Início » Computador » Surface Book 2 recebe processador Intel Core de oitava geração

Surface Book 2 recebe processador Intel Core de oitava geração

O modelo de sétima geração continua no catálogo, agora com desconto para a versão de 256 GB.

André Fogaça Por

A Microsoft atualizou na semana passada as opções de compra do notebook Surface Book 2, adicionando a oitava geração dos processadores Intel Core. Com a novidade os computadores agora podem ser comprados com a CPU mais recente para este tipo de produto, que podem oferecer até quatro núcleos de processamento.

Enquanto a nona geração de processadores da Intel ainda não chega aos notebooks, a Microsoft traz a mais recente possível para seu portátil mais potente no mercado, o Surface Book 2. Os dois tamanhos de tela, 13,5 e 15 polegadas, podem incluir um Intel Core de oitava geração, mas o modelo de tela maior tem apenas como opção o Core i7, enquanto que o de 13,5 polegadas pode vir equipado com um Core i5 ou i7.

Ainda existe uma configuração do computador que vem com processador de sétima geração, que é o de 13,5 polegadas e 8 GB de RAM. Além de melhorias no desempenho do computador, a atualização também significa que a versão de sétima geração recebeu desconto no preço final. Nesta configuração e com 256 GB de SSD, o valor cai de US$ 1.499 para US$ 1.299 – o que dá mais ou menos, de R$ 5,8 mil para R$ 5 mil.

Ainda é caro para um computador dual-core e sem GPU dedicada, mas é menos caro do que estava antes. Além de passar uma geração, o que não aumenta tanto o desempenho, a nova linha de Surface Book 2 roda em CPUs de quatro núcleos, algo que não era possível até então.

O computador vem em um conjunto que é todo feito em metal e que conta com uma dobradiça diferente, que permite que a tela seja destacada do corpo, transformando o portátil em um tablet. A Microsoft não lançou nenhuma geração dos computadores Surface no Brasil.

Com informações: The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Trovalds

Teclado: https://www.microsoft.com/a...

Cadeira uma modelo diretor, só que mais larga e com um molde em espuma pra coluna que compra em lojas de produtos ortopédicos e/ou de saúde.

ochateador

Por gentileza, poderia informar a cadeira e o teclado usado ?

Doug

Ao menos teríamos suporte / garantia para aqueles que pudessem trazer de fora.

Thiago Moraes

O que adiantaria vim pra cá e eles fazerem aquela conversão de multiplicar o real por x10. Sem condições a carga tributária do Brasil.

Cristina Nascimento

Tenho um hub 3.0 q tb é adaptador de rede Ethernet (meu notebook não tem Ethernet nativamente).

Trovalds

Nada que um bom HUB USB não resolva. Pra teclado, mouse e essas coisas pode ser um de USB 2.0, que não tem alimentação de energia externa. Os 3.0 em alguns modelos tem alimentação de energia por fonte externa ligado na energia elétrica e se não for de confiança pode literalmente queimar o seu computador.

Cristina Nascimento

Mto obrigada pelas dicas, são de ouro.
Se o notebook tiver no mínimo umas 4 portas usb já ajuda. Menos q isso acho ruim, pq vai perder uma pro teclado numérico externo.

Trovalds

Teclado numérico em notebook = desastre de ergonomia. Se você precisa digitar (não números) você tem que literalmente olhar pra tela de lado.

Eu recomendo nesse caso um teclado numérico externo se faz-se tanta questão.

A sua saúde vai agradecer e as DORT não vão se manifestar. Acredite: é um pesadelo ter tendinite + síndrome do túnel do carpo + bursite, tudo isso causado por má ergonomia. Aqui só me salvo porque não dispenso o desktop + teclado ergonômico + cadeira que me posiciona direito. E de vez em quando meu ciático reclama.

Eric Viana

Surface desktop é meu sonho de Designer.

Franco Luiz

Se tem uma linha q eu sempre quis foi a linha surface , acho lindo demais

Cristina Nascimento

Pois é, depende mto do tipo de negócio para o qual o produto foi adquirido. Contadores não curtiram esse teclado (eu inclusa, trabalho com um contador).

Doug

Do jeito que o Brasil está.. sem condições.

João

No modelo de 13 polegadas é praticamente impossível, teriam que fazer um teclado todo estranho. Agora no de 15 acho que não colocaram pra não gerar mais gastos e porque não fica tão bonito também.
Agora pro meio corporativo não acho que um numpad é tão necessário já que você dificilmente vai ficar digitando planilhas durante uma reunião. Acho que o ideal é ter um design discreto, ser silencioso e bem portátil.

Cristina Nascimento

Esse trem é só pra diversão ou serve pro meio corporativo tb? Se sim, nem parece, kd o teclado numérico?

Cristina Nascimento

Exatamente isso..

Exibir mais comentários