Arquivo Legislação

Vem aí a CPI do Celular

Câmara dos Deputados investiga má qualidade do serviço.

Lucas Braga
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A situação das operadoras de telefonia móvel nunca esteve tão ruim. Agora em julho, a Anatel mostrou serviço ao impedir que Claro, TIM e Oi vendam novas linhas em diversos estados do país. Nessa semana, a agência afirmou que a TIM andava derrubando chamadas dos clientes do plano Infinity, que cobra por a ligação por evento em vez de ser por minuto. De olho em diversas irregularidades, os deputados pedem abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar as nossas operadoras de telefonia móvel.

Para que a CPI seja aberta, são necessárias 171 assinaturas válidas dos parlamentares. Ao todo, já são 246 assinaturas que ainda precisam ser conferidas antes de passar pelo crivo do presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia. A comissão investigará as altas tarifas cobradas pelas operadoras em ligação off-net (para outras operadoras), bem como a qualidade de serviço que não tem agradado os deputados.

Lula e Dilma (foto: divulgação / Roberto Stuckert Filho / Presidência da República)

Dilma teve dificuldades para falar com Lula

Até a presidente Dilma Rousseff disse que já foi prejudicada, ao ter uma ligação com o ex-presidente Lula interrompida por três vezes.

Ao Estadão, o deputado Nelson Marchezan Junior (PSDB-RS), um dos defensores da CPI, afirmou que as tarifas de ligações para outras operadoras gerou um lucro de R$ 50 bilhões na última década. O deputado também critica a postura da Anatel, ao dizer que há falta comprometimento com a fiscalização e o controle das operadoras. Além de Nelson, os deputados Jerônimo Goergen (PP-RS) e Ronaldo Nogueira (PTB-RS) também são autores da CPI.

Finalmente os governantes abriram os olhos para a situação da telefonia móvel brasileira. Seria legal se abordassem a questão dos planos ilimitados que na verdade são limitados, bem como o vínculo de um pacote de dados alto à um pacote de voz bem caro. Tomara que não acabe em pizza.

Lucas Braga

Autor especializado em telecom

Lucas Braga é analista de sistemas que flerta seriamente com o jornalismo de tecnologia. Com mais de 10 anos de experiência na cobertura de telecomunicações, lida com assuntos que envolvem as principais operadoras do Brasil e entidades regulatórias. Seu gosto por viagens o tornou especialista em acumular milhas aéreas.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque