Início » Celular » Cofundador do Vine e HQ Trivia, Colin Kroll é encontrado morto aos 34 anos

Cofundador do Vine e HQ Trivia, Colin Kroll é encontrado morto aos 34 anos

Colin Kroll é um dos fundadores do Vine (adqurido pelo Twitter) e do HQ Trivia, aplicativo de perguntas e respostas

Por
40 semanas atrás

Colin Kroll foi encontrado morto em seu apartamento em Nova York; trata-se de um dos cofundadores do Vine, rede social de vídeos curtos que o Twitter comprou (e fechou). O empreendedor também cofundou o HQ Trivia, aplicativo de perguntas e respostas que se tornou bastante popular nos EUA. Ele tinha 34 anos, e pode ter falecido por overdose de drogas.

Colin Kroll

Kroll foi um dos cofundadores do Vine em 2012, junto a Dom Hofmann e Rus Yusupov. A rede social de seis segundos foi adquirida pelo Twitter, onde ele atuou como diretor técnico. O executivo foi demitido em 2014 por “má administração”, segundo o Recode; ele foi acusado de comportamento inadequado com funcionárias.

Então, Kroll voltou a trabalhar com Yusupov em outro projeto: o HQ Trivia é um aplicativo lançado em 2017 que oferece prêmios em dinheiro para quem responde perguntas corretamente. São 12 a 15 questões de múltipla escolha que devem ser respondidas a cada 10 segundos.

Os usuários que acertam tudo dividem um prêmio em dinheiro. O valor total começa em US$ 250, mas já chegou a US$ 400 mil em eventos especiais. O HQ Trivia virou uma febre nos EUA, onde os usuários adoraram este “show do milhão” no celular. No entanto, o número de downloads despencou com o tempo, tanto no iOS como no Android.

Colin Kroll virou CEO do HQ Trivia após “batalha”

HQ Trivia no Android

Alguns investidores decidiram não oferecer dinheiro ao HQ Trivia após preocupações com a conduta de Kroll, incluindo seu estilo de gerenciamento. Ele pediu desculpas por ter “feito alguns se sentirem desvalorizados ou desconfortáveis”.

O empresário atuava como diretor técnico e, há três meses, assumiu o cargo de CEO do HQ Trivia. Ele substituiu Yusupov após uma “batalha contenciosa entre os dois no conselho administrativo”, diz o Recode.

Kroll “trabalhava muitas horas e muito duro”, diz o pai Alan Kroll ao New York Times. O empresário havia parado de beber recentemente e usava drogas de forma recreativa. A polícia suspeita que a causa da morte foi overdose; ele foi encontrado junto ao que parecia ser cocaína e heroína no apartamento.

“Sempre me lembrarei dele por sua alma amável e grande coração. Ele fez do mundo e da internet um lugar melhor. Descanse em paz, irmão”, escreve Yusupov no Twitter.

Com informações: New York Times.

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.