Início » Aplicativos e Software » Facebook e Messenger Lite chegam aos iPhones no Brasil

Facebook e Messenger Lite chegam aos iPhones no Brasil

Versão lite dos apps do Facebook consomem menos dados e funcionam em conexões 2G

Por
23 semanas atrás

Sem alarde, o Facebook liberou as versões simplificadas de seus aplicativos para iOS no mercado brasileiro. O Facebook Lite e o Messenger Lite, que eram exclusivos da Turquia até então, prometem consumir menos espaço na memória e funcionar até quando você estiver em uma conexão 2G.

Facebook e Messenger Lite para iOS (Foto: Paulo Higa)

O Facebook Lite exige um download de apenas 16,8 MB (contra inacreditáveis 453 MB da versão completa) e suporta os principais recursos da rede social. Você pode navegar pelo feed de notícias, interagir em publicações e publicar ou acessar vídeos: a empresa diz que isso “funciona bem em todas as condições de rede, até em 2G”.

Por ser uma versão lite, voltada para quem tem conexões mais lentas ou um iPhone com pouca capacidade de armazenamento, o Facebook Lite deixa as firulas de lado: há bem menos animações, e os vídeos não começam a reproduzir automaticamente. Com um aplicativo bem menor, talvez o Facebook pegue menos dados seus também.

Facebook Lite - iOS

Já o Messenger Lite é o que o Facebook Messenger deveria ser: um aplicativo para enviar mensagens. Enquanto a versão completa permite publicar e acompanhar stories dos seus amigos, ou encontrar novos bots para conversar, o aplicativo simplificado deixa você… se comunicar com pessoas. Dá para enviar fotos e fazer chamadas em voz ou vídeo.

E, claro, ele também ocupa muito menos espaço, o que é ótimo para quem eventualmente recebe alguma mensagem pelo Facebook Messenger e se viu obrigado a instalar o aplicativo, mas não quer fazer downloads gigantes a cada atualização: ele tem 19,5 MB, bem menos que os 239 MB (!) do Messenger padrão.

Messenger Lite - iOS

O Facebook Lite está otimizado para iPhones, enquanto o Messenger Lite tem interface para iPhones e iPads. Eles exigem o iOS 9.0 ou superior, deixando de lado os aparelhos até o iPhone 4, lançado em 2010.