualquer aplicativo disponível na loja, mas recomenda aqueles que funcionam bem em dispositivos com até 1 GB de RAM.

De acordo com o Google, mais de 100 fabricantes de várias partes do mundo já lançaram ou vão lançar aparelhos com Android Go em 2018.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Felipe Mário

interessante, mas me refiro ao fato de ter aparelhos melhores pelo preço que estão sugerindo, ao meu ver esta solução faria sentido em aparelhos abaixo de 300 reais...

Mendonza

Vero, é a cara do meu s3 tranqueira.

Nao, mas deveria, entao por isso acho que legal.

João Vianna

E quem compra celular de entrada tem preocupação com atualização?

João Pedro Salvador

LIXU

Oba-Ma

Comprei um Xiaomi Redmi Note 5a pra minha Mãe por R$470, com configurações muito superiores a estas aí e recebendo updates constantes da MIUI. Falar que R$699 é valor acessível é um insulto em se tratando da proposta do Android GO.

André G

Essa era a ideia do Firefox OS, um sistema mobile voltado para aparelhos de baixíssimo custo. Eu cheguei a mexer em um que tinha 4gb de memória interna e 256mb de ram, obviamente que a experiência não era das melhores, mas o aparelho funcionava e não travava muito, ele era apenas lento e limitado.
Talvez se tivesse WhatsApp teria feito um pouco mais de sucesso.
RIP Firefox OS, nem nas Smart TVs conseguiu ter futuro.

Mickão

Prefiro n ter aparelho do que gastar dinheiro nessas tranqueiras descritas na matéria.

Paulo #

Comprei um E4 para minha mãe por 530 há alguns meses.
Esse Positivo está muito caro.

Cristina Nascimento

@gertrudesalhama:disqus respondeu o pq mais acima.👆

Georges Desmots

Com um mês de uso no máximo , o Instagram nem abre mais kkkkkkk

Georges Desmots

Por 700 vc compra um Xiomi com snap e 2g de ram no submarino com um ano de garantia kkkkkkk mds do céu pagar isso por um positivo com 1g de ram kkkkkkk

johndoe1981

700 temers? Volta e meia tem aparelho com tela Full HD, 32GB e SD430 (ZF3 Max, Moto G5(S)) e 2/3 GB de RAM, que não é HW top mas é decente, atendendo bem, em promoção de 700-750 reais.

Rodrigo Guilherme

por muitos meses usei o Sony xperia E4. Nunca tive problema com esse celular, pelo contrário, foi um fiel amigo por muito e muito tempo. o macete foi me adaptar as configurações do aparelho (1gb de ram, 8gb de memoria, processador bem simples). era um aparelho de entrada então eu sempre baixava apps versão lites, deixa fotos e musicas em nuvem e escutava as musicas também em nuvem (com o google drive, tim protect backup). o celular ficava rodando liso, de boa.

Fagner Ribeiro

600 Temers num android Go. Por esse preço tem muito aparelho básico com sistema completo ja sendo vendido.

Exibir mais comentários