Arquivo Aplicativos e Software

Chrome com interface Metro chega em breve ao Windows 8

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Os desenvolvdores do projeto open source Chromium lançarão em breve uma versão do navegador do Google com interface Metro. O anúncio, publicado no blog oficial, informa que eles estão trabalhando na nova interface desde março para integrar o navegador ao Windows 8, aprimorando o suporte a comandos por toque e adaptando a interface para telas de qualquer tamanho.

Se você está juntando dinheiro para comprar um tablet com Windows 8 e processador ARM, tenho uma má notícia: o Chrome pode não rodar no seu novo brinquedo. Isso porque a Microsoft restringe o acesso a interface de baixo nível do Windows para aplicativos de terceiros, teoricamente impedindo o desenvolvimento de um navegador que possa competir de igual para igual com o Internet Explorer.

Chrome rodando na interface Metro do Windows 8.

Para rodar o Chrome com interface Metro no Windows 8 x86, bastará simplesmente configurá-lo como navegador padrão no sistema e executá-lo por meio da tela Iniciar. A novidade chegará na próxima compilação do canal dev, que pode ser baixada neste link. De acordo com Carlos Pizano, engenheiro de software do Google, todos os usuários com Windows 8 Release Preview poderão testar a interface nova.

Inicialmente, o Chrome para Metro terá integração com as funcionalidades básicas do Windows 8, como a barra lateral e a divisão de tela. Nas próximas versões, eles pretendem melhorar a interface para deixá-la mais adaptada ao estilo Metro e mais amigável aos dispositivos com telas sensíveis ao toque. E pelo que vimos na imagem acima, ainda há muito trabalho a ser feito.

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque