Início » Brasil » Governo lança CRLV digital com mesmo valor legal do documento em papel

Governo lança CRLV digital com mesmo valor legal do documento em papel

Versão eletrônica do documento de licenciamento (CRLVe) já é emitida no DF e estará disponível em todo o Brasil até o fim do ano

Emerson Alecrim Por

Depois da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), é a vez do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) ganhar oficialmente uma versão eletrônica para ser acessada via smartphone. Prometido no final de 2017, o CRLV digital (ou CRLVe) tem o mesmo valor legal do documento em papel, mas a sua emissão tem uma condição óbvia: o veículo precisa estar devidamente regularizado.

CRLVe

Em outras palavras, é preciso estar em dia com pagamentos de licenciamento, seguro DPVAT e eventuais multas para ter acesso ao documento eletrônico. A versão digital exibe todas as informações que constam no CRLV impresso e inclui um QR Code para validação por parte de agentes de trânsito ou policiais. Também há um modo que gera um PDF com assinatura digital para quando o condutor tiver que entregar cópias do documento.

O aplicativo para uso da versão digital é o mesmo da CNH digital. Por armazenar ambos os documentos, o Serpro (entidade responsável pelo desenvolvimento e manutenção) mudou o nome do app para Carteira Digital de Trânsito. Por enquanto, a nova versão está disponível apenas para Android. A atualização para iOS deve chegar em breve.

Como cada veículo pode ter mais de um condutor, o CRLVe poderá ser compartilhado com mais de um motorista. Também é possível ter mais de um CRLV eletrônico no mesmo smartphone.

Não havendo pendências, o motorista não precisa ir ao Detran para incluir o documento no aplicativo. Para tanto, basta inserir o número do Renavam do veículo e o código de segurança do Certificado de Registro de Veículo (CRV) na ferramenta.

Carteira Digital de Trânsito

A emissão do CRLV digital está sendo feita de modo gradativo, começando pelo Detran do Distrito Federal. Mas, de acordo com o Ministério das Cidades, todos os Estados deverão emitir o documento eletrônico até 31 de dezembro deste ano. O Denatran informa em seu site onde o CRLV digital já está disponível.

É de esperar que a emissão do CRLVe seja gratuita, mas essa decisão cabe ao Detran de cada Estado. No Distrito Federal, por exemplo, não há custos. Mas isso não quer dizer que a adesão será alta ou imediata por lá: o Detran estima que, da atual frota de 1,75 milhão de veículos da região, 930 mil não estão com o licenciamento em dia.

Vale lembrar que dirigir um veículo com licenciamento em atraso é uma infração gravíssima e pode resultar em multa de R$ 293,47 mais sete pontos na CNH. O veículo também pode ser apreendido.

Com informações: G1, Auto Esporte.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago Siqueira

otimo agora nao precisamos vai ficar esperando chegar pelo correio

Alexandre Nascimento

E quando o veículo está no nome de uma Empresa (CNPJ)? Como faz?

Jayson Stein

Mais uma facilidade para os bandidos clonadores de veículos!!!...pkba!

Thiago Ojuara

Ta chegando o DNI... Está em fase experimental, quem sabe mais um ano já seja possível sair de casa apenas com o celular.

Paulão da Regulagem

Aqui no CE, ja recebi notificação por estar com o licenciamento atrasado após ser flagrado em uma câmera de transito (videomonitoramento - não estava cometendo nenhuma infração). A tecnologia estatal do Brasil sempre eh utilizada primeiro para algo “contra o cidadão “. As placas poderiam ter (e acho que ja tem) um QRcode para validar as informações, sem a necessidade de um documento, que, inclusive, vc paga para confecção e envio..

Luiz Gustavo

Mas se a autoridade policial terá um aplicativo para ler o QRCode e validar a imagem do aplicativo, ele não pode ter um aplicativo para "ler" a placa do carro e obter diretamente as informações sobre o veículo? Pra que documento de carro? Afinal, o que está em questão é saber se o veículo está licenciado e em condições de trafegar. Em princípio, não há relação com o condutor, você não precisaria estar com o documento do veículo.

Eduardo Barreto

O próximo passo é dizer que o Amoeba ou o Bozo vão acabar com a burocracia.

Higo

Não seria improvável... rs...

Eduardo Barreto

Verifiquei aqui. Realmente. Como costumo ficar 2 a 3 anos com os carros, antes de trocar, nunca precisei fazer vistoria. Caramba... veja só que coisa.

DumbSloth87

Mas cabide de emprego é que ganha eleição!!

Fernando Val

Ou seja: o sistema não vai liberar a CRLV digital depois de constatar que todos os impostos e taxas foram pagos. Antes é preciso fazer a vistoria (após agendamento prévio), a boa vontade do(a) estagiário(a) digitar o resultado no sistema, a impressão da CRLV em papel e o dia de trabalho perdido. Muito útil, realmente. Reduziu bastante a burocracia.

Ticano

Achei muito útil isso, tem muita gente que deixa o documento no porta luvas, para sol, etc para não correr o risco de esquecer o documento, com esse app integrado com a CNH ficou show. Ponto para o Serpro.

PS. Não consigo incluir o tal código de segurança, os caracteres acabam antes do número, mais alguém com o problema? Tirei o ponto srsrsrsrs

PS2. O tal código de segurança fica no DUT rssrrss, volta o ponto.

Marcos Guilherme

Vistoria anual putz, ta ruim pra ai hei!!!

Robert Rey

Esse sim é mais útil que a própria CNH em formato digital. Andar com esse documento gigantesco todo dobrado na carteira é um suplício.

Márcio Eiras

Para instalar o aplicativo é necessario preencher um cadastro, porem, para informar data de nascimento é necessario voltar manualmente, mes a mes, ate o dia, mes e ano de nascimento. No meu caso, seriam necessarios mais de 600 clics ate chegar na data.

Exibir mais comentários