Início » Celular » Xiaomi vai lançar marca Poco para competir com OnePlus

Xiaomi vai lançar marca Poco para competir com OnePlus

Primeiro aparelho da Xiaomi com a marca Poco deve ser o Pocophone / Poco F1, com tela de 5,99 polegadas e chip Snapdragon 845

Emerson Alecrim Por

A Xiaomi já aparece como a quarta fabricante que mais vende smartphones no mundo, de acordo com um levantamento da IDC. Com um nome tão forte no mercado, a companhia precisa de outra marca? A Xiaomi acha que sim: ela vai lançar uma submarca chamada Poco para, ao que tudo indica, fazer frente à OnePlus e outras rivais chinesas.

O suposto Pocophone / Poco F1

O suposto Pocophone / Poco F1

Os aparelhos Poco deverão disputar espaço no segmento de smartphones high-end ou, no mínimo, no de intermediários premium, e deverão custar bem menos que um Huawei P20 ou um Galaxy S9, por exemplo.

Como que para mostrar que a iniciativa é séria, a Xiaomi colocou Jai Mani à frente do novo negócio. O executivo trabalhou no Google em divisões como DoubleClick e Google Play, até que, em 2014, passou a ocupar o cargo de gerente de produtos da Xiaomi na Índia, tendo sido um dos responsáveis por ajudar a companhia a crescer por lá.

Pocophone F1

As operações da Poco devem começar justamente pela Índia. O primeiro smartphone a fazer parte da nova marca deve ser o Pocophone F1 (ou Poco F1). As informações preliminares dão conta de que o aparelho terá as seguintes especificações:

  • Tela IPS LCD de 5,99 polegadas com notch;
  • Processador Snapdragon 845;
  • 6 GB de RAM;
  • 64 ou 128 GB para armazenamento de dados;
  • Câmera traseira dupla de 12 + 5 megapixels;
  • Câmera frontal de 20 megapixels;
  • Bateria de 4.000 mAh com Quick Charge 3.0 para recarga rápida;
  • Android 8.1 Oreo.

As demais características podem incluir corpo de alumínio, leitor de impressões digitais na traseira, porta USB-C, conexão para fones de ouvido (olha só), desbloqueio via reconhecimento facial e resfriamento líquido.

Se os rumores estiverem certos, o Pocophone / Poco F1 terá preços equivalentes a US$ 480 e US$ 540 para as versões de 64 GB e 128 GB, respectivamente. O anúncio oficial está previsto para 22 de agosto.

Com informações: Android Central.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diego Oliveira

Concordo, a decisão foi ruim, acho que foi POCO pensada.

weldy

TELEFONE DE POCONÉ

Flavio Jaconi

Nego reclamar do nome fala q não vai vender mano se e da Xiaomi pode ter certeza que vai vender esse negocio que se comprar vão zoar pelo nome mano que se foda eu compro um celular pelo preço bom e pelo desempenho do aparelho se nego vim me zoar falando que é xing ling eu simplesmente mando ele desputar pra ver qual e melhor pq cell que vende aqui no brasil nao vai ganhar nunca do pocophone em si já consegue barra ate iphone x imagina esses lixos ae que vcs usam kkkkkkkkk e ainda pagam caro ne kkkkkk

Carlin

Ser que demora muito pra aparecer um POCO mi? 😂😂😂

Ivan Barbosa

Com este nome, por aqui é que não vai vender, mesmo importado...

Blind

Uma versão "MiDroid" com Android One top de linha quem sabe seria melhor que esse nome feio e aparelho com configurações ate q top de linha mas que tem traseira de PLASTICO (veja o unboxing)

Ed. Blake

Pra competir com a OnePlus são necessárias algumas coisinhas:

- Permitir desbloqueio de bootloader sem perda de garantia
- Liberar bem rápido o código-fonte do kernel
- Suportar e apoiar os times de desenvolvimento de código aberto (CAF/XDA/Devs-Base)
- Atualizações rápidas e frequentes para corrigir bugs, otimizar desempenho e atualizar patches de segurança
- Preferível versão limpa do Android (Android One seria perfeito), ao invés de MIUI.

Muita gente pensa que o hype da OnePlus é puramente o hardware top a preço baixo, mas é muito mais sobre software. A maioria da base de usuários mais hardcore (no quesito modificação) de OnePlus tem uma infinidade de ROMs customizadas à disposição e mesmo assim continuam preferindo a OxygenOS.

Drax

Pra isso já tem o MiA2

Astolfinho o porco abiguinho

sei não, acho que vai ser POCOPURO afinal é pro mercado indiano, lá o povo não é tão chato assim com bloatware!

Hugo Piovesan

Se for android 'quase puro', será interessante

Hugo Piovesan

Porque?

Robert Rey

Eu achei o primeiro aparelho que vazou um POCOFEIO

Roger Cleber Masters

Ele vai ficar e poco no estoque.

Roger Cleber Masters

Poco vai sobrar no bolso viu , kk

Marcus Araújo

Se podem fazer melhor, eu esperaria que fizessem na linha Mi. Uma nova marca sempre gera uma desconfiança, né... Já um Xiaomi com configurações parrudas chamaria mais a atenção

Exibir mais comentários