Arquivo Brasil

Incrível FPS nacional abre cadastro para beta

Ballistic roda diretamente no Facebook com gráficos em 3D

Gus Fune
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Ballistic

Produção nacional que merece a sua atenção. A produtora brasileira Aquiris Game Studio, de Porto Alegre, junto da Rumble Entertainment, abriu cadastro para quem quer testar o beta de Ballistic, primeiro FPS desenvolvido em território nacional.

Esse jogo se passa em um futuro em que uma nova fonte de energia é encontrada em plantas. Para proteger as pesquisas e desenvolvimento dessa fonte de energia, convocam um grupo chamado MFA (Multi Federation Alliance), responsável por resistir aos ataques dos Smokes.

Um dos diferenciais de Ballistic é a qualidade Triple-A dos gráficos e jogabilidade. Tanto a demo quanto as screenshots foram feitas com o game rodando dentro do Facebook. O game chega primeiro à rede social no primeiro trimestre de 2013 e sem custar nada. Pra quem quiser conferir de perto a qualidade de um produto 100% nacional, basta acessar o site oficial e se inscrever no beta fechado. Os primeiros convites começam a sair nessa semana.

Qual é o segredo para jogar no Facebook com a qualidade que Ballistic. Israel Mendes, sócio-fundador da Aquiries, explica: utilizam o plugin da Unity 3D (gratuito) e uma tecnologia inédita para a geração procedural das texturas e outros elementos usados no jogo. Isso diminui o download inicial de 90 MB pra pouco menos de 10 MB.

Servidores no Brasil garantem a ausência de lag.

Ballistic em Full HD

Ballistic em Full HD

Ballistic também vai contar com diversos elementos personalizáveis e habilidades destravadas ao longo do progresso no jogo. Confesso que estou curioso para poder jogar logo o beta e ver um produto nacional totalmente diferente do que estamos acostumados.

Gus Fune

Ex-redator

Gus Fune é formado em Comunicação Social e pós-graduado em desenvolvimento e design de Games. No Tecnoblog, cobriu eventos como Electronic Entertainment Expo (E3), Game Developer Conference (GDC) e South by Southwest (SXSW) e escreveu sobre esse universo. Atua, hoje, como diretor de tecnologia e assessor, mas já esteve em projetos de empresas como 3M e Motorola.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque