Início » Aplicativos e Software » iPadOS 14: as 5 melhores novidades para iPads em 2020

iPadOS 14: as 5 melhores novidades para iPads em 2020

O iPadOS chegou com novos widgets e a nova ferramenta Scribble para melhorar a experiência com a Apple Pencil

Paulo Barba Por

O sistema que ano passado deu um novo sentido aos iPads com a transformação do app Arquivos, suporte a armazenamento externo e até mouse, ganhou mudanças muito bem-vindas em 2020. Alguns apps foram redesenhados para utilizar todo o potencial da tela grande, a Apple Pencil ganhou uma experiência totalmente nova e os widgets estão cada vez mais importantes. Separamos as cinco melhores novidades do iPadOS 14.

10 melhores novidades do iPadOS 14 em vídeo

1. Widgets cada vez mais importantes

Widgets não são uma novidade para a Apple, eles fazem parte dos sistema há alguns anos. Mas, com o iPadOS 14, ganharam ainda mais destaque e tamanhos diferentes. No momento, os desenvolvedores poderão criar widgets em três tamanhos: pequenos, médios e grandes.

Diferente do iOS 14 no iPhone, não é possível adicioná-los à área de trabalho, eles permanecem fixos na lateral esquerda da tela. Uma explicação possível para isso é o fato de o iPad ter uma visualização em modo retrato e paisagem, o que poderia desalinhar os widgets na área de trabalho. Outra explicação pode ser a maneira como a Apple quer que o usuário interaja com os widgets no iPad: sempre na barra fixa lateral, nunca igual ao iPhone. Só saberemos em futuras versões.

2. Redesign de apps para iPad e a nova barra de busca

A Apple se orgulha em dizer que hoje a App Store conta com mais de 1 milhão de aplicativos feitos especialmente para o iPad. Com esse pensamento, alguns apps essenciais passaram por modificações para melhorar a experiência com a tela grande do iPad.

O app Fotos ganhou uma sidebar para acessar facilmente os álbuns, fotos favoritas, lugares e todas as opções que antes ficavam mais escondidas. O app Arquivos foi redesenhado, assemelhando-se ainda mais com o Finder do macOS. E mais: Música, Atalhos, Gravador, Calendário, Notas, Email, Contatos, todos ganharam uma nova sidebar para uma experiência mais unificada.

Falando em unificação, outra experiência emprestada do macOS foi a nova barra de busca que herdou as mesmas funções. De forma mais compacta, é possível buscar contatos, aplicativos, conteúdo dentro dos aplicativos, abrir links e fazer buscas na web. Além de estar mais rápida e de auto-completar as palavras enquanto são digitadas, é possível usá-la mesmo com outros apps abertos, bastando utilizar o atalho Cmd-Espaço, exatamente como no macOS.

3. Scribble e novidades no app Notas

Esta é sem dúvidas a maior novidade do iPadOS 14 e uma das mais necessárias para todos que usam o iPad sem case e apenas com a caneta. O Scribble é uma função feita para ser utilizada com a Apple Pencil. Em qualquer campo de texto você pode escrever à mão e a escrita é convertida em texto digitado.

Eu testei em português e funcionou muito bem — qualquer aplicativo pode utilizar essa função graças à paleta da Apple Pencil. Existe um pincel exclusivo para o Scribble que pode ser ativado a qualquer momento.

O app Notas está caminhando para ser uma das melhores opções para aqueles que estão sempre escrevendo à mão. Agora é possível interagir com as notas selecionando-as, alterando as cores e até movendo-as. Essa seleção se dá por aprendizado de máquina, já que o app consegue diferenciar um texto escrito de um desenho.

Para as notas digitadas, a Apple Pencil também ganhou interações. Basta riscar uma palavra para deletar ou fazer um círculo para selecionar. O app também faz reconhecimento automático de algumas formas. São elas:

  • Linhas
  • Curvas
  • Quadrado
  • Retângulo
  • Círculo
  • Oval
  • Coração
  • Triângulo
  • Estrela
  • Nuvem
  • Hexágono
  • Balão de pensamento
  • Seta delineada
  • Linha contínua com curvas de 90 graus
  • Linha com seta na ponta
  • Curva com seta na ponta

O app também reconhece datas que se convertem em um evento no calendário com apenas um clique. Também existe o reconhecimento de URLs, basta escrever um endereço como anotação e ele é transformado em link.

Outra novidade no app Notas, mas que por enquanto só funciona com o idioma do sistema configurado para inglês ou chinês, é a possibilidade de copiar textos escritos à mão em forma de texto digitado.

4. Escrevendo com a voz

Este ano a Apple fez melhorias também no reconhecimento de voz do teclado. Para quem usa o iPad sem acessórios ou para quem também não consegue escrever com a Apple Pencil por muito tempo, é possível ditar tudo o que precisa ser escrito. Segundo a Apple, o reconhecimento da fala vai melhorando de acordo com o uso e todo o processamento é feito localmente, totalmente offline, prevalecendo assim a privacidade do usuário.

Ainda sobre o teclado, um pequeno detalhe que antes ocupava muito espaço da tela e agora foi redesenhado é o menu popover que mostra os emojis de forma mais compacta, sendo ativado apenas quando você usa o iPad com um teclado.

5. Uma Siri minimalista

A assistente virtual da Apple nunca foi minha primeira opção na hora de tirar alguma dúvida ou configurar uma alarme, principalmente pela forma invasiva da interface antiga. No iPadOS 14, tudo está mais discreto e funciona muito bem em cima de outros apps. A resposta é mostrada de forma reduzida, mas em alguns casos é possível expandir e ler mais sobre o que você pesquisou.

Interface antiga da Siri:

Interface da Siri no iPadOS 14:

Quando chega o iPadOS 14?

O iPadOS ainda não tem data de lançamento, mas podemos esperá-lo para meados de setembro junto com os novos iPhones. O novo sistema terá suporte para os seguintes modelos de iPad:

  • iPad Pro (1ª, 2ª, 3ª e 4ª geração)
  • iPad Pro 10.5″
  • iPad Pro 9.7″
  • iPad (7ª geração)
  • iPad (6ª geração)
  • iPad (5ª geração)
  • iPad mini (5ª geração)
  • iPad mini 4
  • iPad Air (3ª geração)
  • iPad Air 2

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eliézer José (@eliezerjose)

Até quando a Apple ousa ela é conservadora. Eu achei bem legais os widgets, mas o que me incomoda bastante na home do iOS é ainda não poder deixar os ícones soltos, ou seja, eu poder arrastá-los pra onde quiser, deixando espaços vazios.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

A Apple se preocupa com a consistência que oferece. Todos terem a mesma experiência. Sempre relutou em dar essa pequena liberdade, com o iOS 14 ela abriu a porta mas ainda controla a consistência. Faz parte da linguagem de marketing da Apple um iPhone se parecer iPhone.

Ela poderia deixar o usuário fazer o que quiser ? Poderia. Mas isso arruinaria a experiência. Ela perderia o controle da linguagem visual do sistema. Cada pessoa teria um aparelho diferente e acabaria fazendo o iPhone ser só mais um. Nada é por acaso, tudo tem um motivo. E muitos deles nem saberemos.

Rychillie 🦄 (@rychillie)

eu achei muito legal o fato da Apple trazer a possibilidade de usar Mouse e teclado de forma nativa nos games, não foi muito comentado pois pelo jeito a galera só assiste a abertura do evento não o resto. Mas segue o Link para quem quiser dar uma olhada, vejo muitas possibilidades na area de desenvolvimento de games nas plataformas da Apple.