Início » Negócios » Google muda regras para licença do Android na Europa após multa

Google muda regras para licença do Android na Europa após multa

A empresa permitirá que fabricantes adquiram licenças separadas de seus aplicativos

Victor Hugo Silva Por

Depois de receber uma multa recorde da Comissão Europeia, o Google mudou as regras para empresas que desejam vender smartphones e tablets com Android na Europa. Apesar de recorrer da decisão, a empresa afirmou que está trabalhando para cumpri-la.

Entre as alterações, está a adoção de uma taxa para as fabricantes incluírem os aplicativos do Google em seus aparelhos. Segundo a companhia, as empresas poderão adquirir separadamente as licenças do buscador, do Chrome e do pacote com os demais aplicativos.

Google muda regras para licença do Android na Europa

O Google não especificou quais aplicativos fazem parte do pacote, mas ele costuma contar com serviços como Google Maps, Gmail, YouTube e Play Store. Ainda de acordo com a empresa, o Android seguirá gratuito e com código aberto.

Outra mudança se refere ao sistema operacional em si. A partir de agora, as fabricantes poderão optar por vender smartphones e tablets tanto com Android regular, quanto com novas versões criadas a partir da plataforma.

Até então, as empresas eram obrigadas a escolher entre as duas opções: aparelhos licenciados com os aplicativos do Google ou variações do sistema operacional sem nenhum app da empresa.

As mudanças são uma resposta para a decisão da Comissão Europeia, que em julho definiu uma multa de 4,3 bilhões de euros (R$ 19,2 bilhões à época). O órgão tomou a decisão por entender que houve uma violação das leis antitruste do continente.

O Google teria se aproveitado da liderança do Android para exigir a presença de seu buscador e do Chrome em celulares e tablets como contrapartida pela licença da Play Store. A companhia também proibia o uso de versões modificadas do sistema sem a sua aprovação.

A alterações realizadas pela empresa nas regras de licença do Android entrarão em vigor em 29 de outubro. Elas serão válidas para a venda de smartphones e tablets no Espaço Econômico Europeu, zona de livro comércio com 31 países.

Com informações: Google, TechCrunch, Android Central.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Baidu feat MC Brinquedo

Opera com adblock e um excelente anti pop up nativo.

Vitor

Depois dessa, a próxima que eu espero da UE é um Brexit geral.

Incrível, o conselho da UE consegue fazer mais cagadas que os políticos do Brasil.

richardsonvix

Quando a gorjeta é grande demais (qualquer um poder embarcar o seu Android sem custo)...

Android gratuito, livre para qualquer um embarcar em seus aparelho, usuários instalarem qualquer coisa, essa tal comunidade européia tinha que ir atrás é das fabricantes que personalizam usando pacotes mais completos do "Open GApps", porque se instalassem o mínimo não teria nada disso sobre ter apps pré-instaladas da Google.

O negócio é ser ultra mega fechado como a Apple, ninguém reclama da obrigação de uso do Safari, e outros apps que vem instalados.
Ah sim, há serviços by Apple que só rodam no Safari.

Onde está também esse pessoal europeu sobre quem é desenvolvedor?
Não punem em nada sobre a obrigação de pagar 99 dólares por ano, nem do valor absurdo dos repasses de venda, e ainda ser obrigado a ter um Mac (baratinho, ao menos um que rode a ferramenta mínima, não é qualquer) para poder ao menos testar um app num iPhone e publicar na loja.

Enfim, é só molhar a mão que resolve.

zoiuduu .

Quando a Apple começar a licenciar o iOS pra outras empresas.

zoiuduu .

q navegador vc usa?

Dayman Novaes

Mas a Apple não obriga nenhuma fabricante instalar o iOS com os aplicativos da Apple.

Pra instalar o Android em um celular, você era obrigado a ter também os aplicativos da Google, e esse era o "abuso".

No caso da Apple, você nem pode instalar o iOS no seu celular.

DeadPull

E quando vai chegar a vez da Apple? Que eu saiba, os iphones vêm com um monte de app lixoso que não dá pra desinstalar.

johndoe1981

Consumidores vão ser penalizados pelos ilustres burocratas da UE, parabéns.

Rodrigo Barbosa

Sério, precisava isso tudo?

Douglas Souza Luz

Gapps.zip comendo soltos na internet a partir de agora.

Ed. Blake

O bom é que agora você da zoropa pode comprar um aparelho de uma fabricante qualquer que pode resolver não pagar o Google, depois desbloqueia a instalação de apks, instala a Play Store, instala o aplicativo de buscas do Google, instala o Chrome e toda aquela traquitana que o pessoal já tá acostumado.

Aí você terá 2 navegadores, 2 clientes de email, 2 lojas de aplicativos (...), etc.

Aí repete isso pra cada parente seu que trocar de aparelho.

Ed. Blake

Aí você soma ao preço daquele Moto G baratinho de 4 dígitos o preço dos apps do Google mais imposto(s).

Baidu feat MC Brinquedo

Desativo quase tudo, deixo só o YouTube, Gmail e Maps.

Wagner Araujo

O Android roda muito melhor sem os aplicativos do Google. Tomara tomem essa mesma iniciativa aqui no Brasil.

Will

espero que agora a microsoft, mozilla, opera e demais navegadores aproveitem a oportunidade para crescer, visto que terá 2 pacotes a venda, um com todos os serviços exceto buscador e chrome, e o outro com os dois inclusos.