Google bloqueia importação de amigos do orkut para Facebook

Rafael Silva
Por
• Atualizado há 2 semanas

Eu já não esperava que a ferramenta de importação de amigos do orkut criada pelo Facebook ficasse no ar por muito tempo. Mas contrariando todas as minhas expectativas, ela permaneceu no ar por mais do que 48 horas. Parece que apenas na semana passada, quando o Google alterou os termos de serviço de uma das suas APIs, é que a ferramenta parou mesmo de funcionar.

Para quem não lembra, o Google decidiu mudar os termos de serviço dos sites que se aproveitam da API de contatos do Gmail para encontrar usuários dentro das suas redes. Os que quiserem por ventura utilizarem-na, precisam disponibilizar uma ferramenta de exportação ou API do mesmo tipo aos seus usuários. Ao que parece, essa mudança se aplicou também à API do orkut, que parou de funcionar com a ferramenta de localização de amigos do Facebook. Os usuários que tentarem encontrar seus amigos, receberão a mensagem acima, sem mostrar nenhum contato.

O mais curioso é que a mudança nos termos de serviço da API, ao menos na teoria, deveria afetar todos os serviços que fazem uso dela: Twitter, MySpace e dezenas de outros. Mas por algum motivo, o Facebook é o único que parece ter sido bloqueado pelo Google. Testei agora a ferramenta de encontrar amigos do Twitter e ela continua funcionando como se nada tivesse acontecido.

Essa não é a primeira vez que o Google muda uma das suas políticas para evitar o “roubo” de usuários das suas redes sociais. No final de setembro, a empresa também retirou a opção de exportar o endereço de e-mail em um arquivo .csv do orkut depois que o Facebook aconselhou seus usuários a seguirem esse procedimento.

Dica do @nababu no Twitter.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Rafael Silva

Rafael Silva

Ex-autor

Rafael Silva estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Como redator, produziu textos sobre smartphones, games, notícias e tecnologia, além de participar dos primeiros podcasts do Tecnoblog. Foi redator no B9 e atualmente é analista de redes sociais no Greenpeace, onde desenvolve estratégias de engajamento, produz roteiros e apresenta o podcast “As Árvores Somos Nozes”.

Relacionados