Linux Mint 11 usará o Gnome 3

Paulo Graveheart
Por

Boa notícia para os fãs da distribuição Linux Mint: Clement Lefebvre, fundador da distro e também o desenvolvedor-chefe, declarou que a nova versão do Mint (codinome “Katya”) virá com o GNOME 3 por padrão, fugindo do Unity usado no Ubuntu (distro na qual o Mint é baseado).

A decisão, segundo a declaração de Clement, é manter o GNOME 3 como padrão para desktop e assim disponibilizar para os usuários um “layout mais tradicional para desktops”, eliminando assim tanto o Unity que a Canonical vem desenvolvendo quanto o GNOME Shell (um substituto para o bom e velho painel do GNOME, que vem sendo desenvolvido em conjunto com a versão 3 do gerenciador de janelas).

Usuários que queiram continuar usando o Mint mas tenham se apaixonado pelo shell Unity ou pelo GNOME Shell terão a opção de baixar e instalar os pacotes necessários, mas Clement salientou que a idéia por enquanto é manter o mesmo padrão visual que eles vem usando desde sempre.

Pessoalmente considero essa notícia muito boa, o Mint é basicamente o Ubuntu com algumas modificações visuais e uma série de codecs de áudio e vídeo instalados, então usuários que não tenham se adaptado ao Unity poderiam migrar facilmente seus perfis do Ubuntu para o Mint, e assim manter a experiência de uso do desktop como era antes.

O GNOME 3 deve ser lançado oficialmente em 6 de abril, e a versão 11 do Linux Mint está programada para sair em maio, sem data específica por enquanto. Como o Mint é baseado no Ubuntu, e a versão 11.04 deve ficar pronta apenas em 28 de abril, imagino que a nova versão do Mint só deve ser lançada na segunda quinzena de maio. Como sempre, você ficará sabendo de todos por aqui. 🙂

Com informações: H-Online.

Relacionados

Relacionados