Tecnoblog
Início » Jogos » Xbox Series X: Microsoft revela nome e design do novo console para 2020

Xbox Series X: Microsoft revela nome e design do novo console para 2020

Xbox Series X (Project Scarlett) tem formato de torre e controle menor com botão Share; console será rival do Sony PlayStation 5

A Microsoft revelou na quinta-feira (12) à noite mais detalhes sobre seu futuro console: o Xbox Series X, antes conhecido como Project Scarlett, tem um formato de torre, um controle ligeiramente menor com botão Compartilhar, e o dobro do poder gráfico do Xbox One X. Ele poderá ser posicionado na vertical ou na horizontal, e irá concorrer com o Sony PlayStation 5 em 2020.

O Xbox Series X deve ter 12 teraflops de potência gráfica: Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, diz em entrevista à GameSpot que o novo console tem o dobro do poder de GPU do Xbox One X (com 6 teraflops).

Ele usará um chip gráfico da AMD com arquitetura RDNA, processador com arquitetura Zen 2 e armazenamento em SSD. A Microsoft promete suporte a 4K em 60 quadros por segundo, podendo chegar a até 120 fps; ray tracing acelerado por hardware; taxa de atualização variável (VRR); e reprodução em 8K.

De acordo com a empresa, o Xbox Series X terá “um nível de desempenho nunca antes visto em um console”. Ele foi anunciado como o “console mais rápido e mais poderoso de todos os tempos”.

Xbox Series X pode ser posicionado na horizontal

O design do Xbox Series X lembra um PC de torre. Segundo a GameSpot, ele tem a mesma largura do controle do Xbox One, e três vezes a altura: ou seja, ele tem aproximadamente 15,5 cm de largura e 30 cm de altura. Para comparar, o Xbox One original tem 7,9 x 33,3 cm, contra 5,3 x 30,5 cm do primeiro PlayStation 4 (“fat”).

Spencer garante que o Xbox Series X pode ser posicionado na horizontal; ainda assim, ele pode ser muito grande para alguns racks de TV. A Microsoft obviamente quer que os usuários deixem o console na vertical: ela colocou o logotipo do Xbox nessa orientação, e não divulgou nenhuma imagem dele na horizontal.

O logotipo do Xbox é o botão liga/desliga. A parte superior traz uma cor verde (pintada ou iluminada), e há o que parece ser um drive de disco — rumores dizem que a Microsoft prepara uma versão totalmente digital do console.

Xbox Wireless Controller é menor e tem botão Share

Também foi anunciada uma nova versão do Xbox Wireless Controller, um pouco menor que o controle do Xbox One para “acomodar uma gama ainda maior de pessoas”, diz Spencer. Há um botão Compartilhar, com um ícone semelhante ao do Windows 10, para tirar capturas de tela e gravar vídeos de jogos.

Além disso, o novo Xbox Wireless Controller tem um controle direcional (d-pad) reprojetado: ele abandona o formato de cruz e adota estilo circular, semelhante ao do Elite Controller.

E há uma promessa de menor latência graças às tecnologias ALLM (Auto Low Latency Mode) e DLI (Dynamic Latency Input), que “tornarão o Xbox Series X o console mais responsivo de todos os tempos”. O acessório funciona com todas as gerações do Xbox One e com PCs rodando Windows 10.

Xbox Series X é retrocompatível e feito para a nuvem

Phil Spencer, da Microsoft, anuncia o Xbox Series X no evento The Game Awards

O Xbox Series X é projetado para oferecer retrocompatibilidade com milhares de jogos, desde o primeiro Xbox e passando pelo Xbox 360; e para funcionar com acessórios antigos.

A Microsoft diz ainda que os jogos do Xbox Game Studios permitirão migrar conquistas e saves de uma geração para outra do console. Isso começa com Halo Infinite, a ser lançado em 2020.

Ah, e Spencer lembra que o Xbox Series X foi “projetado para um futuro na nuvem”. A Microsoft já testa o Project xCloud em alguns países, permitindo jogar Sea of Thieves, Gears 5 e Halo 5: Guardians em um celular Android fazendo streaming a partir da nuvem.

O Xbox Series X será lançado no final de 2020, mesma época em que a Sony começará a vender o PlayStation 5.

Com informações: Microsoft, The Verge.

Comentários da Comunidade

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação