Início » Finanças » Tesla lucra US$ 1 bi com bitcoin; Elon Musk diz que preço “parece alto”

Tesla lucra US$ 1 bi com bitcoin; Elon Musk diz que preço “parece alto”

Analista estima que Tesla já tenha lucrado US$ 1 bilhão com investimento em bitcoin (BTC); Elon Musk afirma que preço "parece alto"

Bruno Ignacio Por

A Tesla já lucrou aproximadamente US$ 1 bilhão com seu investimento em bitcoin (BTC), de acordo com os cálculos de um analista da empresa de investimentos Wedbush Securities divulgados neste sábado (20). Curiosamente, Elon Musk afirmou neste final de semana que o preço do ativo digital “realmente parece alto”. Enquanto isso, a criptomoeda chegou a se desvalorizar em mais de US$ 10 mil nesta segunda-feira.

Elon Musk (Imagem: Dan Taylor/Heisenberg Media)

Elon Musk (Imagem: Dan Taylor/Heisenberg Media)

No início de fevereiro, a Tesla anunciou que mudou sua política de investimentos e que em janeiro de 2021 comprou US$ 1,5 bilhão em bitcoin. A empresa de carros elétricos de Elon Musk não divulgou a quantidade de BTC adquirida e nem a data exata da aquisição. Porém, Daniel Ives, analista da Wedbush Securities, calculou o lucro potencial que o investimento já poderia ter rendido, conforme foi noticiado pela CNBC.

Analista estima que Tesla já lucrou US$ 1 bilhão

A Tesla estaria “em trajetória para lucrar mais com seus investimentos em bitcoin do que com a venda de seus veículos elétricos em todo o ano de 2020”, estimou o analista neste sábado.

Em documento enviado à Securities and Exchange Commission dos Estados Unidos no começo de fevereiro, a Tesla afirmou: “Em janeiro de 2021, atualizamos nossa política de investimento para nos fornecer mais flexibilidade para diversificar ainda mais e maximizar os retornos sobre nosso caixa”. Assim, a empresa de Musk revelou também que investiu o valor de US$ 1,5 bilhão em bitcoin naquele mês.

Dito isso, Ives calcula que o lucro desse aporte já poderia ter superado US$ 1 bilhão. Não sabemos se a Tesla chegou a vender qualquer quantidade do ativo digital e também não foi revelado o montante comprado em bitcoin. Contudo, sabemos que o investimento ocorreu em algum momento de janeiro.

O analista não explicou seu cálculo, mas levando em consideração o preço médio do ativo de US$ 35 mil no mês passado em comparação ao máximo de US$ 57,5 mil deste sábado, quando Ives revelou sua estimativa, as contas fazem sentido. Trata-se de uma valorização de 65% que aplicada ao montante investido pela Tesla resulta em um lucro de US$ 975 milhões.

Elon Musk afirma que preço do bitcoin “parece alto”

O CEO da Tesla afirmou algo curioso em seu Twitter neste sábado. Em resposta a um seguidor, ele disse que o preço do bitcoin e do ether “realmente parecem altos”. Um usuário afirmou: “De acordo com Elon Musk, o bitcoin é quase a mesma bobagem de uma moeda fiduciária… Eu concordo, só acho que o bitcoin, que é uma moeda digital fiduciária e é ainda mais bobagem do que dinheiro fiduciário em papel emitido pelos bancos centrais. O ouro não é bobagem. É dinheiro real e melhor do que ambos!”

Em resposta, Musk disse que “o dinheiro é apenas um dado que nos permite evitar o inconveniente da troca”. Ele complementou afirmando que criptomoedas, assim como qualquer dado, está sujeito a latência e a erros. “O sistema irá evoluir para minimizar ambos… Dito isso, o BTC e ETH realmente parecem altos”, concluiu.

O seguidor se referiu à fala de Musk da última sexta-feira (19), quando o bilionário defendeu o investimento da Tesla em bitcoin após questionamentos do CEO da Binance.

“Para ser claro, não sou um investidor, sou um engenheiro. Eu nem mesmo tenho ações negociadas publicamente além da Tesla. No entanto, quando a moeda fiduciária tem juros reais negativos, apenas um tolo não procuraria outro lugar. O bitcoin é quase a mesma bobagem de uma moeda fiduciária. A palavra-chave é ‘quase'”, disse o magnata.

Bitcoin sofre desvalorização de US$ 10 mil

Nesta segunda-feira, o ativo digital operou em forte queda. A criptomoeda atingiu um novo recorde de preço neste domingo, chegando aos US$ 58.332, conforme aponta o índice CoinDesk.

Porém, ao longo do dia de hoje o criptoativo despencou até o mínimo de US$ 47.780, resultando em uma desvalorização de mais US$ 10 mil em apenas 24 horas. O bitcoin rapidamente se recuperou e no momento desta publicação opera na casa dos US$ 52 mil.

Com informações: CNBC, Reuters

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando