Início » Negócios » Nubank libera novo investimento na NuConta com proteção do FGC

Nubank libera novo investimento na NuConta com proteção do FGC

Nubank oferece RDB para clientes da NuConta; título de renda fixa tem proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC)

Felipe Ventura Por

O Nubank está oferecendo uma nova opção de investimento para clientes da NuConta: o RDB (Recibo de Depósito Bancário) é um título de renda fixa que conta com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). O usuário poderá escolher se seus depósitos irão para o RDB ou para títulos públicos do governo; ambos oferecem rendimento de 100% do CDI, superior à poupança.

Desde o lançamento, a NuConta aplicava todos os depósitos em títulos públicos: o dinheiro fica em um patrimônio separado e protegido pelo Banco Central, não podendo ser utilizado pelo Nubank. No entanto, esse investimento não é feito em seu CPF nem é coberto pelo FGC.

Agora, a NuConta tem a opção do RDB (Recibo de Depósito Bancário). Ele rende 100% do CDI e oferece liquidez diária, ou seja, você pode resgatá-lo quando quiser. Além disso, o FGC protege seu investimento.

O Fundo Garantidor de Crédito é uma entidade sem fins lucrativos que cobre depósitos de até R$ 250 mil caso a instituição financeira tenha algum problema. Ou seja, se um banco quebrar, o cliente consegue receber seu dinheiro de volta (até o limite de R$ 250 mil).

O FGC entrou em ação no ano passado, quando o Banco Neon (antes Pottencial) teve suas atividades interrompidas pelo Banco Central; desde então, a Neon Pagamentos fechou parceria com o Banco Votorantim para voltar a operar.

NuConta permite escolher entre RDB e títulos públicos

O cliente poderá escolher se seu dinheiro irá para o RDB: se ele aceitar, todos os novos depósitos serão aplicados nesse título; caso contrário, futuros investimentos serão feitos somente em títulos públicos.

Vale notar que o dinheiro já depositado na NuConta continuará em títulos públicos: não seria uma boa ideia transferi-los pois haveria incidência de Imposto de Renda. A alíquota depende de quando a aplicação foi feita — ela diminui com o tempo.

Tanto os títulos públicos como o RDB seguem a seguinte tabela regressiva de IR:

  • até 180 dias: 22,5%
  • de 181 a 360 dias: 20%
  • de 361 a 720 dias: 17,5%
  • acima de 720 dias: 15%

A alíquota é cobrada em cima dos ganhos, não sobre o valor total. Mesmo pagando IR, os rendimentos são maiores que os da poupança. (A NuConta sempre mostra os ganhos líquidos, já descontado o IR.)

“Qualquer valor retirado da NuConta, seja para pagamentos, transferências ou saques, é feito para minimizar os impostos cobrados sobre os rendimentos”, diz o Nubank. “Ou seja: sempre que você movimentar o dinheiro, a NuConta vai automaticamente selecionar a melhor opção para que você pague menos impostos.”

Nubank usará dinheiro de RDB para empréstimos

Basicamente, o RDB é uma forma de emprestar seu dinheiro ao Nubank: a empresa pagará juros para você no equivalente a 100% do CDI. “Justamente por poder ser misturado ao nosso patrimônio, essa modalidade de depósito oferece a proteção do FGC”, explica a empresa.

E o que a fintech fará com seu dinheiro? “Os valores aplicados em RDB do Nubank podem ser usados pela gente para outras finalidades – como, por exemplo, oferecer empréstimos”, ela diz. A NuConta vem testando o recurso de empréstimo com alguns usuários; em maio, a fintech cobrou taxa média de 4,38% ao mês.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alisson Costa

Nubank pega o dinheiro da Nuconta e investe em Tesouro Direto (Governo) e não pode usar seu dinheiro pra mais nada, como o governo é mais seguro que o FGC teoricamente não tem problemas...

@Sckillfer

Eu achando que finalmente teria mais de 100% do CDI (nem que fosse 101%)...

Thiago Martins

Pelo que entendi, o modelo anterior só seria garantido por leis etc etc e não por esse fundo. Se for isso, acho meio arriscado, por que olha a quantidade de empresa que simplesmente andam "quebrando" por aí? Empresas gigantes que todo mundo achava que tavam indo bem. Eu faria no RDB...

ochateador

E povo apressado achando que todo mundo tem grana a rodo ou consegue separar um valor mensal para investir...

Bruno Martins

poupança não, abre conta na rico e seja feliz

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

A Warren investe majoritariamente em títulos públicos, ações brasileiras e americanas, portanto não existe garantia pelo FGC.

Mas se você optar por investir somente em CDBs aí sim terá a garantia até R$ 250.000,00, mas uma rentabilidade menor do que o tesouro e ações podem dar.

ricms

Ela é garantido pelo FGC? Diz que não, mas os ativos estarão na custodiadora, que essa tem. Achei confuso.

Felipe Liʍa

ele foi ligeiro, comprou tudo em Criptomoedas e foi morar nas Ilhas Cayman :D

https://media0.giphy.com/me...

SiouxBR

Trabalho na área de TI de um banco e uns meses atrás deu problema na conta de um cliente aposentado que tinha quase 5 milhões aplicados, sendo 100% na poupança...

Felipe Liʍa

pois eh... se vc tem 250 mil dificilmente vc deixara na Nuconta, ja teria outros investimentos bem melhores pra aplicar rsss

João Silverado

Dica: Aperta a tecla "End" e então sobe até os comentários. Muito mais rápido e ñ importa o quanto de coisa tenha entre e matéria e os comentários, já q vc vai buscar de baixo pra cima. A não ser q eles comecem a colocar coisas após os comentários tbm, hahaha

Caleb Enyawbruce

Tá tenso

Gesonel o Mestre dos Disfarces

"Lembra da seção de comentários? respire fundo antes de ver como ela está agora."
"Distância entre o artigo e os comentários choca [insira aqui sua cidade

SiouxBR

Lembrando que o FGC garante seu dinheiro somente até o limite de R$ 250 mil. Acima disso o risco é seu (embora duvido que alguém aplique mais do que o teto no Nubank).

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Não tem nada de pirâmide, a Warren é uma startup/corretora um dos sócios é ex-XP investimentos e eles acabaram de receber um aporte de 25 milhões de reais.

Exibir mais comentários