Início » Celular » Tablet com Android à prova d’água: existe (ou vai existir)

Tablet com Android à prova d’água: existe (ou vai existir)

Pantech Element tem visor de 8 polegadas e processador dual-core de 1,5 GHz.

Por
7 anos e meio atrás

Pantech. Talvez você tenha ouvido falar nessa empresa sul-coreana, talvez não. De toda forma, a Pantech está prestes a adentrar no mercado dos Estados Unidos com um tablet diferente (ou com a promessa de ser diferente) de tudo o que vimos até agora. Dual-core, com câmera gravando em Full HD, e o mais importante: à prova d’água.

O Pantech Element está pronto para ser apresentado durante a feira CES 2012, que acontece na semana que vem em Las Vegas. O site BGR apurou que o dispositivo vai rodar Android 3.2 (Honeycomb), embora o Ice Cream Sandwich esteja aí para algumas empresas usarem – reza a lenda que a versão mais recente do Android está presente em 0,6% dos dispositivos atualmente.

Pantech Element

Entre os atributos físicos do aparelho podemos destacar o visor de 8 polegadas, a câmera frontal de 2 megapixels (grava vídeo em 720p), câmera traseira de 5 megapixels (1080p), tudo devidamente protegido da água. A beleza interior do Element se resume a processador dual-core de 1,5 GHz (nenhuma informação sobre o fabricante até agora) e 16 GB de armazenamento interno. Nenhuma palavra sobre memória RAM.

Por “à prova d’água”, entenda que o dispositivo não pode ficar submerso. Além disso, todas as entradas devem estar lacradas, mais ou menos como acontece com o Motorola Defy. A diferença é que o Defy pode ficar alguns centímetros embaixo da água, como nós mesmos verificamos no review publicado pelo TB.

A Pantech trabalha intimamente em parceria com operadoras. Por enquanto, o que se sabe é que a AT&T dos EUA treina vendedores para mostrarem o funcionamento e eventualmente fazerem clientes comprarem o tablet. Pelo preço de US$ 299 ele sairá com dois anos de contrato. Mais caro, o Element desbloqueado tem preço fixado em US$ 499 (não farei comparações com o iPad nem outros tablets com Android; deixo a tarefa por conta de vocês).

A propósito: funciona com LTE.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.