Uber chega a Porto Alegre cobrando menos que os táxis

Lucas Braga
Por

uber-logo

O Uber lançou nesta quinta-feira (19) suas operações na cidade de Porto Alegre e trouxe o serviço uberX, categoria que compete com táxis comuns ao oferecer corridas mais baratas do que o serviço tradicional. O lançamento na capital gaúcha reforça o interesse pelo Brasil da empresa, que tem causando polêmica entre taxistas, políticos e cidadãos que discutem a legalidade do serviço.

Diferente dos lançamentos ocorridos em outras cidades, a empresa começou apenas com a modalidade uberX em Porto Alegre. Os passageiros poderão contratar motoristas para corridas em carros fabricados a partir de 2008 com ar-condicionado — são vários modelos aceitos pela empresa. O site de recrutamento de parceiros da empresa dá a entender que há planos de lançamento do UberBlack no futuro.

Screen Shot 2015-11-19 at 15.22.06

Coloquei a cidade de Porto Alegre no mapa do aplicativo e a oferta de veículos ainda é escassa, mas isso se restringe ao lançamento e o número de carros deve aumentar ao longo do tempo. O Uber é capaz de calcular uma estimativa de preço: uma corrida do Mercado Público, no Centro Histórico, até o Aeroporto de Porto Alegre, custaria entre R$ 17 e R$ 22. No táxi, o valor seria de R$ 27,92 na bandeira 1 e R$ 35,00 na bandeira 2, de acordo com o site Preço do Táxi.

O cálculo da tarifa do uberX em Porto Alegre é simples: é cobrada a tarifa base (bandeirada) de R$ 3, além de R$ 0,25 por minuto de corrida e mais R$ 1,25 por kilômetro rodado. De acordo com a prefeitura da cidade, a tarifa do táxi comum compreende a bandeirada de R$ 4,66, quilômetro rodado (R$ 2,33 em bandeira 1 e R$ 3,03 em bandeira 2) e hora parada de R$ 16,50. Mesmo cobrando o minuto rodado, a corrida do Uber deve ser mais barata na maioria das situações.