Início » Computador » Chrome vai bloquear toda a publicidade em sites com anúncios abusivos

Chrome vai bloquear toda a publicidade em sites com anúncios abusivos

Remoção de publicidade afetará o site inteiro e o desenvolvedor terá 30 dias para remover o problema

Por
05/11/2018 às 18h32
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A partir da versão 71 do Chrome, o Google removerá toda a publicidade que existe em sites que insistem em propagandas abusivas. Com a nova medida, as pessoas responsáveis pela construção dos endereços na web terão 30 dias para evitar que este tipo de anúncio elimine todos os outros da página.

Foto por Stephen Shankland/Flickr

Para o Google, uma experiência abusiva na publicidade inclui o envio de mensagens falsas sobre problemas no computador e que levam o usuário até outro site quando clica no pop-up, páginas com elementos transparentes ou áreas que estão escondidas e que são clicáveis para abrir outros endereços.

Elementos como barra de rolagem ou botões para reproduzir vídeo que na verdade são links também estão na mira, incluindo até mesmo sites que fingem que o ponteiro do mouse do computador está em uma área, quando não está. Além de botões de download para programas que, na verdade, baixam outra coisa ou enviam a pessoa para outro site.

Estas são algumas formas de propaganda abusiva, segundo o Google:

A versão 68 do Chrome já fazia com que alguns sites não conseguissem executar corretamente a publicidade em situações abusivas, mas o Chorme 71, que será lançado no dia quatro de dezembro deste ano, removerá por completo as propagandas de todo o site se ele não retirar o que está errado – mesmo que o endereço da internet utilize apenas uma peça de publicidade que age desta forma, o Chrome removerá todos os outros.

Para que a página não fique sem receita, o Google oferece 30 dias para que o problema seja solucionado após o aviso de que algo de errado não está certo nas propagandas.

O usuário poderá desligar a função de limpeza, mas o padrão para toda instalação do Chorme é de bloqueador ativado e bem sabemos que a maioria dos usuários vai deixar como está.

Com informações: The Verge.

Mais sobre: ,