Início » Internet » Facebook bloqueia até página oficial do Facebook na Austrália

Facebook bloqueia até página oficial do Facebook na Austrália

Plataforma decidiu esconder links de notícias em resposta a projeto de lei, mas medida teve impacto maior do que o previsto

Victor Hugo Silva Por

A decisão do Facebook de esconder links de notícias na Austrália não afetou somente os veículos de comunicação. A rede social, que questiona um projeto de lei no país, adotou uma interpretação ampla do texto e impediu a publicação de links por diversas páginas. Entre elas, está a do próprio Facebook, que ficou sem posts por algumas horas.

Posts da página do Facebook sumiram por horas (Imagem: Reprodução/Mashable)

Posts da página do Facebook sumiram por horas (Imagem: Reprodução/Mashable)

O Facebook escondeu os links em resposta ao projeto que pode obrigar as plataformas a pagaram para exibir notícias de terceiros. O objetivo da plataforma era impedir a publicação, o compartilhamento e a visualização de links com notícias para usuários na Austrália. No entanto, a medida afetou mais páginas do que o previsto.

Além da página do Facebook, ficaram sem posts as páginas da agência de meteorologia e de algumas agências de saúde de governos regionais da Austrália. A restrição também interferiu nas páginas de uma organização sindical, de sites com notícias satíricas e de veículos literários do país.

Na quarta-feira (17), o Facebook havia informado que, em vez de chegar a acordos com empresas de mídia, esconderia links de notícias. A empresa alegou que o projeto de lei em tramitação na Austrália “interpreta mal a relação entre a plataforma e os editores que a usam para compartilhar conteúdo de notícias”.

Facebook adotou interpretação ampla do projeto

Depois das páginas ficarem sem conteúdo, o Facebook afirmou que a restrição não deveria prejudicar páginas de órgãos de governo e de sites que não trabalham com notícias. A rede social afirmou ao Engadget que pretendia limitar o compartilhamento e a visualização de links para notícias na Austrália.

“Como a lei não fornece uma orientação clara sobre a definição de conteúdo de notícias, adotamos uma definição ampla a fim de respeitar a lei conforme redigida. No entanto, reverteremos todas as páginas que foram afetadas inadvertidamente”, indicou a plataforma.

Nesta quinta-feira (18), a situação foi parcialmente resolvida. O Facebook voltou a mostrar os posts da sua página, da agência de meteorologia e de agências de saúde de governos regionais da Austrália. Porém, as páginas de algumas organizações não governamentais continuam sem conteúdo.

Com informações: Mashable.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando