Microsoft mostra Surface 2.0, mais fino e mais preciso

Rafael Silva
Por

Em termos de hardware, a Microsoft não anunciou apenas periféricos durante o keynote da abertura da CES. Além de demonstrar computadores, tablets e outros dispositivos, a empresa também anunciou uma versão atualizada do Microsoft Surface, mais fino e elegante do que a primeira versão e com um diferencial: ele não pode ser usado somente como mesa como também apoiado em uma parede.

Quando eu disse mais fino no parágrafo de cima, na verdade eu quis dizer ‘impossivelmente mais fino’. De uma mesa grande e quadrada, o Surface virou um tablet gigante com quatro pernas. O Surface 2.0 foi desenvolvido em parceria com a Samsung e ele tem pouco mais de 10 centímetros de espessura. O hardware interno também foi atualizado: o novo Surface conta com uma processador AMD Athlon II X2 Dual-Core com 2,9GHz de clock e uma placa de vídeo AMD Radeon HD 6700M com suporte a DirectX 11.

A tela é de 40 polegadas (10 a mais que a anterior) e tem resolução de 1920 x 1080 pixels. A precisão dela também foi melhorada por causa da tecnologia PixelSense, que foi desenvolvida pela própria Microsoft e que pode reconhecer diversos objetos diferentes, além de suportar até 50 pontos diferentes de toque.

Já em relação ao preço, ele está mais barato do que o modelo anterior mas ainda assim bastante acima do que seria aceitável para um consumidor comum: o preço sugerido é de US$ 7.600,00, 5 mil a menos do que seu antecessor. A Microsoft garante que ainda esse ano o Surface 2.0 vai estar disponível para compra em 23 países.

Veja abaixo um vídeo de demonstração do Surface 2.0 e veja mais detalhes no site da Microsoft.

(YouTube)

Com informações: Slashgear.

Rafael Silva

Ex-autor

Rafael Silva estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Como redator, produziu textos sobre smartphones, games, notícias e tecnologia, além de participar dos primeiros podcasts do Tecnoblog. Foi redator no B9 e atualmente é analista de redes sociais no Greenpeace, onde desenvolve estratégias de engajamento, produz roteiros e apresenta o podcast “As Árvores Somos Nozes”.

Relacionados

Relacionados