Início » Jogos » 10 jogos de RPG com ótimas histórias [PS4, Xbox One, Switch e PC]

10 jogos de RPG com ótimas histórias [PS4, Xbox One, Switch e PC]

Lista traz alguns dos games com as histórias mais inesquecíveis dos RPGs para consoles e PC

Vivi Werneck Por

RPG ou Role-Playing Game é um gênero que surgiu há décadas, na época de ouro de Dungeons & Dragons e outros jogos para juntar os amigos e encarnar personagens, enquanto um mestre narrava os desafios a enfrentar. Ao migrar para o digital, os jogos de RPG ganharam um apelo visual único, mas sem perder a essência focada na história, construção de personagens e upgrades de habilidades, equipamentos e etc.

the witcher 3

A ideia desta lista é reunir alguns jogos de RPG para PC, Xbox One, Switch e PS4 já lançados e que tenham forte apelo na narrativa. Como se trata de uma seleção pessoal, é claro (e mais que natural) que você possa não concordar com tudo ou achar que falta algo. Por isso, te convido a preencher essa lista comigo nos comentários.

Jogos de RPGs com ótimas histórias

A lista está em ordem alfabética. Os números não indicam um grau de importância maior ou menor em relação ao outro título. É só para organizar mesmo.

1. A Plague Tale: Innocence (PC, PS4 e Xbox One)

A Plague Tale Innocence

A Plague Tale: Innocence faz clara alusão à Idade Média na Europa, no auge da Inquisição e arrasada pela peste negra. Nesse universo hostil, você acompanhará a história de coragem da jovem Amicia de Rune.

De família nobre, ela vê sua casa ser invadida pelo exército inglês, que mata a todos pelo caminho. Ao perder tudo o que conhecia, só lhe resta proteger seu pequeno irmão Hugo, que sofre de uma doença misteriosa, e tentar buscar ajuda.

2. Divinity: Original Sin 2 (PC, PS4, Xbox One e Switch)

Divinity-Original-Sin-2

Divinity: Original Sin 2 é um RPG estratégico massivamente baseado em narrativa e escolhas. Resumindo: o lore é imenso e há muito o que ler e explorar. O melhor é que todos os diálogos são também falados. A riqueza da história, opções e consequências me lembrou muito da época do maravilhoso Neverwinter Nights (que recomendo também).

A história desta sequência segue os acontecimentos do primeiro título. As Divindades estão mortas. Seres da escuridão se aproximam. Um enorme poder ainda desconhecido está começando a despertar dentro de você. Será que o mundo precisa de uma nova Divindade? Quem deverá ascender? Será que se pode mesmo confiar nos companheiros?

3. Dragon Age: Origins (PC)

Dragon-Age-Origins

Dragon Age: Origins é o primeiro jogo da série Dragon Age da BioWare e, sinceramente, o melhor de todos até então. A grande sacada da narrativa é que toda a história se molda de acordo com a sua origem, ou seja, com a escolha de raça e situação social que você escolhe ao montar seu personagem.

Com vários NPCs cativantes, você é um Grey Warden e faz parte de uma ordem de guerreiros com habilidades incríveis e que dedicam suas vidas para lutar contra os darkspawn, que infestam a região de Thedas. Seu herói irá se aventurar pelo mundo a fim de exterminar a Blight, além de fazer algumas alianças inusitadas pelo caminho.

4. Final Fantasy VII – Remake (PS4)

final fantasy vii remaster

O Final Fantasy VII original (1997) é tido como um dos jogos mais marcantes de todos os tempos, mesmo ele não sendo o preferido de todos os fãs da franquia da Square Enix. Você é o mercenário Cloud e com a ajuda dos amigos, que faz pelo caminho, precisa impedir que Shinra acabe com toda a essência de Gaia.

O Remake, que mostra os acontecimentos da primeira parte da história, se passa na cidade capital de Midgar. Neste local também se encontra a base de operações da Shinra, uma gigantesca e poderosa companhia de energia que usa o Lifestream, substância etérea responsável pela vida no planeta do jogo (Gaia), para alimentar seus reatores.

5. Kingdom Hearts II (PS4 e Xbox One)

Kingdom-Hearts-2

Kingdom Hearts II melhorou vários aspectos do primeiro jogo, como o controle da câmera de combates. O game também tem uma das melhores seleções de mundos da Disney, incluindo algumas escolhas inusitadas como Piratas do Caribe e Tron.

A história apresenta personagens inéditos que marcaram, a exemplo de Roxas e Namine, além de mudar para sempre o mundo de Kingdom Hearts, aprofundando a narrativa.

6. Mass Effect – Trilogia Shepard (PC, PS4 e Xbox One)

Mass-Effect

É difícil desassociar qualquer game da trilogia Shepard de Mass Effect e escolher apenas um, já que as narrativas se encaixam bem (mesmo que o final de Mass Effect 3 não tenha agradado a todos).

Na história, de temática espacial em que a humanidade passa a explorar outros planetas e se relacionar (para o bem ou para o mal) com raças alienígenas, você é o(a) Comandante Shepard e a bordo da nave Normandy precisará impedir que várias ameaças acabem com o equilíbrio do universo e destruam a Citadel. O lore do jogo é envolvente e o carisma dos personagens são o ponto alto para garantir a imersão.

7. Ni No Kuni: Wrath Of The White Witch (PC, PS4, Xbox One e Switch)

ni-no-kuni

A primeira coisa que chama atenção em Ni No Kuni é a direção de arte lindíssima. E não para menos: as cenas de animação do jogo foram feitas pelo Studio Ghibli. Todo o estilo da arte também é inspirado nas produções desse estúdio japonês.

Na história, você controla Oliver, um garotinho que parte numa jornada (em uma terra mística) para salvar sua mãe. Oliver encontra vários aliados pelos caminho, além de inimigos poderosos, mas jamais deixa de ter ao lado seu fiel conselheiro e protetor: a fada Drippy (é ele, mas não me lembro se “fada” tem masculino).

8. Tales of Vesperia (PC, PS4, Xbox One e Switch)

tales-of-vesperia

Para alguns fãs, Tales of Vesperia é considerado um dos melhores jogos da série da Bandai Namco. Não é por acaso. O protagonista Yuri Lowell ajuda bastante nesta concepção de ideia, por ser um personagem bem construído e que foge de alguns padrões do estilo JRPG.

Isso combinado a bons gráficos e uma história cheia de surpresas a cada nova cena, o que tornam o jogo uma opção excelente. Ele ficou exclusivo do Xbox 360 no ocidente durante muitos anos, e só de maneira mais recente ganhou versões remasterizadas no Switch e PS4.

9. The Elder Scrolls V: Skyrim (PC, PS4, Xbox One e Switch)

skyrim

Skyrim, que hoje em dia dizem que roda até em torradeira, é certamente um marco de vendas e sucesso para a Bethesda. Quando foi lançado, em 2011, veio com a missão de superar o universo construído de TES IV: Oblivion (que também recomendo jogar).

A história de TES V se passa 200 anos após os acontecimentos de Oblivion na província de Skyrim, que faz parte do reino de Tamriel. Você é um Dovahkiin, ou DragonBorn, um herói que apareceu em profecias e é dotado de incríveis poderes de dragões. Esse herói é o único capaz de deter Alduin (um dragão ancestral) e salvar Tamriel.

10. The Witcher III – Wild Hunt (PC, PS4, Xbox One e Switch)

the-witcher-3-wild-hunt

O game The Witcher III – Wild Hunt é inspirado na série de livros do autor polonês Andrzej Sapkowski. Desenvolvido pela CD Projekt Red, você assume o controle de Geralt of Rivia – um dos últimos Witchers (caçadores de monstros) que ainda existem no Continente.

Em Wild Hunt, você se envolve em uma série de tramas políticas que abordam conquistas de outros territórios, imposição e perseguição religiosa, preconceito e (claro) caçar muitos monstros. Tudo isso enquanto Geralt busca por Ciri, sua “filha adotiva” e que é muito mais poderosa do que aparenta ser.

Colaborou: Felipe Vinha

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Jeronimo (@TiagoJL)

Vale a pena jogar o primeiro Divinity: Original Sin ou melhor partir logo pro 2?

@ViviWerneck

Então… Eu comecei pelo 2 (por indicação de um amigo). Dá pra entender a história de boas, fora as melhorias técnicas. Mas super vale jogar o primeiro também. Ambos os jogos vão te consumir um bom tempo, então vai sem pressa. Vale a pena.

imhotep (@imhotep)

Skyrim - saudade!
The Witcher III tb me marcou.

Aliás, eu sou, como diz o Jovem Nerd, um véi paia e aprendi inglês jogando RPG de mesa e de video-game, lendo tudo com um dicionário do lado…