O próximo Windows terá um novo aplicativo dedicado ao backup dos documentos e arquivos do usuário. A informação foi divulgada nesta terça-feira pela Microsoft para dar pique às poucas semanas que faltam para a chegada do Windows 8. Embora o sistema tenha sido liberado em versão de testes para consumidores comuns, alguns recursos permanecem como incógnitas e devem aparecer verdadeiramente só quando o Windows 8 RTM sair. Chama-se File History em inglês ou Histórico de Arquivos em português.

Pelo que a Microsoft mostrou, este File History faz o backup das bibliotecas, da área do trabalho, dos favoritos e dos contatos salvos pelo usuário. O aplicativo automaticamente detecta o que foi modificado nestas pastas se baseando no histórico de modificações do NTFS, o formato para salvar arquivos que a Microsoft costuma adotar nos sistemas operacionais.

File History do Windows 8

File History do Windows 8

O backup automático do Windows 8 depende de um drive externo para funcionar. Não terá suporte ao SkyDrive, o produto de cloud computing da Microsoft com 7 GB ou 25 GB de armazenamento grátis — dependendo exclusivamente da capacidade do internauta de seguir nossas dicas a tempo. Consumidores também terão a opção de usar uma partição no HD para este fim, mas essa não é uma atitude exatamente recomendada.

Restaurar os documentos será bem fácil no Windows Explorer no Desktop do Windows 8. O botão “History” permite ver o histórico de modificações naquela pasta que está aberta. Veja a demonstração no vídeo fornecido pela MS abaixo.

(Vídeo do YouTube)

A Microsoft é bem enfática em dizer que o File History funciona para documentos do usuário nas bibliotecas, favoritos, contatos e área de trabalho. A companhia deixa de lado o backup das demais propriedades do sistema porque o recurso é pouco usado dentre o mar de gente que utiliza o Windows atualmente. Chegaram a esta conclusão depois de levantar os dados de telemetria dos sistemas vendidos atualmente.

O Mac OS X (agora chamado somente de OS X pela Apple) oferece o recurso chamado Versions que permite visualizar versões antigas do mesmo documento e eventualmente restaurá-las. O File History é similar, porém sem contar com uma interface gráfica tão rebuscada como a da maçã. O aplicativo da MS fará o backup em intervalos regulares (de pelo menos 10 minutos) e manterá as informações sobre modificações de documentos por pelo menos um mês.  Também haverá ajustes automáticos se for um notebook ligado na energia elétrica ou na bateria e se estiver em estado de hibernação ou completamente ligado.

Atualizado em 18/07/2012 às 14h07.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Thássius Veloso

Thássius Veloso

Editor

Thássius Veloso é jornalista especializado em tecnologia e editor do Tecnoblog. Desde 2008, participa das principais feiras de eletrônicos, TI e inovação. Também atua como comentarista da GloboNews, palestrante, mediador e apresentador de eventos. Tem passagem pela CBN e pelo TechTudo. Já apareceu no Jornal Nacional, da TV Globo, e publicou artigos na Galileu e no jornal O Globo. Ganhou o Prêmio Especialistas em duas ocasiões e foi indicado diversas vezes ao Prêmio Comunique-se.

Relacionados