Início » Celular » iPad 2 é anunciado por Steve Jobs em pessoa

iPad 2 é anunciado por Steve Jobs em pessoa

Tablet ganha processador dual-core e gráficos 9 vezes mais poderosos.

Avatar Por

Steve Jobs, mesmo de licença médica, subiu ao palco do Yerba Buena Center nessa quarta-feira para anunciar o sucessor do primeiro tablet bem-sucedido do mundo. Com o iPad 2, a Apple pretende manter a liderança do mercado, que agora se mostra muito mais competitivo do que quando o iPad redefiniu a categoria, há cerca de um ano.

iPad 2: novo processador de dois núcleos. (imagem: divulgação)

Para tanto, o iPad 2 contará com um processador mais rápido, o Apple A5 dual-core (a geração anterior era o A4, de um núcleo apenas). Jobs prometeu uma performance até duas vezes mais rápida para processamento comum e até nove vezes mais rápida para gráficos. Os gamers também irão se beneficiar da presença do giroscópio no iPad 2, assim como já acontecia no iPhone e iPod Touch de quarta geração.

O iPad também contará com câmeras frontais e traseiras (incluindo gravação de vídeo em HD) e outras melhorias trazidas pela nova versão do sistema operacional, o iOS 4.3. Leia mais sobre o software logo mais aqui no Tecnoblog, por ora vamos continuar nos focando nos destaques do novo hardware.

Outra grande diferença vai ser o tamanho. De maneira um tanto quanto impressionante, o iPad 2 vai ser mais fino que o iPhone 4, com 8,8 mm de espessura do tablet contra 9,3 mm do smartphone. Ele será cerca de 33% mais fino que o primeiro iPad, que tem 13,4 mm de espessura. E com cerca de 590 g, o iPad dois também será ligeiramente mais leve que o seu antecessor de 680 g.

Mais uma novidade: saída HDMI. Através de um adaptador (que custará nos EUA US$ 39, sem preço divulgado no Brasil ainda) será possível ligar em uma televisão ou monitor de alta definição o iPad 2 e ter a telinha do tablet espelhada na telona, porém com resolução de 1080p, ainda que a tela do iPad 2 mantenha a resolução do original, 1024 x 768.

Mesmo com todas as melhorias no processador e redução de medidas, o iPad 2 continuará a ter a mesma duração de bateria, estimada em 10 horas. Ao menos na primeira geração a estimativa era cumprida em testes em condições reais de uso, e Jobs promete que o iPad 2 permanecerá assim, além de poder ficar até um mês em stand-by — por que alguém compraria um iPad 2 para deixar um mês stand-by eu já não sei…

Mais fino, mais rápido e com câmeras: esse é o iPad 2, também disponível na cor branca.

O novo tablet da Apple será vendido em duas cores: preto e branco. Apesar das dificuldades que fizeram com que o iPhone 4 branco nunca tenha chegado às lojas, Steve Jobs garantiu que o iPad 2 branco estará disponível desde o primeiro dia.

O primeiro dia, no caso, será 11 de março nos EUA e mais 26 países na Europa, Ásia e Oceania receberão o duas semanas depois, dia 25 de março. Como era de se esperar pelo histórico do primeiro iPad, o Brasil nem foi citado e ainda não temos previsão da chegada do iPad 2 por aqui.

Os preços continuarão os mesmos, a partir de US$ 500, o que corresponde, no câmbio de hoje, a cerca de R$ 912 — mas sabemos que chegará por um valor bem superior, provavelmente próximo dos R$ 1650 praticados atualmente.

O evento ainda está em prosseguimento (estamos cobrindo ao vivo, acompanhe), então qualquer novidade que surja voltaremos aqui para atualizar o post.

Atualização | O evento terminou depois de diversas demonstrações de software, sem mais nenhuma novidade sobre o iPad 2 em si. Mas agora que a Apple Store Online brasileira voltou ao ar, podemos observar que o iPad de primeira geração já caiu de preço, sendo encontrado por R$ 1399 no caso do modelo mais simples (16 GB, Wi-Fi apenas).

Obrigado ao leitor Gabriel Silva pela dica da mudança de preço.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vinícius Andrade
Pena o Brasil não ser incluido nessa pré-venda. Malditos impostos.
Fabio
Ipad 2 mais fino é...Steve Jobs também parece estar mais fino...rs
vanessa
essa capinha pode ser usada no ipad1!!!?????
Carlos
Boa noite! Estei nos EUA no dia 12 e estava querendo comprar um Ipad2 3G mas no site da Apple está falando que vai vender apenas para as operadoras AT&T e para a Verizon. Isso quer dizer que não funcionará o modo 3G aqui no Brasil com a operadora Oi por exemplo?
Jonatan
quem usa um Ipad e um Galaxy Tab ou Xoom, prefere o Ipad, por varios motivos, qual o motivo dos tablet android? memoria? codigo aberto? mais não tem aplicativos descentes, não tem um sistema integro, que mesmo sem "+" memória que outros tablet, é muito melhor, eu ja usei o galaxy e prefiro o meu Ipad, agora com o 2, duvido que o xoom seja melhor. Alias, se fosse mais barato, ate valia a pena ter um tablet android e esperem uma atualização no OS4 muito boa para as próximas semanas :)
Rodrigo Fante
País errado meu amigo, pense, se o tecnoblog tiver 0,01% acessando com iPad, isso a grosso modo vai dar um comentário de iPad a cada mil outros.
Rodrigo Fante
Vamos ver, 15 milhões de iPad vs 2 milhões de Galaxy Tabs, se quantidade vendida representar o que é melhor, neste caso encerro meu caso.
Rodrigo Fante
Concordo com ela, mas smartphones e tablets não tem valor irreal fora do Brasil, são totalmente compráveis por 90% da população da Europa,Japão e EUA. O fator "cool" é reduzido e muito, lembro quando morei em Londres(até 2010) era tão comum olhar para os lados em onibus e metros e ver iPhone para todo lado, é um aparelho comum, popular por lá, da faxineira ao empreendedor, todos podem ter. Agora no Brasil sim, iPhone dá status, mas o mercado brasileiro não manda nada, não faz cócegas nos lucros dessas empresas. E levando agora a conversa para o Xoom, ele pode ser mais caro que o iPad, querer ser vendido como premium, mas nunca vai dar mais status no Brasil que um produto Apple, ou seja, perdem até nisso, não adianta ser caro se não passar a imagem de cool que os compradores desejam.
Rodrigo Fante
@Marcoscs @Guilherme Mac os outros não tem preço, nem hardware disponível ainda, não passam de projetos. As únicas coisas concretas no momento vindo com HoneyComb é o Xoom e ao que parece o GalaxyTab 2 está por ser lançado, o resto é pura especulação.
Rodrigo Fante
Depende de quem vai usar e de quem vai pagar.
Rodrigo Fante
Vou caçar aqui, acho que foi no engadget que falam da tela, no gizmodo eu vi reclamando da qualidade de software(no internacional), dizendo que parece tudo em beta.
@mikemetralha
Ainda sim, não tenho coragem de gastar dinheiro com um iPad.
Turdin
Que bom que seu comentário em resposta ao meu teve tudo a ver com o que comentei e acrescentou muito a minha vida. Obrigado.
Jairo
Cadê a galera do IPAD não vejo ninguem usando o pratico aparelho para postar por essas bandas ! surreal..
Marcoscs
Tablets precisam sim de telas razoavelmente grandes, pouco peso e volume, isso é fato, se o uso de uma tela menor não diminuisse a qualidade da experiência do uso do Ipad voce acha que a Apple não o faria com uma tela menor? E o problema não é minha análise ser ou não expansiva, é a sua visão que é míope, você está querendo forçar a barra para pôr os Android no mesmo nível dos Apple quando todo mundo sabe que ainda não estão. Pode ser que no futuro consigam tirar a diferença mas hoje ainda estão muito atrás, a Apple lançou o Ipad 2 e a concorrência ainda está tentando se igualar ao Ipad 1.
Exibir mais comentários