Início » Gadgets » Apple cancela AirPower, base de carregamento wireless

Apple cancela AirPower, base de carregamento wireless

AirPower prometia carregar vários dispositivos ao mesmo tempo; tecnologia sofria problemas de superaquecimento

Felipe Ventura Por

Acabou: a Apple anunciou o cancelamento do AirPower, base de carregamento wireless que prometia funcionar com vários dispositivos ao mesmo tempo. Ela diz que o produto não atinge seus padrões e pede desculpas aos clientes. Rumores afirmam que a tecnologia sofria com problemas de superaquecimento.

“Depois de muito esforço, concluímos que o AirPower não atingiria nossos altos padrões e cancelamos o projeto”, diz Dan Riccio, vice-presidente sênior de engenharia de hardware da Apple, em comunicado. “Pedimos desculpas aos clientes que aguardavam por esse lançamento.”

Riccio afirma que “o futuro é wireless” e que a Apple segue comprometida com essa tecnologia. Ele não explica exatamente o que motivou o cancelamento, mas rumores dizem que o AirPower esbarrava em limitações físicas.

A Apple prometia carregamento simultâneo de vários dispositivos: uma das imagens de divulgação mostrava o AirPower com um iPhone X, um Apple Watch e um estojo de AirPods. Isso exige várias bobinas de cobre para carregar as diferentes baterias.

John Gruber, do Daring Fireball, explica que o AirPower tinha tantas bobinas que acabava sofrendo problemas de superaquecimento. Sonny Dickson revela que a base wireless tinha entre 21 e 24 bobinas de vários tamanhos, gerando muito calor e criando interferências entre uma e outra.

Apple AirPower

Apple anunciou AirPower pela primeira vez em 2017

O AirPower foi anunciado pela primeira vez em setembro de 2017. O lançamento estava previsto para 2018, e seu preço nunca foi revelado. Os meses se passaram e ele não chegou às lojas. O site da Apple removeu quase todas as referências ao produto.

O analista Ming-Chi Kuo previa um lançamento no início de 2019, e fontes disseram ao Wall Street Journal que a produção em massa do acessório havia sido aprovada. E mais: algumas caixas dos novos AirPods dizem que eles “funcionam com AirPower” e até mostram um desenho dele. Nada disso evitou que o produto fosse cancelado.

E agora? Bem, a Apple ainda pode contar com suas parceiras. Por exemplo, ela ajudou a Logitech a projetar seu primeiro carregador wireless. Além disso, o iPhone XS, XS Plus, XR, X, 8 e 8 Plus podem ser usados em qualquer base de carregamento Qi.

Rumores dizem que a próxima geração dos iPhones terá carregamento reverso sem fio, assim como o Wireless PowerShare do Samsung Galaxy S10. Eles também devem ter capacidade maior de bateria.

Com informações: TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Credulos

Quando começou a demora de lançamento já se previa que isso ocorreria, o projeto era ambicioso , fica pra próxima Apple.

Guilherme Borges Cunha

É uma pena, queria muito ver o que a Apple poderia fazer com isso. Talvez ser muito além de apenas um carregador sem fio.

McFake

"Alto padrão". Falou a empresa que tem um telefone com uma mega monocelha. ¬_¬

John Smith

Sim, definitivamente.

ωαท∂єrℓєy ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Não estou isentando a apple de culpa, (mas provavelmente o seu fanboyzismo ache que sim).

Estamos falando de um produto que pode custar a sua vida ou a sua saúde... e não um produto que custa alguns centavos do seu bolso ou que pode ser trocado até de graça pela empresa... (nunca tive NENHUM desses problemas que tanto falam).

Eu poderia até fazer um comentário mais detalhado... mas aí eu só estaria alimentando o seu ego inflado de fanboy.

Passar bem.

ωαท∂єrℓєy ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Tinha esquecido de colocar o "está de parabéns" entre aspas, corrigido...

Quando se usa "olhando por outro lado" significa que é uma visão paralela, secundaria, e que não se sobressai a ideia principal (de que foi vergonhoso)

No caso da apple o erro dela foi anunciar antes do tempo... mas ela foi "competente" de estudar o produto e cancela-lo ao ver os possíveis problemas.

Os "parabéns" foi pela proatividade da apple em identificar os problemas e ter cancelado o produto antes de chegar ao consumidor final

O mesmo não vale para a Samsung (não a "parabenizei", apenas disse que ela fez certo/fez a sua obrigação em parar a merda).

A Samsung não identificou o problema... foi preciso os produtos literalmente explodirem, e os consumidores reportarem para ela saber do problema... foi falta de controle de qualidade na produção.

É tanto que só depois do ocorrido ela veio a publico dizer que melhorou esse controle colocando ele em quatro ou foi seis etapas de testes (se não me engano) para só depois então o produto ser comercializado...

Tudo bem que a apple lance lá alguns produtos com algumas falhas nas antenas, alguns entortamentos ou problemas no teclado (não estou isentando ela de culpa), mas nunca tive um único problemas desse tipo com meus produtos. Agora lançar um produto que explode e que pode seriamente custar a vida ou a saúde de uma pessoa é um descuido e uma falta de seriedade sem precedentes para uma empresa como a Samsung.

Um produto entortar é uma coisa... um produto que pode tirar a vida ou a saúde de uma pessoa é outra.

Vegeta humilde

alguém na apple esqueceu o básico sobre termodinâmica

Vegeta humilde

O mal desse air power pra mim sempre foi o tamanho
Capacidade de carregar TRÊS dispositivos tendo no max 5mm de espessura. Claro q ia dar merda
Se ele fossem mais pé no chão e fizessem algo com pelo menos um fan pra forçar a troca de calor, acho q teria dado certo sem mto trabalho

Vegeta humilde

Ó azar

FMAranda

Seria bacana a gente saber a real do cancelamento, mas sei que não vamos. Digo isso pq fico imaginando se as vezes não esbarramos em limitação humana mesmo. Não tô julgando o trabalho de ninguém, longe de mim fazer isso, ainda mais por não ter qualquer tipo de envolvimento com a área de conhecimento que possibilita a criação de produtos como a base de carregamento que a Apple tentou criar, mas sei lá, o mesmo aconteceu com a Intel e a dificuldade de criar os processadores de 10nm que saíram em 2018 com os processadores Cannon Lake, mas era pra ter saído em 2016 com os processadores Kaby Lake. Eles não conseguiam diminuir o tamanho dos transistores. Enfim, fiquei pensando mesmo, haha.

FMAranda

hahahahahaha

Juaum

Incompetência...

Cameron Poe

Pra mim é aquilo, uma hora alguma empresa conseguirá fazer

Renan Araújo

~~ NoSsoS AltOs PaDroOeS ~~

💁🏻‍♀️🙅🏻‍♀️🤷🏻‍♀️💃🏻🤸🏻‍♀️🥇🔝🔝🔝🔝

fan

Tem uma forte corrente que acredita que isso seja uma ação publicitária, e segunda feira veremos de fato a Apple lançar o AirPower e discorrer o quanto eles são inovadores e se gabar de terem conseguido sobrepujar todos os desafios ....

Será ?

Exibir mais comentários