facebook-lite-android

Um novo aplicativo para Android foi lançado pelo Facebook este mês. Mas a rede social não fez muita questão de fazer um anúncio oficial ou divulgar sua existência. Ele se chama Facebook Lite e foi criado especificamente para países onde a conexão de dados para celulares não é das mais rápidas.

A descrição do aplicativo dá mais detalhes: o Facebook Lite tem menos de 1 MB, rápido carregamento e faz uso eficiente da conexão de dados. Como? Vai saber, o Facebook não revela – vale lembrar que a rede social tem parcerias com operadoras de telefonia ao redor do mundo e talvez tenha aprendido uma coisa ou outra sobre suas redes. A lista de funcionalidades do programa é básica, assim como o uso que ele faz da rede: publicar atualizações e fotos, conferir notificações de curtidas e comentários e trocar mensagens. Ele tem o mínimo do mínimo.

Essa não é a primeira vez que a rede social cria um produto com esse nome. Em meados de 2010 o Facebook Lite era uma versão minimalista do site, com recursos gráficos bastante reduzidos e funcionalidade limitada. Alguns meses depois essa versão foi descontinuada e apenas agora voltou, na forma de um aplicativo para Android.

Apesar do aplicativo estar disponível na loja do Google para quem quiser ver, as restrições estabelecidas pelo Facebook impedem que ele seja baixado fora dos seguintes países: Bangladesh, Nepal, Nigéria, Sudão, África do Sul, Sri Lanka, Vietnã e Zimbábue.

Ao que parece a rede social prefere que os demais usuários tenham a experiência completa do Facebook, mesmo que em alguns locais a rede de dados impeça que isso aconteça.

Com informações: The Next Web.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Rafael Silva

Rafael Silva

Ex-autor

Rafael Silva estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Como redator, produziu textos sobre smartphones, games, notícias e tecnologia, além de participar dos primeiros podcasts do Tecnoblog. Foi redator no B9 e atualmente é analista de redes sociais no Greenpeace, onde desenvolve estratégias de engajamento, produz roteiros e apresenta o podcast “As Árvores Somos Nozes”.

Relacionados