Início » Jogos » Nintendo Switch Lite: um portátil, de verdade

Nintendo Switch Lite: um portátil, de verdade

O Nintendo Switch Lite é uma gracinha; se você curte jogar no smartphone, este pode ser o console ideal para mobile gamers

Melissa Cruz Cossetti Por

O Nintendo Switch Lite é uma gracinha. Portátil de verdade, o handheld gaming não deixa a desejar em vários dos aspectos já oferecidos pelo Nintendo Switch original e é mais barato (no preço oficial). Contra ele, o fato de não pode ligá-lo na TV ou de destacar os Joy-Cons, que também não tem vibração.

Para quem dispensa a telona e/ou o malabarismo de joysticks, será uma boa pedida. Se você estava tentado pelo Switch original e não avançou por causa do preço, acompanhe a análise. Se você joga apenas no celular, também pode se encantar com o console mobile.

Em Vídeo

NOTA:

A comparação com o Nintendo Switch original é natural e vai aparecer a todo momento. Porém, concentre-se no fato de que é um console mobile, leve e pequeno, que entrega muito do que promete. Testei usá-lo em várias condições e conto aqui a minha experiência. A decisão por comprá-lo veio após meses jogando no celular, em busca de uma solução gamer que deixasse o meu smartphone de uso diário com a bateria carregada e em paz.

Review Nintendo Switch Lite 100

Design 

O Nintendo Switch Lite é mais leve e menor que o Nintendo Switch. E você pode ler isso de duas formas: 1) Oba! Eu tenho mãos pequenas, sempre achei o Switch original grande e/ou jogo no celular, vou adorar; 2) Meus dedos são enormes, isso vai ser complicado. O meu caso é o primeiro, então tudo ótimo. Se você teme que o console seja muito pequeno, é legal pegar o console em mãos antes de decidir comprá-lo.

Console Tamanho
Switch Lite 9,1 cm por 20 cm
Switch Original 10, 2 cm por 23,9 cm

Sempre achei o modelo original muito pesado e com formato desconfortável para jogar por várias horas. O Switch Lite pesa não muito mais que um smartphone de 200 gramas e dá para segurá-lo por muito tempo sem desconforto. Vale dizer que ele não vem com os “pés destacáveis” para suporte de mesa na parte traseira, que o Switch original tem.

Review Nintendo Switch Lite 004

Console Peso
Switch (com Joy-Cons destacáveis) 400 gramas
Switch Lite (com Joy-Cons fixos) 275 gramas

Outra diferença gritante é o fato de não pode destacar os Joy-Cons. Eles ficam fixos nas laterais. O ponto positivo disso é que acaba com aquela sensação de o videogame estar desmontando (mas, não está) na sua mão. A versão Lite também não encaixa no dock, porém, não é só isso que torna impossível ligá-lo na televisão e jogar na tela grande, o console na sua versão mais barata teve o hardware modificado, limando esse recurso. 

O Switch Lite é vendido em quatro cores: amarelo, cinza, coral e turquesa, todos com botões brancos. Há uma versão Pokémon Lendários Zacian e Zamazenta que também é cinza, com botões azuis de um lado e rosa do outro, além de ilustrações em branco, bastante sutis, dos personagens dos jogos Pokémon Sword e Pokémon Shield, na parte traseira. Também há uma versão para os fãs de Animal Crossing: New Horizons Edition — esta, porém, está disponível só na versão original do Nintendo Switch.

Diferente o console original, dá para largar o Switch Lite na bolsa sem se preocupar se ele vai quebrar ou emperrar os Joy-Cons, mas ainda temo pelos controles direcionais serem forçados demais acidentalmente e da tela arranhar. Prefiro sempre usar case. 

Joy-Cons

Os Joy-Cons da versão Lite são fixos, não destacáveis. Isso significa que você vai jogar na maioria das vezes sozinho — exceto se for convidado para jogar online. Se você quiser jogar com mais amigos na tela do seu Switch Lite, deve comprar Joy-Cons ou parear os deles. É possível parear até oito Joy-Cons ou Pro Controllers, mas a tela segue pequena e sem suporte para mesa (use acessórios). Em grupo, pode sentir falta de jogar na TV.

Contudo, se você estiver numa roda de amigos, jogando um título multiplayer na TV como Mario Kart, pode pedir para convidá-lo no jogo (online, como um jogador externo) e dispensar o Joy-Con, usando seu próprio Switch Lite como controle, vendo seu personagem na tela também do console mobile. Vai funcionar como se você não estivesse lá fisicamente, jogando no seu console (na sua casa), como convidado.

Review Nintendo Switch Lite 09

Tela e som

Corpo menor, tela menor.

A redução foi de 6,2″ do Switch para 5,5″ do Switch Lite. Trata-se de uma tela LCD com resolução de 1280 x 720 pixels. Menor, mas com a mesma resolução, apresenta densidade maior de pixels por polegada, deixando os jogos — ainda que sem gráficos ultrarrealistas — bem mais bonitos. Trata-se de um salto de 237 ppi para 267 ppi. 

O brilho da tela não se ajusta automaticamente e eu deixei perto do máximo nas configurações do console. A Nintendo não informa oficialmente quantos nits tem o painel, mas é o suficiente para jogar sob alguns raios de Sol sem perder detalhes do seu jogo. As cores da tela são bem quentes, o que deixa games coloridos ainda mais vivos.

Sobre o som…

Bom, o Lite continua com o mesmo problema do Switch, não tem Bluetooth, apenas um conector de fone de ouvido de 3,5mm (P2) e falantes externos. Assim, como no modelo original, é possível usar acessórios para resolver esse problema, que segue no Lite.

Review Nintendo Switch Lite 006

Bateria

A Nintendo encolheu o console e a bateria também. A redução foi de 4.310 mAh para 3.570 mAh. Isso não implica exatamente em menos tempo jogando. O Switch Lite, por não ter Joy-Cons destacáveis, também removeu a vibração, consumindo menos energia.

O Switch Lite foi projetado para ser jogado como dispositivo portátil, o que significa que a vida da bateria é muito importante. O Switch Lite promete de 3 a 7 horas (dependendo do jogo), o primeiro Switch (2017) trabalha com 2h30min a 6h30min; a diferença não é tão grande. Já o Switch (2019) atualizado, promete de 4h30min a 9h.

O comportamento do Switch Lite é consumir toda a bateria em torno de 4h. O que para mim, é mais que suficiente. Neste quesito, o Lite leva vantagem para o modelo antigo do Switch e perde para o novo, com processador otimizado no consumo de bateria.

Não conte com a bateria em stand-by. Ela consome bastante. Se você ficar um ou dois dias sem jogar, principalmente se deixar jogos abertos, quando pegá-lo novamente, a bateria vai estar bastante baixa, recarregue sempre que for inciar um período de jogo.

Review Nintendo Switch Lite 011

Armazenamento

O espaço interno do Switch Lite é o mesmo do original: 32 GB de armazenamento, parte reservada para o sistema. O console segue permitindo expandir o espaço para adicionar jogos usando cartões microSD de até 2 TB (vendidos separadamente).

Vale notar que, se o seu interesse é baixar jogos da loja da Nintendo, é bom utilizar a loja americana Nintendo Shop. Na loja para o Brasil há poucos jogos disponíveis, promoções e compras atrativas. Saiba como alterar região do eShop (mudar país).

Jogos compatíveis com Switch Lite

Sem Joy-Cons, alguns jogos podem ficar menos emocionantes ou até limitar recursos. Isso significa que o Switch Lite não roda games sem suporte para o modo portátil. 

Como vou saber se o jogo que eu quero é compatível? Basta checar quais modos o jogo opera, olhando na parte de trás da caixa do jogo (mídia física) ou na página do game. São três modos de jogo: TV mode, Tabletop mode e Handheld mode (Switch Lite).

O Just Dance, por exemplo, game de dança da Ubisoft, pode ser usado no Switch Lite, caso você tenha Joy-Cons para conectar. O jogo requer um controle com sensor de movimento. Você pode adaptar com o app Just Dance Controller no celular, mas fica limitado. É, porém, uma tela pequena para ver os movimentos e sentirá falta do TV mode. 

Review Nintendo SWitch Lite - Tecnoblog 120

Contudo, em casos como o Nintendo Lab, é totalmente inviável não ter Joy-Cons destacáveis. Sendo bastante sincera, com exceção do Nintendo Lab, não achei nenhum jogo que eu tenha ficado interessada que não era compatível com o Switch Lite. 

Para não ser injusta ou imprecisa e dizer que eles não existem, aqui vai uma lista de jogos incompatíveis com o Switch Lite. Chamo atenção para casos com o Fifa 2020, em que a EA não anunciou times da Taça Libertadores para o console da Nintendo, ainda.

Preço

Vamos falar de dólares! O Nintendo Switch ainda não foi lançado oficialmente no Brasil e quem compra um desses por aqui é através de importadoras, que praticam preços de acordo com seus próprios custos de importação e envio, que podem oscilar bastante.

Nintendo Switch Switch Lite
Dólar US$ 299 US$ 199
Real R$ 2500  (Amazon*) R$ 1699  (Amazon*)

*Preços da Nintendo na Amazon Brasil. Nota de transparência: os links acima têm código de afiliado. Clicando neles, mas o veículo pode ganhar comissão. Valores podem mudar com o tempo e estão sujeitos a loja. Recomendo usar o Assistente de Compras do Tecnoblog.

Se você conseguir comprá-lo no exterior, mesmo com a cotação alta do dólar, o valor de uma versão tradicional do console (com Joy-Cons) pode ficar abaixo do preço da versão Lite no Brasil. Portanto, se você vai viajar pense em qual modelo se adapta melhor à rotina. 

Aqui no Brasil, na Black Friday, eu consegui o console na versão Switch Lite por R$ 1.200, em outra loja. Neste caso, a diferença de preço do Lite para uma original é enorme.

Por aqui, também não encontrei bundles. Na loja da Nintendo para o Reino Unido você pode até montar o seu, incluindo o console, um jogo e um acessório da sua escolha (desde que faça parte da lista). Falando em acessórios, como o Switch Lite foi feito para mobilidade, você vai querer uma capinha para levá-lo e talvez um suporte de mesa. É aí que a brincadeira começa a ficar cara e gasta-se bastante dinheiro em acessórios.

Vale a pena?

Depende de quem é você e por que está interessado no Nintendo Switch Lite. 

  1. Já tenho um Nintendo Switch

Se você já tem um console tradicional do Switch, não precisa comprar o Switch Lite para poder pôr na bolsa — o modelo original é um híbrido, ainda que não totalmente ideal, portátil. Contudo, se comprar, terá uma ótima experiência mobile como um adicional.

O Switch Lite, como um segundo Switch, pode compartilhar a mesma conta, dispensando comprar o mesmo jogo duas vezes, se essa for a sua preocupação. Com três ou mais crianças, dá para fazer um rodízio com quem joga na TV, sozinho ou juntos. Ou, ainda, pode deixar os outros jogando no modo TV e se divertir sozinho no Lite.

Review Nintendo Switch Lite 05

  1. Acho muito caro

Se estava interessado no Nintendo Switch, mas achou muito caro, especialmente sobre os preços em reais, a versão Lite pode atender melhor o seu bolso. Você vai perder a conexão com a TV, os Joy-Cons (terá que comprar separadamente) e as vibrações do HD Rumble, mas terá todo resto nas mãos, com o mesmo desempenho que no de mesa.

  1. Mobile Gamers

Se você joga muito no celular e quer experimentar títulos de consoles, sem perder a mobilidade, o Switch Lite vai atender super bem. Tão leve quanto um smartphone de tela grande, vai oferecer controles e botões físicos para jogar Fortnite, por exemplo. 

Nintendo Switch 

Tamanho Aproximadamente 9,1 cm por 20 cm.
Peso 275 gramas
Tela Tela sensível ao toque / LCD de 5,5 polegadas / Resolução de 1280×720
CPU/GPU NVIDIA Custom Tegra
Armazenamento 32 GB de armazenamento interno, parte disso é reservada para uso do sistema. Os usuários podem expandir facilmente usando cartões microSD de até 2 TB (vendidos separadamente).
Conexões Wi-Fi (IEEE 802.11 a/b/g/n/ac

Bluetooth 4.1 (apenas para Joy-Con / NFC (near field communication)

Auto-Falantes Stereo
Botões Left Stick
Right Stick
A/B/X/Y/L/R/ZL/ZR/+/- Buttons
+ Control Pad
Power Button
Volume Button
HOME Button
Capture Button
USB USB Type-C
Utilizado apenas para carregamento.
Saída de som Plug de 3.5mm (P2)
Game card slot Nintendo Switch game cards
microSD card slot Compatível com cartões de memória microSD, microSDHC e microSDXC.
Sensor Acelerômetro / Giroscópio
Bateria Bateria de iões de lítio / Capacidade da bateria 3570mAh
Duração da bateria Número do modelo: HDH-001
Aproximadamente. 3,0 a 7,0 horas
Tempo de carga Aproximadamente 3 horas

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Os jogos são bons, duro é ter que jogá-los nesse tablet capado e superfaturado. Uma pena que a Sony tenha adotado formato proprietário pro PS Vita e abandonado o sistema, sem dúvidas era um portátil bem mais interessante.

Demetrius Daffara (@dmtr)

Muito legal o review, Melissa. Eu tenho o Switch tradicional e não iria pro Lite porque gosto de pular da TV pro portátil.

Fica só uma correção: no parágrafo que você cita as cores do Switch e a edição especial do Pokémon Sword/Shield, você comenta “Também há uma versão para os fãs de Animal Crossing: New Horizons Edition” mas essa edição é do Switch comum, não do Lite. A cor Coral foi lançada no dia 20 (mesmo dia do lançamento do Animal Crossing) mas não tem relação. A edição do Animal Crossing é a que tem os Joy Con nas cores azul pastel e verde pastel e é bem linda!

Melissa Cruz Cossetti (@melissa)

É verdade @dmtr farei a correção

LekyChan (@LekyChan)

Eu prefiro o tradicional, a diferença de preço é 100 dollares, entretanto com ele você consegue:

Jogar onde quiser Jogar de 2 Jogar na TV Carregar os JoyCons nele Suporta todos os jogos

E isso já de fabrica, sem ter que comprar nada a mais.
Caso uma pessoa compre o Lite só os Joy-Cons que teria de comprar para jogar de 2 ou mesmo por causa de algum jogo que exija, custam 80 dollares sem o carregador, e caso algum dia o Lite receba suporte a jogar na TV, você teria que comprar o Dock, atualmente a unica oferta de dock na amazon esta pedindo 225 Dollares.