Início » Negócios » Como abrir conta em dólar no Brasil [cartão para comprar no exterior]

Como abrir conta em dólar no Brasil [cartão para comprar no exterior]

Saiba como abrir uma conta em dólar usando bancos digitais e fintechs e ter cartão de débito para fazer compras no exterior

Lucas LimaPor

Alguns bancos digitais do Brasil oferecem a modalidade de conta em dólar, apesar de não ser no exterior, é considerada como uma conta global ou internacional pelo pagamento efetivado em outra moeda. O C6 Bank e o BS2 (antigo Bonsucesso) têm esse tipo de conta. Outra opção é a fintech Nomad, que permite brasileiros se cadastrarem no banco americano.

Para abrir uma conta em dólar no Brasil é necessário, primeiro, já ser cliente de um dos dois bancos digitais: C6 Bank ou BS2. Ambos são gratuitos. No caso da Nomad, que não tem conta em real, é só solicitar a abertura da conta com o passaporte.

dólar | Sharon McCutcheon | Unsplash

O que é uma conta em dólar

É exatamente o que o nome diz: uma conta na moeda dólar. O cliente pode escolher quanto dinheiro quer enviar para essa conta, a partir da outra em real. A conversão das moedas é feita instantaneamente no aplicativo.

Quais as vantagens de usar uma conta em dólar?

  • Possibilidade de usar um cartão de débito no exterior, sem taxas de IOF (cobradas no cartão de crédito internacional);
  • Câmbio mais baixo, já que é considerado o dólar comercial ao invés do turismo;
  • Melhor que carregar grandes quantias de dinheiro em espécie.

Conta em dólar do BS2

Conta internacional do Banco BS2 (Imagem: Divulgação/BS2)

Conta internacional do Banco BS2 (Imagem: Divulgação/BS2)

O BS2 foi o primeiro banco a oferecer esse tipo de conta aos correntistas. Para solicitar, é necessário abrir uma conta normal e depois ativar a conta internacional. Depois, basta fazer as transferências para o dólar.

De acordo com o site, o cartão pode ser enviado após a conta ter movimentado, pelo menos US$ 30 na conta.

O cliente também pode transferir para outra conta internacional do BS2, sem custo, ou enviar ordens de pagamento internacional. Neste último caso, há uma taxa de US$ 12. A conta do BS2 também pode ser usada para receber ordens de pagamento do exterior, a uma taxa também de US$ 12, isenta se vier do do Google.

Conta global do C6 Bank

Conta global C6 Bank (Imagem: Divulgação/C6 Bank)

Conta global C6 Bank (Imagem: Divulgação/C6 Bank)

A conta global, como é chamada, do C6 Bank segue os mesmos princípios do BS2. Mas há algumas diferenças entre elas.

Para ativar a conta em dólar e emitir o cartão de débito que será usado no exterior, é necessário pagar uma taxa de US$ 30, os quais serão descontados da conta em real do C6 Bank. Clientes Carbon ou aqueles que tiverem mais de R$ 20 mil investidos em CDBs do banco são isentos da taxa.

Até o momento, não é possível transferir ou receber de outros bancos, apenas para a conta C6 de mesma titularidade.

Conta nos Estados Unidos com a Nomad

Banco Nomad (Imagem: Divulgação/Play Store)

Banco Nomad (Imagem: Divulgação/Play Store)

É bem semelhante ao processo feito no C6 Bank ou BS2. A diferença é que não é um banco do Brasil, mas sim dos Estados Unidos que presta serviços aos brasileiros. Mesmo que seja do exterior, a fintech garante que os clientes terão atendimento em português, “como se estivesse usando uma conta brasileira tradicional”.

O registro é feito pelo aplicativo, disponível na Play Store ou App Store, mediante preenchimento dos dados e envio da foto do passaporte. Não há taxas de abertura ou manutenção da conta.

Para enviar e converter o dinheiro de real para dólar, é preciso fazer uma TED após a cotação. O dinheiro fica disponível em até dois dias úteis. Diferente do BS2 e C6 Bank, que liberam o saldo imediatamente.

Em um primeiro momento, só é oferecido o cartão de débito virtual que pode ser usado nas carteiras digitais (Samsung Pay, Google Pay e Apple Pay). O cartão físico ainda está em fase de desenvolvimento.

A Nomad atua como correspondente bancário do Banco Ourinvest e é certificada pela SEC (Agência Federal Reguladora de Títulos e Câmbio nos Estados Unidos).

Detalhes das contas C6, BS2 e Nomad

Conta em dólarBS2C6 BankNomad
Necessário para abrirTer conta digital do BS2Ter conta digital do C6 BankPassaporte válido
Custo para abrir❌ Não tem✅ US$ 30❌ Não tem
Custo para emissão do cartão de débitoTer transacionado pelo menos US$ 30 na contaIncluso na taxa de aberturaCartão de débito virtual gratuito
IOF (reais para dólares)1,1% (contra 6,38% de um cartão de crédito internacional)1,1% (contra 6,38% de um cartão de crédito internacional)1,1% (contra 6,38% de um cartão de crédito internacional)
IOF (dólares para reais)0,38%0,38%0,38% + taxa de US$ 10
Cotação do dólarComercialComercialComercial
Spread para conversão do real em dólar2%2%2%
Transferência mínima (real para dólar)US$ 1US$ 100US$ 100
Custo do saque em ATMsUS$ 5US$ 5Ainda não tem cartão físico
Limite de saques4 por dia; cada saque até US$ 5004 por dia; cada saque até US$ 500Ainda não tem cartão físico
Limite de depósito diárioUS$ 10 milNão informadoNão informado
Limite de depósito anualUS$ 20 mil (pode variar de acordo com o perfil do cliente)US$ 10 mil (de acordo com perfil do cliente; pode ser solicitado um maior valor)R$ 50.000
Tarifa de inatividade❌ Não tem✅ US$ 10/ano para contas sem movimentação no período de 12 meses❌ Não tem
Pode receber de outras contas internacionais?✅ Sim, ao custo de US$ 12 por operação (recebimentos do Google são isentos da taxa)❌ Ainda não, apenas da conta do C6 Bank em reais, de mesma titularidade✅ Sim

Pode receber via código SWIFT, ABA/Routing Number e ACH Rounting Number

Envio de ordens de pagamento internacional✅ Sim, ao custo de US$ 12 por operação❌ Ainda não❌  Não mencionado

Com informações: BS2, C6 Bank, Nomad.

Colaborou: Lucas Braga.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando