Início » Internet » Amazon Sidewalk usará alto-falante Echo para “Wi-Fi comunitário”

Amazon Sidewalk usará alto-falante Echo para “Wi-Fi comunitário”

Rede do Amazon Sidewalk deve conectar sensores, lâmpadas e rastreadores e funcionarão na frequência de 900 MHz

Lucas Braga Por

A Amazon divulgou mais detalhes sobre o Amazon Sidewalk, uma rede sem fio dedicada para Internet das Coisas com promessa de alcance maior que o Wi-Fi doméstico. A companhia irá utilizar auto-falantes Echo para levar conectividade a sensores, rastreadores e outros dispositivos inteligentes que funcionarão fora das casas dos usuários.

Funcionamento da rede Amazon Sidewalk

A rede Sidewalk será compartilhada e pode ser útil para dispositivos de Internet das Coisas, sobretudo localizadores – o rastreador Tile será compatível com a plataforma. Os exemplos citados pela Amazon incluem conectividade para lâmpadas e sensores, como uma caixa de correio inteligente que avisa quando há uma nova carta ou detector de umidade para jardins.

As caixas Amazon Echo e as campainhas inteligentes Ring serão importantes na construção dessa rede e passarão a emitir o sinal do Sidewalk. Ainda não há data prevista para isso acontecer, mas os proprietários desses dispositivos serão comunicados até o final do mês com esclarecimentos da nova funcionalidade.

Amazon Sidewalk funciona com frequência de 900 MHz

O Amazon Sidewalk funcionará numa banda de 900 MHz, bem mais baixa que os tradicionais 2,4 GHz e 5 GHz utilizados por roteadores Wi-Fi – quanto menor a frequência, maior a penetração de sinal. A intenção da empresa é cobrir calçadas e áreas externas com custo baixo, criando uma enorme rede mesh para dispositivos que consomem pouca energia e têm baixo consumo de dados.

A Amazon diz que a rede é segura e utiliza três camadas de criptografia para proteger os dados trafegados. Donos de produtos compatíveis poderão desativar o recurso se quiserem, sem causar impactos no funcionamento. A empresa também esclarece que irá estabelecer limite de velocidade de 80 kb/s e tráfego mensal de até 500 MB, para que os dispositivos não atrapalhem o desempenho da conexão de banda larga do cliente.

A estratégia da Amazon é similar ao Apple Buscar, que é capaz de encontrar dispositivos offline graças à uma rede Bluetooth comunitária e criptografada formada por iPhones, iPads e Macs. A funcionalidade também lembra a rede Wi-Fi da Claro/NET, que se aproveita de modens instalados nas casas dos clientes de banda larga fixa para fornecer hotspots de internet em toda a cidade para assinantes da operadora.

Com informações: Amazon

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação