Início » Jogos » Project xCloud é o sistema de streaming de jogos do Xbox

Project xCloud é o sistema de streaming de jogos do Xbox

Serviço de streaming rodará em servidores modificados do Azure, com um na região sul do Brasil

André Fogaça Por

A Microsoft anunciou hoje (8) o lançamento do xCloud, um serviço de jogos em streaming nos moldes que o Google está testando com o Chrome e que o Netflix fez fama com os filmes e séries. O objetivo da plataforma é de levar jogos do Xbox para qualquer dispositivo, seja ele um PC, um smartphone ou até um tablet.

As dicas sobre este lançamento já foram dadas recentemente, com a maior delas durante o anúncio feito na E3 deste ano, onde a própria Microsoft afirmou que estava com este serviço em mente e em desenvolvimento. Ainda é cedo para afirmar que o Project xCloud estará na sua tela amanhã, mas os testes iniciais com o público começam já no ano que vem.

A Microsoft afirma que o trabalho para adaptar um game para a plataforma online será quase que nulo do lado do desenvolvedor. Isso garante que a dificuldade não está no jogo, que são mais de três mil títulos para o Xbox One, mas sim na capacidade dos servidores de entregarem a experiência de jogo com a menor latência possível.

Servidores são feitos de vários Xbox One

Para dar poder aos servidores, a Microsoft resolveu desmontar o hardware de vários consoles Xbox One e colocar as peças dentro dos racks que ficam nos datacenters. Os mesmos que utilizam a plataforma Azure e que receberão os novos racks prontos para o serviço de jogos em nuvem. Estes servidores estão em 54 regiões, com uma na região sul do Brasil, várias espalhadas pela Europa ocidental e pelos Estados Unidos.

Mesmo com tamanha quantidade de dados para uma experiência confortável com o game, a Microsoft garante que a tecnologia para o encode e decode de vídeo permite que até redes 4G atuais rodem os jogos, mas o foco está no 5G. Para os testes iniciais, uma rede de 10 megabits foi utilizada e com bons resultados.

De acordo com a própria empresa, estes testes realizados internamente utilizaram um controle de Xbox pareado via Bluetooth em smartphones Android e tablets que receberam os controles na tela, pelo app. No vídeo acima, aparecem alguns títulos famosos como Halo, Forza, Cuphead, Gears of War e Sea of Thieves.

Com informações: Microsoft.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vaneh

Não é bem assim, quem falou isso foi o antigo funcionário do setor mobile, a Microsoft fez contrato com as empresas, mas elas não queriam lançar, independente se fosse windows phone 8.1 ou 10.
E app exclusivo não faz muita diferença, o Windows phone tinha apps exclusivos desde o Windows phone 7, não mudou muita coisa. Só ver a Apple que lançou apps como Apple music no Android e no Windows. O que o povo quer, é apps populares, como o snap era na época, ou Pokémon go.

Vaneh

Não pode esquecer que a Microsoft é bem diferente das outras empresas. A Microsoft tem o azure (que está em expansão) a anos, a Sony, Nvidia, Samsung não tem servidores próprios espalhados pelo planeta... A Microsoft já tem isso.

Vaneh

"exclusividade" aí o lucro seria muito baixo, como dito no vídeo. O principal foco desse serviço é levar os game para o maior número de usuários, lançar só em um smartphone seria contra essa política. É A mesma coisa que lançar os games no Windows 10, mas só rodarem na linha surface.

Vaneh

"investiu corretamente" o que a Microsoft deveria ter feito?. Se as empresas não queriam lançar apps, um exemplo foi o snap.

­­­­­­­­­­­­­­­

Eu já uso o Geforce Now, e o serviço é bem promissor, a única coisa que atrapalha é a latência, pois o servidor em que jogo fica nos EUA, e o atraso nos comandos do jogo realmente atrapalha, mas com esse serviço da Microsoft, tendo servidor no Brasil, deve ser bem interessante.

Luis de Vaz Lobo

Poderia ser um baita diferencial a exclusividade disso pra um Surface phone...mais um sinal de que esse celular nunca vai sair....😕😕😕

Xcode

Estava meio na cara isso. Na E3, o Phil realmente comentou algo á respeito. Ao meu ver, será o futuro se emplacar como acho que poderá. Jogar em qualquer lugar e aonde quiser. Pode ser que não supere a tendência tradicionalista de console de mesa. Mas se superar, será realmente o futuro. Parecido mesmo como o Netflix que, em alguns títulos, também é possível realizar o download, podendo não ser somente streaming. Eu acho que a Microsoft poderá emplacar não só uma tendência, mas como uma uma MEGA tendência. Vamos ver o quê vai rolar.

Leandro Amaral

Cada dia mais satisfeito por ter comprado um XONE

Diego Nascimento

Promissor.

Leonardo Muniz

Se a Microsoft não inovar nesse modelo de games por streaming, está fadado a falhar como plataforma como todos as outras que seguiram este mesmo modelo. Os mesmo problemas, as mesmas ideias. Os problemas do streaming tem que ser resolvidos e depois o modelo de negócio tem que se tornar atraente para todos sem causar congestionamento no trafégo de dados mundial.

Paçaro

Com esse tanto de servidor, vejo futuro.