Arquivo Gadgets

Vendas de tablets vão superar as de notebooks em 2013

Giovana Penatti
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Talvez substituir seu notebook por um tablet não esteja entre seus planos para esse ano. Mas, segundo o IDC, as vendas desse tipo de gadget vão superar as de computadores portáteis pela primeira vez: é esperado que cheguem a  229,3 milhões de unidades vendidas, 58,7% a mais que em 2012, quando o total foi de 144,5 milhões.

Além disso, o IDC espera que as vendas de computadores de todos os tipos caiam 7,8% em 2013. Mas a tendência é que continuem numa linha quase reta até 2017. As vendas de tablets devem superar as de computadores daqui a dois anos, como dá para ver no gráfico abaixo:

published_ichart_163935

Entre os tablets, os que farão mais sucesso nos próximos anos são os de tamanho reduzido, com tela de até 8 polegadas. Os que têm entre 8 e 11 polegadas devem perder o interesse do consumidor.

As estimativas do IDC apontam a concretização da portabilidade como tendência na tecnologia e uma mudança de comportamento do consumidor, que tem optado por smartphones e tablets como principais gadgets. Isso porque, para realizar tarefas cotidianas – como navegar na internet, mexer nas redes sociais e assistir filmes – , eles são suficientes e, em alguns casos, até mais confortáveis. Além disso, o preço é bem mais amigável que o de um notebook.

No entanto, a escolha dos usuários para trabalhar deve continuar sendo o computador.

Vale citar que, para a pesquisa, o IDC colocou entre os tablets todos que têm tela de LCD de 7 a 16 polegadas, independente de terem um teclado removível, como o Surface RT. Os que tiverem teclados que não podem ser removidos entram na contagem de notebooks; é o caso dos aparelhos híbridos, como o Yoga da Lenovo.

Giovana Penatti

Ex-editora

Giovana Penatti é jornalista formada pela Unesp e foi editora no Tecnoblog entre 2013 e 2014. Escreveu sobre inovação, produtos, crowdfunding e cobriu eventos nacionais e internacionais. Em 2009, foi vencedora do prêmio Rumos do Jornalismo Cultural, do Itaú. É especialista em marketing de conteúdo e comunicação corporativa.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque