Início » Jogos » Sony estaria com dificuldade em reduzir preço do PlayStation 5

Sony estaria com dificuldade em reduzir preço do PlayStation 5

PS5 tem componentes caros, especialmente de memória; para ser lucrativo, console da Sony pode ser lançado por US$ 450

Felipe Ventura Por

O lançamento do PlayStation 5 ocorrerá somente no final do ano, mas a Sony costuma definir o preço de seus futuros consoles no mês de fevereiro: segundo a Bloomberg, a empresa ainda não conseguiu decidir quanto cobrará pelo PS5 devido aos custos altos dos componentes, especialmente de memória. Para ser lucrativo, ele pode chegar ao mercado por volta de US$ 450.

Sony PlayStation

"A maior dor de cabeça da empresa é garantir um fornecimento confiável de memória DRAM e flash NAND", explica a Bloomberg. A demanda por esse tipo de componente aumentou devido a novos smartphones: o Samsung Galaxy S20 Ultra, por exemplo, será vendido com até 16 GB de RAM.

Internamente, a Sony estaria dividida: alguns executivos acreditam que o PS5 deveria ser vendido com prejuízo, pelo menos inicialmente, para atingir o mesmo preço do Xbox Series X. Fontes dizem que isso será um fator-chave na decisão do preço de varejo; a Microsoft deve confirmar o valor exato na feira E3 em junho.

Enquanto isso, outras pessoas dizem que é melhor lucrar com o console desde o início, assim como foi com o PlayStation 4. Ele foi lançado em 2013 por US$ 399, e tinha custo estimado de fabricação de US$ 381.

O PlayStation 5, por sua vez, teria custo de fabricação de US$ 450. Atualmente, o console mais caro da empresa é o PS4 Pro, que tem preço sugerido de US$ 400 nos EUA e sempre recebe desconto.

Sony já vendeu PlayStation com prejuízo

Talvez a Sony precise vender o PS5 com prejuízo. Não seria algo novo: ela fez isso com o PS3, por exemplo, e conseguiu reduzir o custo de fabricação ao longo do tempo. Além disso, ela lucra com jogos e serviços online como o PS Plus. O CEO Kenichiro Yoshida disse anteriormente que a divisão PlayStation deveria ser julgada pelo número de usuários ativos, não pelo número de consoles vendidos.

A Sony acredita que a transição para o PS5 será gradual, porque "muitos dos jogos lançados para o PlayStation 5 também estarão disponíveis para jogar no console antecessor", diz a Bloomberg. O site também afirma que a empresa lançará uma nova geração do PlayStation VR, sem revelar mais detalhes.

Comentários da Comunidade

17 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

LekyChan
acho melhor eles fazerem que nem o PS3, pois um preço de 500 dollares num console pode assustar os consumidores e demorar mais para começarem a migras para o PS5.
@Fabiofs
Esse foi um dos motivos do Xbox vender menos que o ps4. Começaram empurrando Kinect e preço maior.
Matt
A Sony precisa de umas aulas com a HP, ela vende a impressora com preços super baixos para superfaturar nos cartuchos e reverter o prejuízo
Antonio Fra. Souza
Se for a super máquina que se diz pela internet, vale 500 dólares tranquilamente.
Quem não puder comprar no início é só esperar até o preço cair.
A geração atual aguenta um bom tempo ainda.
Leandro Alves
Mas a Sony fez isso com o ps3, vendeu ps3 no prejuízo e vendia jogos caros.
@ksio89
Estratégia essa que não deu muito certo. Epson e Canon tomaram o mercado com impressoras com tanque de tinta ou toner (laser), pois ao contrário da HP, perceberam que o consumidor não quer pagar fortuna em cartucho. Até saiu uma notícia no TB que a divisão de equipamentos de impressão da HP estava no vermelho.
edit: encontrei a notícia: https://tecnoblog.net/309843/hp-vai-demitir-9-mil-funcionarios-reestruturacao/
Fábio Laurindo
Eu duvido que saia abaixo dos 500 dólares
ochateador
Só atrasar os lançamentos e evitar os mesmos problemas da microsoft.
Enquanto isso, que fortaleçam e melhorem a plataforma online para ganhar e manter o consumidor fiel a marca.
Fábio Laurindo
A questão que o mercado quer preço justo e agilidade, por mais que a sony se tenha consolidada, ela terá que rebolar as pernas, ontem falando com meus tios que tem distribuidora e são próximos de fabricantes, o que ouvi me assustou creio acrescentar mais 50 dólares.
Igor Lana de Melo
E como foi q eles fizeram no PS3? Pq pelo q lembro o de 20gb custava 500 dols e o de 60gb custava 600 dols, isso pegou super mal na época
Igor Lana de Melo
Não acho q o XSX vá sair barato não, se a M$ foi arriscar MTO pra ter prejuízo, lança ele pelos mesmos possíveis 500 dólares do ps5
Henrique Valério
Por isso q a Sony quer saber o preço do Xbox antes. Mas é foda vc esperar que eles lança algo melhor com preço de 7 anos atrás.
O PlayStation 1 que foi vendido por 299 no lançamento se vc colocar na inflação atual chega custar quase 500 dólares.
Para um console se manter competitivo entre os concorrentes da mesma geração, as diferenças de preço entre as máquinas não devem ultrapassar tanto assim, mas se ambos praticarem o msm preço ou uma diferença pequena. Aí teríamos uma boa competição que não seria preço e sim espec, serviços e jogos.
Mas chuto entre 550 a 600 dólares (temos que levar em conta toda logística e marketing que pode não está nesse preço anunciando).
Ramiz
Uma boa estratégia é apostarem em bundles, já oferecendo um jogo logo na compra. Assim eles conseguem diluir o custo de hardware no custo do software.
LekyChan
sim, por isso eles corrigiram e começar a ter prejuiso cobrando 300 embora o custo de produção fosse 350.
Igor Lana de Melo
Se fosse pra chutar a seco, tbm estaria pensando em 599 pro XSX, mas pelo suspense esperando o PS5, acho q querem lançar no mesmo preço pra dizer que tem mais poder gráfico com o mesmo custo
ochateador
A gripe aí na china é a desculpa perfeita para a Sony atrasar o lançamento
Participe da discussão