Início » Jogos » Cartucho lacrado de The Legend of Zelda é vendido por US$ 870 mil

Cartucho lacrado de The Legend of Zelda é vendido por US$ 870 mil

O cartucho raro de The Legend of Zelda faz parte do segundo lote mais antigo produzido nos EUA e nunca foi aberto

Murilo Tunholi Por

Um fã de The Legend of Zelda com muito dinheiro sobrando comprou um cartucho raríssimo selado do primeiro título da franquia para o clássico Nintendinho (NES) por US$ 870 mil (R$ 4,6 milhões) no Heritage Auctions. Com isso, a venda bateu o recorde de jogo mais caro de todos os tempos. Antes, o título pertencia a uma cópia de Super Mario Bros., vendida por US$ 660 mil (R$ 3,5 milhões).

Cartucho raro de The Legend of Zelda vendido por US$ 870 mil (Imagem: Divulgação/Heritage Auctions)

Cartucho raro de The Legend of Zelda vendido por US$ 870 mil (Imagem: Divulgação/Heritage Auctions)

O game de quase US$ 1 milhão alcançou esse valor por ser uma cópia genuína, lacrada e em bom estado de um dos primeiros lotes de The Legend of Zelda, lançado para NES em 1997, nos EUA. Segundo a descrição do produto no Heritage Auctions, a quantia de US$ 870 mil é indiscutível, por ser uma versão do game “incrivelmente rara que mantém o status de produção inicial”.

No texto, o vendedor explicou que essa edição específica de The Legend of Zelda foi produzida apenas por alguns meses no final de 1987, sob o código “NES R”, e foi substituída em 1988 pela variante revisada “Rev-A”. O dono do anúncio também confirmou a existência de uma versão mais antiga e ainda mais rara — a “NES TM” —, que seria o verdadeiro primeiro lote do jogo. Porém, só existe uma unidade dessa leva no mundo, e ninguém sabe onde está.

O cartucho raro foi avaliado pela Wata Games

Não há qualquer informação sobre o comprador do game no Heritage Auctions. O único dado divulgado é de que a venda foi realizada nesta sexta-feira (9). A embalagem do produto está lacrada e protegida por uma caixa de acrílico da Wata Games, empresa que avalia a raridade de games antigos colecionáveis.

A Wata usa uma escala de 0 a 10 para classificar o nível de raridade de um videogame, de acordo com as condições de conservação. Esse número afeta diretamente o preço que pode ser cobrado pelo produto. No caso do The Legend of Zelda vendido por quase US$ 1 milhão, o game foi avaliado com a nota 9.

Com informações: The Verge, Heritage Auctions.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando