Início » Celular » Tablet com Android à prova d'água: existe (ou vai existir)

Tablet com Android à prova d'água: existe (ou vai existir)

Pantech Element tem visor de 8 polegadas e processador dual-core de 1,5 GHz.

Avatar Por

Pantech. Talvez você tenha ouvido falar nessa empresa sul-coreana, talvez não. De toda forma, a Pantech está prestes a adentrar no mercado dos Estados Unidos com um tablet diferente (ou com a promessa de ser diferente) de tudo o que vimos até agora. Dual-core, com câmera gravando em Full HD, e o mais importante: à prova d'água.

O Pantech Element está pronto para ser apresentado durante a feira CES 2012, que acontece na semana que vem em Las Vegas. O site BGR apurou que o dispositivo vai rodar Android 3.2 (Honeycomb), embora o Ice Cream Sandwich esteja aí para algumas empresas usarem – reza a lenda que a versão mais recente do Android está presente em 0,6% dos dispositivos atualmente.

Pantech Element

Entre os atributos físicos do aparelho podemos destacar o visor de 8 polegadas, a câmera frontal de 2 megapixels (grava vídeo em 720p), câmera traseira de 5 megapixels (1080p), tudo devidamente protegido da água. A beleza interior do Element se resume a processador dual-core de 1,5 GHz (nenhuma informação sobre o fabricante até agora) e 16 GB de armazenamento interno. Nenhuma palavra sobre memória RAM.

Por "à prova d'água", entenda que o dispositivo não pode ficar submerso. Além disso, todas as entradas devem estar lacradas, mais ou menos como acontece com o Motorola Defy. A diferença é que o Defy pode ficar alguns centímetros embaixo da água, como nós mesmos verificamos no review publicado pelo TB.

A Pantech trabalha intimamente em parceria com operadoras. Por enquanto, o que se sabe é que a AT&T dos EUA treina vendedores para mostrarem o funcionamento e eventualmente fazerem clientes comprarem o tablet. Pelo preço de US$ 299 ele sairá com dois anos de contrato. Mais caro, o Element desbloqueado tem preço fixado em US$ 499 (não farei comparações com o iPad nem outros tablets com Android; deixo a tarefa por conta de vocês).

A propósito: funciona com LTE.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Kowalski
Também só tinha visto um celular dessa Pantech, mas há muito tempo...
Gabriel
Também pensei que tivesse falido, mas dando uma olhada no site se vê aparentemente que ainda fabricam celulares para 2005... Há muito tempo não vejo algo da Pantech por aí.
vinnicius
Pensei que a Pantech tinha falido. Nunca mais vi qualquer coisa da Pantech circulando por aqui. Se lá está um pouco salgado, aqui vai ser o sal de todos os mares.
Kowalski
Também escolho a segunda opção. :mrgreen:
Jean
O preço tá meio salgado...
Claudio
Existe uma empresa que fabrica um spray que promete fazer qualquer gadget resistente à água. Basta pulveirzar o polímetro transparente fora e dentro do aparelho (através das aberturas).
Ramon Melo
Não é novidade, a Panasonic já lançou um tablet com Android à prova d'água. A única novidade aí é o preço, o tablet da Panasonic custava mais de 1000 dólares.
Pedro Maich
Se você não tivesse falado ninguém comentaria do iPad.
Kadu
Então eu só posso molhar quando estiver desligado? :D
fabiano ?
Se um navio afundar com uma grande carga desse tablet, pelo menos alguma coisa sairia a salvo (ou não). LOL
Arthur Amorim
Vejo que o pessoal que comenta não muita fé pro bixinho, mas com certeza se fosse o iPad 3 a "prova d'agua" igual esse dai, seria uma revolução no mundo tecnológico. Nada nunca visto antes, os merguladores iriam usa-los em cases especiais que tampam as entradas. E por ai vai... que mundinho em..
@leonardo_fs
dá até pra usar como prancha né
@LBKatan
Mas dá pra tomar banho bem informado?
@LBKatan
Sério? =D
Thássius Veloso
Não custa avisar: o tablet é à prova d'água. Não o Android. :P
Everton Favretto
Kd 3G submarino quando mais se precisa? :P
Everton Favretto
Eu voto na opção "viver perigosamente".
Thássius Veloso
Público-alvo: meia dúzia de gatos pingados. É, acho que os mergulhadores permanecerão sem a possibilidade de, lá do alto mar, mandar uma foto do tubarão que está prestes a engoli-los.
Yangm
Usar instagram nos peixes?
Stunt
Bom, aqui no Rj eu poderia usar o wifi da praia trklamente e sem medo de molhar xD
Yangm
"Por “à prova d’água”, entenda que o dispositivo não pode ficar submerso. Além disso, todas as entradas devem estar lacradas, mais ou menos como acontece com o Motorola Defy." Acabo de descobrir que meu Quench, meu notebook entre outros gadgets que eu tenho são a prova de água. Já molhei muito eles sem deixar a água entrar em nenhuma "entrada". Notebook com copo suando e Quench já foi pro banho e foi utilizado durante o mesmo. Não tenho certeza se isso é viver perigosamente ou se eles são realmente a prova de água. Fiquei em dúvida agora.
Thiago Leite
O interessante seria um tablet que pudesse ser usado por mergulhadores. O uso? Sei lá, só achei legal msm... rs
Everton Favretto
Não vejo muita vantagem nele pra usuários "comuns", mas pode ser interessante pra aplicações comerciais que precisem de um tablet que resista a uma chuvinha.