Início » Negócios » PayPal anuncia ações para ajudar lojistas na crise da Covid-19

PayPal anuncia ações para ajudar lojistas na crise da Covid-19

São medidas que podem trazer algum alívio para empresas que trabalham com PayPal

Emerson Alecrim Por

A crise causada pelo coronavírus (Covid-19) tem levado empresas do setor financeiro a adotar medidas para auxiliar clientes e parceiros em um momento tão delicado. É o caso do PayPal: nesta semana, a companhia anunciou algumas ações para apoiar lojistas brasileiros que trabalham com seus serviços.

São medidas pequenas, mas que podem ajudar o empresário a lidar com alguns contratempos. Começa pela isenção de tarifas de chargeback (cancelamento de vendas realizadas com cartão de crédito), válida para disputas abertas pelo cliente com o emissor do cartão até 30 de abril.

O PayPal ressalta, no entanto, que a isenção de chargeback só é válida para transações processadas por meio de contas do PayPal nas quais tarifas padrão são aplicadas. Transações negociadas ou baseadas em serviços de processamento externos ao PayPal não são elegíveis.

Outra medida é a prorrogação do período de resolução de disputas. Para solicitações feitas até 30 de abril, os lojistas terão 20 dias para respondê-las, o dobro do prazo normal.

Por fim, o PayPal anunciou a extensão do programa de proteção ao vendedor para cobertura de produtos intangíveis (como músicas, softwares e e-books). Esse programa ajuda o lojista a recuperar o dinheiro de transações contestadas indevidamente por compradores.

Aos lojistas interessados em obter mais detalhes sobre esses benefícios, o PayPal orienta que entrem em contato com o serviço via central de ajuda.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação