Início » Computador » Apple Mac Pro é lançado no Brasil custando até R$ 439 mil

Apple Mac Pro é lançado no Brasil custando até R$ 439 mil

Apple começa a vender Mac Pro no Brasil; computador pode ter processador Intel Xeon de 28 núcleos e 1,5 TB de RAM

Felipe Ventura Por

A Apple começou a vender o Mac Pro no Brasil desde esta quarta-feira (19): o computador é projetado para ser consertado e atualizado facilmente, e traz componentes como processador Intel Xeon de 28 núcleos, 1,5 TB de RAM e placa de vídeo AMD Radeon Pro Vega II Duo. Claro, isso não sai barato.

Apple Mac Pro (2019) e Pro Display XDR

O Mac Pro tem duas versões: torre, para ser colocado na mesa ou abaixo dela; e rack, para ser encaixado em trilhos deslizantes de um gabinete. Elas têm preços iniciais de R$ 55.999 e R$ 59.999, respectivamente.

Como o Tecnoblog adiantou, o Mac Pro custa até R$ 438.399 na versão torre, e até R$ 439.199 na versão rack. Em ambos os casos, isso inclui o processador de 28 núcleos, 1,5 TB de RAM, SSD de 8 TB e duas placas de vídeo Radeon Pro Vega II Duo com 2×32 GB de memória cada. Os preços máximos também englobam a placa de aceleração de hardware Apple Afterburner.

Esses preços atingirão patamares ainda maiores: a Apple dará a opção de customizar o Mac Pro com a placa de vídeo AMD Radeon Pro W5700X.

Não fique assustado com esses preços: o Mac Pro definitivamente não é voltado para consumidores, e sim para empresas que lidam com tarefas pesadas de computação — renderização de vídeo 8K, por exemplo.

Apple Mac Pro Modelo básico Modelo mais caro (até agora)
Processador Intel Xeon W de 8 núcleos (3,5 GHz, 4 GHz em turbo) Intel Xeon W de 28 núcleos (2,5 GHz, 4,4 GHz em turbo)
RAM 32 GB 1,5 TB
Placa de vídeo AMD Radeon Pro 580X com 8 GB de memória GDDR5 2x Radeon Pro Vega II Duo com 2×32 GB de memória HBM2 cada
Armazenamento SSD 256 GB 8 TB
Apple Afterburner não sim
Base pé fixo (apenas versão torre) rodinhas (apenas versão torre)
Preço no Brasil, versão torre (preço nos EUA) R$ 55.999 (US$ 5.999) R$ 438.399 (US$ 53.799)
Preço no Brasil, versão rack (preço nos EUA) R$ 59.999 (US$ 6.499) R$ 439.199 (US$ 53.899)

Apple cobra R$ 200 mil por 1,5 TB de RAM no Mac Pro

Estes são os valores que a Apple cobra por cada upgrade do Mac Pro, seja na versão torre ou rack. A opção de 1,5 TB de RAM está disponível apenas em conjunto com o Intel Xeon de 24 ou 28 núcleos.

Processador:

  • Intel Xeon W de 8 núcleos (3,5 GHz / 4 GHz): (modelo básico)
  • Intel Xeon W de 12 núcleos (3,2 GHz / 4,4 GHz): + R$ 8.000
  • Intel Xeon W de 16 núcleos (3,2 GHz / 4,4 GHz): + R$ 16.000
  • Intel Xeon W de 24 núcleos (2,7 GHz / 4,4 GHz): + R$ 48.000
  • Intel Xeon W de 28 núcleos (2,5 GHz / 4,4 GHz): + R$ 56.000

RAM:

  • 32 GB de RAM: (modelo básico)
  • 48 GB de RAM: + R$ 2.400
  • 96 GB de RAM: + R$ 8.000
  • 192 GB de RAM: + R$ 24.000
  • 384 GB de RAM: + R$ 48.000
  • 768 GB de RAM: + R$ 112.000
  • 1,5 TB de RAM: + R$ 200.000

Placa de vídeo:

  • Radeon Pro 580X com 8 GB GDDR5: (modelo básico)
  • Radeon Pro Vega II com 32 GB HBM2: + R$ 19.200
  • 2x Radeon Pro Vega II com 32 GB HBM2 cada: + R$ 41.600
  • Radeon Pro Vega II Duo com 2×32 GB HBM2: + R$ 41.600
  • 2x Radeon Pro Vega II Duo com 2×32 GB HBM2 cada: + R$ 86.400

Armazenamento:

  • SSD de 256 GB: (modelo básico)
  • SSD de 1 TB: + R$ 3.200
  • SSD de 2 TB: + R$ 6.400
  • SSD de 4 TB: + R$ 11.200
  • SSD de 8 TB: + R$ 20.800

Adicionais:

  • Apple Afterburner: + R$ 16.000
  • Corpo com rodinhas (apenas versão torre): + R$ 3.200

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
19 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

Ralador???

DovahShy (@JustMonika)

Hmm… Acho que comprarei dois…

Matheus Alexandre (@matheusalexandre)

Deixe dois em estoque para mim, Apple. Darei um de presente para a minha mãe no seu aniversário.

Tiago Freitas (@tiago_fr)

Nem se eu colocasse a minha casa a venda eu conseguiria ter um desses. É uma baita máquina!
Mas tem gente que vai comprar e se sacrificar apenas pelo logo da maça.

Só ganhando na loteria ou ser um rico sem problemas com grana pra ter um desses em casa.

Lucas Blassioli (@olucaslab)

Você sabe que essa é LITERALMENTE uma máquina feita para profissionais?

Lucas Blassioli (@olucaslab)

Dá vontade ter um computador mais GB de RAM que eu tenho de armazenamento. Hahahah

Mas sério, é uma máquina profissional nos EUA até barata para o que ela faz, esses dias um amigo me mostrou que um monitor de referência da Sony com especificações menores que o Pro Display é o triplo de preço… Que uma workstation para animações 3D, coisa que o Mac Pro faz, da HP é 5000 USD a mais no modelo básico (e com menos RAM e Video)… ou seja, é raro dizer isso, mas a Apple está bem competitiva no mercado profissional.

Tiago Freitas (@tiago_fr)

Sei sim. Mas mesmo assim, eu compraria se eu fosse milionário. Quem é que não queria chegar em casa e ver uma belezinhas dessas no quarto.

Lucas Blassioli (@olucaslab)

Quem não queria né amigo hahahaha… Porém eu tento ser real e aceitar que isso é uma máquina pra empresas e profissionais, além de que o Linus já mostrou que ela não lida muito bem com jogos (pois não é o foco dela ne).

Lucas Blassioli (@olucaslab)

Vai fazer um banquinho?

@bkdwt

O tal “monitor pro” da Apple que ela na sua tremenda insanidade fez questão de dizer que era o melhor monitor “profissional” do mundo e ainda teve a audácia de compará-lo com um monitor da Sony que custa muito mais e é INFINITAMENTE superior?

Esse monitor “pro” da Apple nada mais é que um monitor overpriced pra Youtuber editar vídeos.

Lucas Blassioli (@olucaslab)

Marketing da Apple realmente pesa na mão do bom senso em muitas vezes, não vou negar que esse artigo é bem justo.

Fabio Torelli Júnior (@fabiotorellijr)

Ta barato po, vou comprar 1 so pra por na sala.

@bkdwt

Agora com relação ao computador comparado com a HP, eu concordo. Tava olhando a série Z8 da HP e valor realmente tá salgadinho pra caramba.

Lucas Blassioli (@olucaslab)

Eu estou num grupo de MacFags versos pessoal do Linux, foi um dia inteiro de comparação hahahaha

@bkdwt

Um exemplo: eu poderia muito bem montar uma Workstation da AMD pra botar o Mac Pro mais caro pra comer poeira, mas eu esbarro em uma limitação. As mobos para o threadripper no máximo suportam 256GB de RAM enquanto o Mac Pro suporta até 1.5TB.

Nesse caso eu teria que partir para os EPYC. Pegar uma workstation de uma empresa já facilitaria pra caramba as coisas. kkk

Exibir mais comentários