Início » Finanças » Como excluir ou fazer portabilidade de chaves do Pix

Como excluir ou fazer portabilidade de chaves do Pix

Cadastrou errado ou demais? Saiba como excluir ou fazer portabilidade das chaves do Pix, se quiser levá-las para outra conta

Lucas Lima Por

As chaves do Pix começaram a ser cadastradas em 5 de outubro de 2020 e a disputa entre os bancos para ver quem fica com a melhor chave só começou: haja sorteios, pontos e outros prêmios que algumas instituições passaram a oferecer. Vale lembrar que nenhuma chave cadastrada é definitiva. Portanto, saiba como excluir ou fazer a portabilidade das suas chaves do Pix.

Pix (Imagem: Divulgação/Banco Central)

Pix (Imagem: Divulgação/Banco Central)

Por que a portabilidade das chaves do Pix?

Chaves do Pix são únicas e não podem ser vinculadas a mais de uma conta bancária. Dessa forma, se o CPF já está sendo usado como identificação para pagamentos e transferências em um banco, o mesmo documento não pode ser vinculado a outra instituição.

Aí que entra a portabilidade: o cliente pode solicitar a transferência da chave para outro banco, desde que confirme a propriedade do documento, telefone ou e-mail. Esse procedimento é importante para garantir liberdade aos usuários, caso alguém queira encerrar a conta ou deixar de usar determinado banco.

O Banco Central disse que monitora e supervisiona o processo de cadastro de chaves do Pix, para evitar irregularidades ou inscrições sem conscientização do cliente. No entanto, já houve relatos do Mercado Pago e Nubank terem cadastrado seus clientes sem autorização prévia.

Além da portabilidade, há a reivindicação de chave. É um procedimento parecido, mas ocorre quando alguém cadastra uma chave que pertence a um terceiro. Quando um usuário solicita a reivindicação de chave, aquele que cadastrou tem sete dias para comprovar a posse da chave.

Pix no aplicativo (Imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Pix no aplicativo (Imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

O que acontece se excluir uma chave?

Toda chave é cadastrada no DICT (Diretório de Identificadores de Contas Transacionais) do Banco Central. Ao excluir uma delas, ela simplesmente de estar registrada nesse banco de dados e vinculada a uma instituição bancária.

Para apagar uma chave

O processo para excluir uma chave do Pix é semelhante, seja qual for o banco ou fintech que esteja usando. Eu simulei as etapas em quatro bancos e um aplicativo de pagamentos e em todos esses casos, o caminho geral foi:

  1. Acessar o aplicativo do banco ou fintech em qual deseja excluir a chave;
  2. Selecionar a opção do Pix, para exibir a lista de chaves (normalmente fica na tela inicial ou na aba de configurações);
  3. Tocar no botão de menu ao lado da chave ou escolher a opção “selecionar” e em seguida tocar na chave;
  4. Tocar na opção de excluir.

É isso, sem truques ou opções escondidas.

Como fazer a portabilidade

Se quiser levar a chave para outra conta, é tão simples quanto cadastrar ou apagar:

  1. Vá para a opção do Pix, no app do banco ou fintech para o qual deseja levar a chave;
  2. Escolha a opção de cadastrar uma nova chave;
  3. Selecione a chave que deseja trazer e preencha as informações necessárias;
  4. Acesse o outro app do banco no qual a chave já está cadastrada e toque na opção da portabilidade que apareceu;
  5. Confirme a portabilidade.

Uma portabilidade pode demorar até 7 dias para ser confirmada. Esse é o prazo que o Banco Central dá para que essa troca seja confirmada entre as contas e efetivada nas instituições financeiras. Uma vez que a chave está no novo banco ou fintech, ela pode ser portada de novo para outra conta, se necessário.

Com informações: PicPay, Banco Central.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação