NVidia exibe chip quad-core para dispositivos móveis

Rafael Silva
Por
• Atualizado há 1 mês

Poucas são as empresas de tecnologia que conseguem manter seus futuros produtos guardados à sete chaves. A NVidia não faz parte dessa lista, visto que nós já sabíamos que a empresa iria produzir um chip quad-core para dispositivo móveis esse ano. Mas foi somente ontem que a empresa finalmente tornou-o oficial e demonstrou as suas capacidades nada impressionantes diante do público do Mobile World Congress.


O codinome do projeto é Kal-el, mas ele provavelmente vai ser lançado como Tegra 3 e tem poder de processamento cinco vezes maior do que o seu antecessor. O chip é tão poderoso que tem capacidade para exibir vídeos em 1440p sem o mínimo de lag ou delay numa tela com resolução de 2560 x 1600 pixels. Abaixo está um teste de navegação executado pela NVidia durante a apresentação.


(YouTube)

Além desse nada assustador chip, a NVidia também deve continuar com a ideia nada maluca de criar e lliberar um chip novo por ano, segundo as apresentações da empresa. No ano que vem eles devem lançar o processador Wayne, em 2013 o Logan e em 2014 o Stark (te lembra algum super-herói?). Embora a fabricante não tenha revelado qual o número de núcleos eles pensam em colocar em cada chip, vou chutar que vai ser uma quantidade absurda para a atualidade.

Você pode até achar que não há um hardware poderoso o suficiente para tirar todo o proveito de um processador 75 vezes mais rápido do que o Tegra 2, mas a NVidia garante que as empresas parceiras já avisaram que vão conseguir. Só nos resta esperar e, quando eles finalmente chegarem, tentar segurar os queixos no lugar.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Rafael Silva

Rafael Silva

Ex-autor

Rafael Silva estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Como redator, produziu textos sobre smartphones, games, notícias e tecnologia, além de participar dos primeiros podcasts do Tecnoblog. Foi redator no B9 e atualmente é analista de redes sociais no Greenpeace, onde desenvolve estratégias de engajamento, produz roteiros e apresenta o podcast “As Árvores Somos Nozes”.

Canal Exclusivo

Relacionados