Início » Computador » Kingston lança SSDs KC2500 de até 2 TB para PC gamer no Brasil

Kingston lança SSDs KC2500 de até 2 TB para PC gamer no Brasil

Voltados ao público gamer, SSDs Kingston KC2500 têm padrão M.2 e alto desempenho; preços passam de R$ 5 mil (versão de 2 TB)

Emerson Alecrim Por

Nesta sexta-feira (21), a Kingston Technology lançou oficialmente quatro novos SSDs no Brasil voltados a jogadores (principalmente), entusiastas e usuários corporativos: trata-se da linha KC2500 nas versões com 250 GB, 500 GB, 1 TB e 2 TB de armazenamento. Todas têm formato M.2 (2280) e interface PCI Express 3.0 com NVMe.

A Kingston faz questão de destacar que os SSDs KC2500 são baseados na especificação NAND TLC (Triple-Level Cell), que indica que seus chips contam com células que armazenam três bits. Neste ponto, vale recapitular as diferenças entre SLC, MLC, TLC e QLC:

  • SLC (Single-Level Cell): 1 bit por célula
  • MLC (Multi-Level Cell): 2 bits por célula
  • TLC (Triple-Level Cell): 3 bits por célula
  • QLC (Quad-Level Cell): 4 bits por célula

A indústria também já fala em PLC (Penta-Level Cell), especificação que suporta cinco bits por célula. Só que essa é uma tecnologia que ainda está em fase embrionária, por assim dizer.

SSD Kingston KC2500

O que interessa aqui é que o TLC é uma das especificações que permitem à linha KC2500 chegar a até 2 TB de capacidade. Contribui para isso o uso de chips com 96 camadas de células do tipo.

A velocidade de leitura sequencial de dados é de até 3.500 MB/s (megabytes por segundo). Já a taxa de gravação sequencial varia conforme a capacidade de armazenamento:

  • KC2500 de 250 GB: até 1.200 MB/s
  • KC2500 de 500 GB: até 2.500 MB/s
  • KC2500 de 1 TB: até 2.900 MB/s
  • KC2500 de 2 TB: até 2.900 MB/s

Outras características incluem criptografia AES de 256 bits (por hardware), leitura aleatória de até 375.000 IOPS, gravação aleatória de até 300.000 IOPS e MTBF (sigla em inglês para Tempo Médio Entre Falhas) de 2 milhões de horas.

Os números também são generosos nos preços. Na KingstonStore, os valores são estes (é possível encontrar preços “menos ruins” em lojas como Kabum):

  • KC2500 de 250 GB: R$ 944,40
  • KC2500 de 500 GB: R$ 1.646,60
  • KC2500 de 1 TB: R$ 2.953,10
  • KC2500 de 2 TB: R$ 5.729,50

Todas as versões dos SSDs Kingston KC2500 têm garantia de cinco anos.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
11 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João Luiz G (@Joao_Luiz_Gomes_Silv)

Comprei um Adata XPG Pro de 1Tb com as mesmas velocidades por 700,00 no começo do ano. Loucura os preços hoje

Eu (@Keaton)

Impressão a minha ou a Kingston perdeu o juizo de vez? 250 GB por 945 desvalorizados?

O M.2 Adata XPG SX6000 de 1TB (Leitura 2100MB/s/Gravação 1500MB/s) tá saindo por 870~1050 na loja que não gosta da extensão do Tecnoblog…

Schio ☭ (@Sckillfer)

Qual loja que não gosta? hahah É por fazer metade do dobro?

² (@centauro)

Se não me falha a memória, é a loja da explosão.
Não gosta porque a extensão não funciona no site, mas parece que é um problema que afeta outras extensões também, não só o do TB.

Eu (@Keaton)

Nah, a loja é excelente… mas lembra que o dolar fez o preço de tudo disparar?

Eu (@Keaton)

Pelo que diziam antes, era mais para não assustar os consumidores com o aumento absurdo que eles tiveram de colocar devido ao dolar…

Danílio Costa da Silva (@Daniliocs)

Setor de eletrônicos no Brasil é mesmo ridículo. Por isso comprei um SSD de 256GB da Asgard no Aliexpress por 200 reais: IMG_20200822_1013401599×1789 1.39 MB

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Temos um efeito em cascata ai, aumenta o preço base, aumenta os curtos de logísticas (principalmente seguro de carga), aumenta o lucro (mesma margem mas valor unitário maior), aumentam os impostos.
Mas também tem o efeito oferta e procura, no inicio da pandemia no brasil ouve um desabastecimento desses itens, isso pressiona o presso pra cima, com o tempo e a demanda do mercado sendo abastecida essa pressão volta ao normal, então mesmo que o dólar se mantenha alto como agora, a tendencia é dos preços baixarem um pouco e voltarem ao lugar normal deles.

Bruno Cabral Peixoto (@Bruno_Cabral_Peixoto)

SSD é assim, quem comprou comprou, quem não comprou não compra mais.
Antes achava-se SSD 1 TB a bom preço, agora é praticamente impossível.
Meu ultimo Samsung EVO 970 480 GB, paguei 600 R$, agora tá 1.000 R$.

Bruno Cabral Peixoto (@Bruno_Cabral_Peixoto)

Pra economizar espaço no meu SSD 480 GB, eu meti uma compressão nele.
Screenshot_20200823_2033451920×1080 282 KB

Eu (@Keaton)

Ah… eu vou dar uma de Miguel WIlbert e comprar os chineses mesmo. hahaha

Bruno Cabral Peixoto (@Bruno_Cabral_Peixoto)

É o jeito. Eu não vou substituir os meus tão cedo. Até pq a compressão ajudou a economizar um bom espaço.

@RODRIGO

SSDs chineses SATA ou M.2 não são ruins; possuem enorme custo-benefício do mercado!

Eu (@Keaton)

Tu já testou algum para dizer que não são ruins ou está só falando que são ruins porque são baratos? Porque se for a segunda opção, é bobagem. Cansei de pegar coisa chinesa descartável, até mesmo na área de informática. E prefiro não dar chance pra perda de dados… :I

² (@centauro)

SSD de marca chinesa é só pra arquivo que você não se importa em perder.

Exibir mais comentários