Início » Celular » iPad 2 é anunciado por Steve Jobs em pessoa

iPad 2 é anunciado por Steve Jobs em pessoa

Tablet ganha processador dual-core e gráficos 9 vezes mais poderosos.

Por
8 anos e meio atrás

Steve Jobs, mesmo de licença médica, subiu ao palco do Yerba Buena Center nessa quarta-feira para anunciar o sucessor do primeiro tablet bem-sucedido do mundo. Com o iPad 2, a Apple pretende manter a liderança do mercado, que agora se mostra muito mais competitivo do que quando o iPad redefiniu a categoria, há cerca de um ano.

iPad 2: novo processador de dois núcleos. (imagem: divulgação)

Para tanto, o iPad 2 contará com um processador mais rápido, o Apple A5 dual-core (a geração anterior era o A4, de um núcleo apenas). Jobs prometeu uma performance até duas vezes mais rápida para processamento comum e até nove vezes mais rápida para gráficos. Os gamers também irão se beneficiar da presença do giroscópio no iPad 2, assim como já acontecia no iPhone e iPod Touch de quarta geração.

O iPad também contará com câmeras frontais e traseiras (incluindo gravação de vídeo em HD) e outras melhorias trazidas pela nova versão do sistema operacional, o iOS 4.3. Leia mais sobre o software logo mais aqui no Tecnoblog, por ora vamos continuar nos focando nos destaques do novo hardware.

Outra grande diferença vai ser o tamanho. De maneira um tanto quanto impressionante, o iPad 2 vai ser mais fino que o iPhone 4, com 8,8 mm de espessura do tablet contra 9,3 mm do smartphone. Ele será cerca de 33% mais fino que o primeiro iPad, que tem 13,4 mm de espessura. E com cerca de 590 g, o iPad dois também será ligeiramente mais leve que o seu antecessor de 680 g.

Mais uma novidade: saída HDMI. Através de um adaptador (que custará nos EUA US$ 39, sem preço divulgado no Brasil ainda) será possível ligar em uma televisão ou monitor de alta definição o iPad 2 e ter a telinha do tablet espelhada na telona, porém com resolução de 1080p, ainda que a tela do iPad 2 mantenha a resolução do original, 1024 x 768.

Mesmo com todas as melhorias no processador e redução de medidas, o iPad 2 continuará a ter a mesma duração de bateria, estimada em 10 horas. Ao menos na primeira geração a estimativa era cumprida em testes em condições reais de uso, e Jobs promete que o iPad 2 permanecerá assim, além de poder ficar até um mês em stand-by — por que alguém compraria um iPad 2 para deixar um mês stand-by eu já não sei…

Mais fino, mais rápido e com câmeras: esse é o iPad 2, também disponível na cor branca.

O novo tablet da Apple será vendido em duas cores: preto e branco. Apesar das dificuldades que fizeram com que o iPhone 4 branco nunca tenha chegado às lojas, Steve Jobs garantiu que o iPad 2 branco estará disponível desde o primeiro dia.

O primeiro dia, no caso, será 11 de março nos EUA e mais 26 países na Europa, Ásia e Oceania receberão o duas semanas depois, dia 25 de março. Como era de se esperar pelo histórico do primeiro iPad, o Brasil nem foi citado e ainda não temos previsão da chegada do iPad 2 por aqui.

Os preços continuarão os mesmos, a partir de US$ 500, o que corresponde, no câmbio de hoje, a cerca de R$ 912 — mas sabemos que chegará por um valor bem superior, provavelmente próximo dos R$ 1650 praticados atualmente.

O evento ainda está em prosseguimento (estamos cobrindo ao vivo, acompanhe), então qualquer novidade que surja voltaremos aqui para atualizar o post.

Atualização | O evento terminou depois de diversas demonstrações de software, sem mais nenhuma novidade sobre o iPad 2 em si. Mas agora que a Apple Store Online brasileira voltou ao ar, podemos observar que o iPad de primeira geração já caiu de preço, sendo encontrado por R$ 1399 no caso do modelo mais simples (16 GB, Wi-Fi apenas).

Obrigado ao leitor Gabriel Silva pela dica da mudança de preço.

Mais sobre: , , ,