Início » Celular » Novo Galaxy S20 FE passa na Anatel e pode ter Snapdragon 865 Plus

Novo Galaxy S20 FE passa na Anatel e pode ter Snapdragon 865 Plus

Samsung Galaxy S20 FE pode ganhar uma nova variante com Snapdragon 865+; celular recebe certificado de homologação da Anatel

Bruno Gall De BlasiPor

A Anatel aprovou uma nova variante do Samsung Galaxy S20 FE com 4G. Homologado nesta terça-feira (6), espera-se que o celular da Samsung seja anunciado com o processador Qualcomm Snapdragon 865 Plus, mas sem conectividade 5G. Até o momento, não há previsão de lançamento para o smartphone da marca sul-coreana.

Samsung Galaxy S20 FE (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Samsung Galaxy S20 FE (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

O celular da Samsung aprovado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) é o de modelo “SM-G780G/DS”. Segundo o SamMobile, o código se refere a uma nova variante do telefone com o processador Snapdragon 865 Plus no lugar do Exynos 990.

O certificado de conformidade ainda dá outros detalhes sobre o celular homologado. Além das unidades fabris do Amazonas, Campinas (SP), Vietnam e da Coreia do Sul, o documento afirma que o produto será comercializado com carregador (EP-TA200, EP-TA200B e EP-TA200I) e fones de ouvido (GH59-15252A e GH59-15252B).

A bateria EB-BG781ABY, de 4.500 mAh, também é citada pelo certificado.

Samsung Galaxy S20 FE (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Samsung Galaxy S20 FE (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Novo Galaxy S20 FE deve trazer Snapdragon 865 Plus

A Samsung pode estrear uma nova variante do Galaxy S20 FE sem o Exynos 990 no futuro. Acredita-se que o celular chegará às lojas com o chip Snapdragon 865 Plus, também encontrado no Galaxy Note 20 dos Estados Unidos. O smartphone, porém, não teria conectividade 5G, ao contrário do modelo que é comercializado em outros países com o processador Qualcomm Snapdragon 865.

Os demais detalhes tendem a permanecer inalterados. É o caso da tela de 120 Hz, que mede 6,5 polegadas. A câmera tripla de 12 megapixels também deve continuar. Ainda assim, a data e o preço de lançamento da nova variante ainda são um mistério.

O Samsung Galaxy S20 FE chegou ao Brasil em novembro de 2020 com preço sugerido a partir de R$ 4.499. No comércio nacional, o celular está disponível em edições que combinam memória RAM e armazenamento de 6 GB + 128 GB e 8 GB + 256 GB.

Colaborou: Everton Favretto

Com informações: SamMobile

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Igor Lana de Melo (@igor_meloil)

Agora faz todo o sentido a samsung desovando S20 FE há umas semanas

André Gorgen (@Banana_Phone)

Se isso for verdade, vou até trocar meu S20+ por ele

Cascaes (@Cascaes)

Não faria mais sentido mudar o nome do aparelho?

Cascaes (@Cascaes)

O s20+ não vale a pena? Eu estava pensando em pegar um pelas câmeras e som

André Gorgen (@Banana_Phone)

As câmeras são boas, mas a câmera principal do S20 FE é a mesma do S20 Plus. O maior problema do S20+ é o processador que esquenta muito e gasta muita bateria.
Eu tinha um Note 9 com 4Ah de bateria e durava mais que meu S20+ com 4,5Ah.
E nessa última atualização eu senti que as câmeras pioraram, pois antes quando eu mudava da câmera principal pra grande angular o balanço de branco e ISO ficavam balanceados, iguais ao da câmera principal, mas agora não, a diferença de uma lente pra outra é grande. E a câmera de zoom do S20 não é tão boa, pois ela foca no zoom digital, não no zoom óptico. No Note 20 o zoom de 5 vezes é óptico e é excelente, já no S20+ quando uso um zoom de 5x ele fica bem ruim, só uso mesmo o zoom de 3x nele pois mais que isso fica cagado.
Um dos problemas do FE é a câmera frontal, ela tem foco fixo.

Diego Nascimento (@Dieg0)

Agora vai ficar interessante, se aparecer em promos por 2,3K como o atual até considero comprar.

Cascaes (@Cascaes)

Sem querer abusar da sua boa vontade, ele esquenta muito durante o uso normal ou só ao forçar mais como um jogo pesado?

André Gorgen (@Banana_Phone)

Prints de agora, está com 39,9ºC enquanto carrega, sem eu estar fazendo nada pesado.
Nas informações do CPU-Z mostra que a bateria é de 4000mAh, mas está errado, é 4500mAh.
A tela está em full HD e 60hz, mesmo assim ele esquenta e gasta bastante bateria.

Logo que atualizou para o Android 11 parecia que a Samsung tinha corrigido o problema de aquecimento, pois ele parou de esquentar muito, mas nessa atualização a câmera piorou. Quando liberaram novos updates eu atualizei esperando que a câmera fosse melhorar, mas não mudou nada na câmera e o celular voltou a esquentar.
Agora espero que a Samsung lance uma nova atualização que faça ele esquentar menos, pois já teve vez de olhar no CPU-Z e estar com mais de 45ºC. Não posso usar a câmera por muito tempo que ele fecha o aplicativo da câmera pra esfriar.

image296×657 40.6 KB
image296×657 70.1 KB
image296×657 44.7 KB

André Gorgen (@Banana_Phone)

Muita gente xinga a Samsung e fala pra ela trazer os smartphones com Snapdragon, eu não acho que eles precisariam trazer aparelhos com Snapdragon, basta criarem um Exynos que presta. No S21 tem Exynos e está bem melhor, ainda perde pro Snapdragon, mas pelo menos a Samsung consegue diminuir o custo com o Exynos. Se o S21 viesse com Snapdragon custaria uns 500 reais a mais.
No passado o Exynos já teve uma fase boa, eu tive um S7 Edge com Exynos e era um bom processador.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Acho até que mais, já chegaram a vazar que o Snapdragon custava por volta de 250 dólares, fora o modem 5G e as antenas.

Muito provável que isso tenha influenciado na criação de mais Snapdragons série 800, para contar a fulga para a Mediatek.

Cascaes (@Cascaes)

Muito obrigado pela informações, vou desistir do s20+
Vou acompanhar de pelo essa nova versão com o Snapdragon dependendo do preço eu pego ele

André Gorgen (@Banana_Phone)

O S20+ é um ótimo celular, a maioria das pessoas estaria super satisfeita com ele e talvez nem se importaria com o aquecimento, mas como eu paguei caro e me importo muito com tecnologia, acabo me frustrando muito com isso.
Eu vim de um Galaxy S7 Edge e depois Galaxy Note 9, ambos eram aparelhos excelentes, me deixa muito triste saber que a Samsung conseguiu errar em coisas que ela fazia tão bem. Se eu não tivesse trincado a tela do meu Note 9 eu teria voltado pra ele.

Cascaes (@Cascaes)

Entendo, realmente frustrante
Pelo preço do aparelho realmente não deveria ter um problema desses