Início » Telecomunicações » Amazon prepara nove lançamentos de satélites para internet Project Kuiper

Amazon prepara nove lançamentos de satélites para internet Project Kuiper

Primeiros satélites para internet do Project Kuiper, da Amazon, serão lançados por foguetes Atlas V; nove missões foram contratadas

Emerson Alecrim Por

Anunciado pela Amazon em 2019, o Project Kuiper visa usar uma rede com milhares de satélites para levar acesso à internet a lugares remotos. Na comparação com a rede Starlink, da SpaceX, o projeto avança devagar. Mas avança: nesta segunda-feira (19), a Amazon anunciou um contrato para colocar nove lotes de satélites em órbita a partir de foguetes Atlas V.

Foguete Atlas V (imagem: divulgação/Amazon)

Foguete Atlas V (imagem: divulgação/Amazon)

O acordo foi fechado com a United Launch Alliance (ULA), uma joint venture formada pela Lockheed Martin e a Boeing. A companhia é responsável pelas operações dos foguetes Atlas V, que já realizaram mais de 80 lançamentos com sucesso.

Para operar o Project Kuiper, a Amazon espera colocar 3.236 satélites em órbita terrestre baixa, em altitudes variando entre 590 km e 630 km.

No entanto, a companhia não revelou quantas unidades serão transportadas em cada missão com o Atlas V. A rival SpaceX tem feito lançamentos regulares com 60 satélites cada, mas já planeja chegar a 400 transportados por vez.

A Amazon também não informou quando os lançamentos serão realizados. Mas é prudente que a companhia não perca tempo: ao conceder licença para o Project Kuiper, a Comissão Federal de Comunicações (FCC), entidade dos Estados Unidos equivalente à Anatel, determinou que metade dos 3,2 mil satélites previstos seja lançada até 2026.

Não está descartada a possibilidade de a Amazon utilizar outros foguetes para completar os lançamentos.

Amazon fala em taxas de 400 Mb/s

Ao revelar o Project Kuiper, a Amazon informou que planeja fazer as conexões a partir de seus satélites terem latência inferior a 25 ms. As taxas de download e upload previstas não foram informadas, no entanto, a companhia afirma ter alcançado velocidades de até 400 Mb/s (megabits por segundo) com os protótipos.

O Project Kuiper já recebeu US$ 10 bilhões de investimentos da Amazon. De acordo com a companhia, mais de 500 pessoas trabalham no projeto atualmente.

Com informações: The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando