Arquivo Gadgets

Google Glass não terá anúncios (por enquanto)

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Grande parte das milhões de verdinhas que o Google consegue todo ano é devido ao seu programa de anúncios. Então é natural que a empresa tente implementar algum tipo de propaganda em seus serviços e produtos. Mas o Google Glass, o óculos de realidade aumentada anunciado no ano passado, não vai seguir essa regra. Bom, pelo menos por enquanto.

glasses-bateria-touchpad

Quem disse isso foi Babak Parviz, líder de desenvolvimento do Google Glass. Em uma entrevista para a revista IEEE Spectrum, Parviz disse que “não há planos para anúncios no dispositivo”, sem revelar detalhes. Mas Parviz revelou que haverá uma API baseada na nuvem disponível para desenvolvedores e que a interação com o Google Now, assistente pessoal do Android, pode ser “muito interessante”.

Sobre o hardware, o executivo disse que planeja fazer a bateria do dispositivo durar um dia inteiro – e se você notar o tamanho do óculos, vai perceber que atingir esse objetivo pode ser bem difícil de atingir. Parviz também garantiu que ele deverá ser lançado no começo desse ano, como planejado.

Posso estar errado, mas acho que o Google realmente não cria produtos primeiro pensando em implementar propagandas. Mas também não acho que o Google Glass vai ficar para sempre sem mostrar um anúncio sequer. Veja o YouTube, por exemplo. O site ficou bastante tempo sem anúncios depois da compra pelo Google, mas agora é praticamente impossível ver um clipe de um gato fazendo piruetas sem ter que assistir trinta segundos de propaganda – e que nem sempre é relevante.

Com informações: CNET.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque