Início » Internet » Facebook libera a hemocentros ferramenta para doação de sangue

Facebook libera a hemocentros ferramenta para doação de sangue

Ferramenta permite a hemocentros recrutar voluntários para doação de sangue

Emerson Alecrim Por

A pandemia de coronavírus (Covid-19) fez o número de doadores de sangue diminuir sensivelmente em todo o Brasil. Para amenizar o problema, o Facebook anunciou a liberação de uma ferramenta que permite a hemocentros notificar pessoas que estejam cadastradas como doadoras na rede social.

De acordo com a companhia, todos os Hemocentros Coordenadores do Brasil (que respondem pelo abastecimento de sangue da rede pública de saúde) terão a ferramenta à sua disposição a partir desta semana. Até então, apenas 11 estados tinham acesso a esse sistema.

O Facebook explica que a ferramenta permite ao hemocentro não só recrutar voluntários para doação de sangue de forma simples e constante, como também compartilhar informações com a população sobre o assunto.

Facebook - doação de sangue

“Nossa intenção é ajudar para que, de um lado, as pessoas sintam-se seguras para doar sangue, e, de outro, os bancos consigam se conectar a doadores próximos e manter seus estoques estáveis”, explica Renata Gimenez, gerente de parcerias para impacto social do Facebook.

Para se cadastrar como doador de sangue na rede social, basta seguir as orientações desta página.

É importante estar ciente de que a doação de sangue segue alguns critérios. É preciso, entre outros requisitos, ter:

  • idade entre 16 e 69 anos
  • peso mínimo de 50 kg
  • boas condições gerais de saúde
  • ter dormido pelo menos 6 horas durante as últimas 24 horas

Gravidez, resfriado nos últimos sete dias, exames de endoscopia, colonoscopia ou rinoscopia nos últimos seis meses e tatuagens nos últimos 12 meses estão entre os impedimentos temporários para a doação.

Os hemocentros divulgam mais informações sobre critérios e impedimentos em seus sites ou canais nas redes sociais.

Para garantir a segurança dos doadores no momento atual, os hemocentros têm reforçando os cuidados. Na Fundação Pró-Sangue de São Paulo, por exemplo, os postos de doação foram redimensionados e o agendamento individual foi ampliado para diminuir o tempo de permanência do doador no local.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação