Início » Jogos » Epic processa Google após banimento de Fortnite na Play Store

Epic processa Google após banimento de Fortnite na Play Store

Download de Fortnite para Android não está mais disponível no Google Play; jogo também foi banido da App Store para iPhone

Paulo Higa Por

A Epic Games abriu um processo contra o Google na noite desta quinta-feira (13) após ter seu jogo Fortnite para Android banido da Play Store. O Google alega que todos os desenvolvedores precisam seguir as mesmas regras e pagar a taxa de 30% para compras dentro de aplicativos. Já a dona do battle royale afirma que as restrições impostas pelo Google constituem um monopólio.

Fortnite / Epic Games (Foto: Divulgação)

O processo da Epic Games, divulgado em um PDF de 63 páginas, argumenta que o Google cobra uma taxa “exorbitante” de 30% sobre qualquer transação feita dentro de aplicativos, comissão que chega a ser “dez vezes maior” que em outras soluções de pagamento. Segundo a dona de Fortnite, o Google “impõe restrições anticompetitivas” e não dá aos usuários a possibilidade de compras diretas, com preços menores.

Fortnite no Android chegou primeiro fora do Google Play

A desenvolvedora também abriu um processo semelhante contra a Apple e a App Store, mas o caso contra o Google é mais complicado porque o Android permite a instalação de aplicativos por meios externos. Fortnite, inclusive, estava disponível apenas para download no site da Epic Games nos primeiros meses e só chegou à Play Store em abril de 2020.

Ainda assim, na época do lançamento de Fortnite no Google Play, a Epic reclamou das restrições do Google, que “coloca em desvantagem o software para download fora do Google Play, por meio de medidas técnicas e comerciais, como pop-ups assustadores e repetitivos de segurança para software baixado e atualizado, acordos e transações restritivas de fabricantes e operadoras”.

Em comunicado, o Google confirma o banimento do jogo na principal loja de aplicativos do Android: “Embora Fortnite permaneça disponível no Android, não podemos mais disponibilizá-lo na Play Store porque viola nossas políticas. No entanto, deixamos em aberto a possibilidade de continuar nossas discussões com a Epic e trazer Fortnite de volta ao Google Play”.

O Google ressalta que Fortnite ainda pode ser baixado por outros meios. “O ecossistema aberto do Android permite que os desenvolvedores distribuam apps por meio de múltiplas lojas de apps. Para os desenvolvedores de jogos que optarem por usar a Play Store, temos políticas consistentes que são justas para desenvolvedores e mantêm a loja segura para os usuários”, diz a empresa.

Com informações: The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Edilson Junior (@Edilson)

Contra o Google é mais difícil da Epic ganhar, já que dá pra instalar por fora da Google Play. Agora a Apple é realmente mais fácil de conseguir pressionar.

² (@centauro)

Fortnite não ficou fora do Google Play por um tempo, lá no começo, por causa desse imbróglio de pagamento também?

Thiago Passos (@Burnerman_X)

De 70% de receita para 0%. Tenho dúvidas se foi uma estratégia inteligente.

Maycon Cruz (@MikeCross)

Acho que a Epic só processou a Google também apenas pra mostrar serviço e evitar que comentem que a ação dela está sendo unilateral. Quando isso não der em nada, a Epic simplesmente vai viver com isso, já que o Android permite sideload de aplicativos, fazendo o sistema operacional ter sim a opção de não depender da benção da Google pra tudo.

Já a Apple, essa sim anda em águas quentes. Há quem diga que quem não quer limitações, que abandone o iPhone como um todo, mas sabemos bem que ainda vivemos acostumados com o “Padrão Windows”, aonde ainda somos livres pra usar o ecossistema sem o viés de serviços, no que a Apple promove.

LekyChan (@LekyChan)

Se a Apple não quiser seguir as leis dos EUA, ela que mude de país.

Arthur Soares (@arthursoas)

Essas taxas de loja de aplicativos são ridículas. Como um desenvolvedor vai ganhar dinheiro pagando 30% pra loja. Tomara que a epic ganhe para essas empresas deixarem de meterem a mão desse jeito.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Oferecendo um bom aplicativo/serviço. Se fizer um bom trabalho vai prosperar e ganhar por volume. Já que está em uma plataforma que te permite estar na mão de bilhões de pessoas, basta as pessoas verem valor no teu trabalho.

Um desenvolvedor iOS ganha 4X mais que na playstore em média.

João M. (@RonDamon)

Ela teve a mesma birra com a Steam, lançou a loja dela mais capada que serviço público e continua na sombra da steam mesmo dando um monte de jogo grátis. Se tivessem investido a grana gasta pagando dev pra exclusividade e jogo grátis já teriam uma loja bem avançada e provavelmente a steam perdido um monte de usuários.

João M. (@RonDamon)

A EGS tem financiamento de várias empresas, como a Tencent. Não tem nenhum motivo pra loja ser tão mal desenvolvida assim…