Testamos Gadgets

Review Amazon Echo Show 15: a Alexa da família

Amazon Echo Show 15 é uma tela smart de 15,6 polegadas, com Alexa integrada, Bluetooth e câmera de 5 MP

Darlan Helder
Por
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

De fone de ouvido a tela giratória para a sua sala de estar. Nos últimos anos, em seu portfólio, a Amazon vem testando muitas formas de incluir a Alexa no dia a dia da pessoa. Desta vez, a grande estrela é o Amazon Echo Show 15, dispositivo que vem para reforçar essa ideia de ter um assistente virtual sempre disponível para o seu lar. 

O produto da Amazon é uma mistura de vários outros produtos: TV, quadro virtual, tablet, telefone, além de ser um hub para a sua casa conectada. Ele tem uma tela sensível ao toque de 15 polegadas, alto-falante integrado, câmera e Bluetooth. Será que vale pagar quase R$ 2 mil? Nós testamos o Echo Show 15 para descobrir. 

Análise do Amazon Echo Show 15 em vídeo 

Aviso de ética 

O Tecnoblog é um veículo jornalístico independente que ajuda as pessoas a tomarem sua próxima decisão de compra desde 2005. Nossas análises não têm intenção publicitária, por isso ressaltam os pontos positivos e negativos de cada produto. Nenhuma empresa pagou, revisou ou teve acesso antecipado a este conteúdo. 

O Echo Show 15 foi fornecido pela Amazon por doação e não será devolvido à empresa. Para mais informações, acesse tecnoblog.net/etica

Design de quadro do Echo Show 15 é bem legal 

Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Partindo do visual, nas imagens de divulgação, o Echo Show 15 parece ser um dispositivo grande. Mas, em visita à sede da Amazon, quando eu tive o meu primeiro contato com o produto, foi possível constatar que as dimensões são bem reduzidas: na vertical, ele tem 40 centímetros de altura e de largura são 25 centímetros. 

O que mais chama atenção é que o produto se assemelha a um quadro com moldura; não à toa a Amazon disponibiliza algumas imagens artísticas para serem ativadas quando a tela não está em uso. Mais para frente falaremos dessa função. 

Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O Echo Show 15 foi projetado para ficar preso na parede, na altura dos olhos e em áreas estratégicas da casa, como num corredor ou na cozinha, para fazer parte do dia a dia da família. Pensando nisso, a Amazon já envia acessórios de fixação, como suporte, buchas e parafusos. 

O único problema é que a empresa não pensou numa solução para esconder o fio de alimentação. Sendo assim, ele sempre ficará exposto.  

Echo Show 15 (imagem: divulgação/Amazon)
Echo Show 15 (imagem: divulgação/Amazon)

Para quem preferir, assim como o Echo Show 10, a tela também pode ficar em um móvel, como mesa de centro ou balcão. Entretanto, o suporte para essa configuração, que recebemos para este review, é vendido separadamente e custa R$ 149 (o inclinável) e R$ 199 (o giratório). 

Tela smart é sensível ao toque e pouco fluida  

Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A tela de 15,6 polegadas do Amazon Echo Show 15 é do tipo LCD com resolução Full HD (1080p). Essas configurações logo entregam que você não encontrará uma vivacidade próxima do OLED nem definições impressionantes. Ainda que seja possível assistir a streaming no produto, ele não foi desenvolvido exclusivamente para isso. 

Mesmo assim, não deixa de ser uma solução legal. Para quem pretende cozinhar e prestar atenção mais no áudio de um filme ou série, basta abrir a Netflix ou o Prime Video, e dar play.  

Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A tela é sensível ao toque e o tempo de resposta apresenta um certo delay. No dia a dia, não é algo que vá incomodar, até porque você pode usar a Alexa por comando de voz. E essa pode ser uma boa alternativa caso queira consultar rapidamente alguma informação. 

Para facilitar a interação no cotidiano, o sistema do Echo Show 15 pode ser personalizado com widgets. Por aqui, nós deixamos hora e temperatura, lista de compras, recomendações do Amazon Music e favoritos com dispositivos de casa inteligente

Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Quando ocioso, um comando transforma o gadget em quadro, exibindo obras artísticas que mudam de tempo em tempo. Você também pode importar a imagem do Facebook ou qualquer outra foto da galera do seu smartphone. 

Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Os alto-falantes do Echo Show 15 ficam na traseira. Em volume eles são bem altos, mas em qualidade de áudio, a sonoridade não é tão fiel quanto a do Amazon Echo de 4ª geração e do Echo Studio. Quase não há graves e são os médios e agudos que dominam o tempo todo. 

Para conversar com seus contatos que têm algum Echo em casa, a Amazon incluiu uma câmera de 5 megapixels na tela inteligente. Apesar de ter todos os componentes necessários para a realização de uma videochamada com a família, falta integração com os aplicativos dedicados para isso, como Zoom, Google Meet e Microsoft Teams

Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Mas a melhor funcionalidade dessa câmera é o reconhecimento facial (ou ID visual), que ao identificar o usuário cadastrado que passou na frente, o display exibe informações personalizadas para aquela pessoa. 

Nos meus testes, o ID visual não foi tão eficiente como eu esperava. Por exemplo, os lembretes que eu criava para mim, às vezes, eram mostrados para outro membro da minha família; em outras situações, a Alexa não alertava a minha irmã quando eu deixava recados para ela. 

Alexa é a grande estrela do software do Amazon Echo Show 15 

Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O sistema operacional do Echo Show 15 está otimizado para rodar tanto na vertical como na horizontal. Não há muitos widgets embarcados, porém aqueles disponíveis já são bem úteis. E, com eles ali sempre visíveis na tela inicial, não há a necessidade de ativar a Alexa por voz o tempo todo.  

A interface recebeu uma central de controles e a interatividade é bem completa. Eu posso acessar as configurações da tela smart, ativar o modo não perturbe, ajustar brilho, ler notificações e visualizar o menu com todos os meus dispositivos de casa inteligente. 

Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A lista de aplicativos disponíveis já no sistema é bem reduzida, com apenas Netflix e Prime Video. Nos Estados Unidos, também é viável assistir a conteúdos do Hulu. O Echo Show 15 ainda traz YouTube e TikTok, porém não há um app nativo e eles são abertos diretamente no navegador da Amazon.  

Outro caminho para ter acesso a mais recursos é instalando skills e, nessa área, a Amazon se sobressai. Em nossa unidade de teste, foi possível instalar o Apple Music, Spotify, a Skill do Xbox, do icônico Akinator e escutar as notícias mais recentes do Tecnoblog

App Alexa para configurar o Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
App Alexa para configurar o Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

E, claro, por comando de voz, é viável controlar qualquer dispositivo de casa inteligente compatível com o assistente da Amazon. Estamos falando de lâmpadas, robôs aspiradores, televisores, ares-condicionados, cafeteiras e mais. 

Em conectividade, o Echo Show 15 é completo. Ele tem Bluetooth, o que me permitiu conectar um fone de ouvido, e o Wi-Fi é dual-band, então dá para conectar a tela a redes de 2,4 ou 5 GHz. 

Amazon Echo Show 15: vale a pena? 

Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O Echo Show 15 não é uma evolução do Echo Show 10. Todos os pontos negativos do modelo com tela que acompanha o usuário podem ser identificados neste modelo maior. A grande diferença é que o Echo Show 15 tem uma proposta clara: ser uma tela smart para o dia a dia familiar e, para esse objetivo, ele acaba valendo a pena. Mas só para essa finalidade, mesmo. 

Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Echo Show 15 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Se você está disposto a desembolsar os R$ 1.800 que a marca pede, é muito importante estar ciente dos pontos apresentados aqui. Ainda que tenha dois apps populares de streaming, a experiência será melhor na sua televisão; o sistema não é tão rápido, mas é aceitável para um dispositivo que não promete entregar a experiência de tablet. E o ID Visual é legal, porém ele precisa ser aprimorado. 

A Alexa como assistente pessoal é o que torna a brincadeira interessante: ela funciona, e funciona bem. Se você está no ecossistema da Amazon e sente falta de uma experiência sólida para fins familiares, o Echo Show 15 pode ser um investimento certo. Se não for o seu caso, eu não vejo sentido em ter esse dispositivo em casa. 

Darlan Helder

Jornalista

Darlan Helder é jornalista e escreve sobre tecnologia desde 2019. Já analisou mais de 200 produtos, de smartphones e TVs a fones de ouvido e lâmpadas inteligentes. Também cobriu eventos de gigantes do setor, como Apple, Samsung, Motorola, LG, Xiaomi, Google, MediaTek, dentre outras. Ganhou menção honrosa no 15º Prêmio SAE de Jornalismo 2021 com a reportagem "Onde estão os carros autônomos que nos prometeram?", publicada no Tecnoblog. 

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque